Aprenda a medir o seu progresso

É ótimo estar em movimento e motivado para obter aquilo se que quer.
É ótimo estar em movimento e motivado para obter aquilo se que quer.

(por Daniela Assunção)

Se você atua em uma área onde é comum acompanhar o desenvolvimento de projetos ou alcance de metas de forma estruturada, sabe que isso é fundamental para o sucesso. Por outro lado, se o seu trabalho não implica esse tipo de mensuração, é bastante possível que tenha dificuldade de acompanhar seu progresso em direção ao seu objetivo.

É ótimo estar em movimento e motivado para obter aquilo que se quer, mas e se você descobrir tarde demais que está caminhando na direção errada?



Segundo o psicólogo social Thomas Webb, da Universidade de Sheffield, as pessoas que mais precisam manter o acompanhamento de seu progresso são as que têm maior dificuldade em fazê-lo. E podemos estender essa ideia àquelas que medem seus resultados profissionais, mas não transferem tais atitudes para as metas pessoais.

Ao evitar a verificação de seu desenvolvimento, você não precisa lidar com a frustração de constatar que as coisas não estão saindo conforme planejado. É possível que você se sinta confortável com o seu modus operandi atual, e ele pode ser muito tentador para iludir a si mesmo com a ideia de que não há necessidade de mudar. Evitar a monitoração de seu progresso é uma ótima maneira de fazer isso, sabotando assim o seu sucesso.

Mas se você está lendo este artigo num espaço dedicado a coaching, é muito provável que esteja em busca de melhorias em sua vida. Portanto, se mantiver um registro de evolução, você poderá identificar e implementar eventuais alterações a cada etapa, minimizando assim os possíveis desconfortos que as grandes (e muitas vezes inevitáveis) mudanças acarretam.

Uma vez que já convivemos diariamente com uma série de sistemas como agenda de compromissos, e-mails para troca de informações, planilhas para acompanhamento de contas, ente outros – sabemos de sua importância e a falta que fazem quando se tornam inoperantes por qualquer motivo, pois é por meio deles que organizamos nossas vidas. A proposta então é que você CRIE uma forma de organizar seus objetivos estabelecendo estratégias de mensuração de progresso.

É preciso traçar uma estratégia, verificar o tempo que irá dedicar por dia ou semana para estudar, e avaliar seu desempenho de tempos em tempos.
É preciso traçar uma estratégia, verificar o tempo que irá dedicar por dia ou semana para estudar, e avaliar seu desempenho de tempos em tempos.

Imagine que você esteja planejando uma viagem para um país numa determinada data, e cuja língua você não fala, mas propôs a si mesmo que quer se comunicar no idioma do local. Para isso é preciso traçar uma estratégia, verificar o tempo que irá dedicar por dia ou semana para estudar, e avaliar seu desempenho de tempos em tempos. Ao avançar em seus estudos e medir sua evolução, talvez perceba que é preciso aumentar o número de horas ou pensar em outras alternativas para aprender o idioma dentro do prazo estipulado. O mesmo vale para mudanças de comportamento e controle emocional. Como vai saber se seus esforços estão surtindo o efeito desejado se não tiver parâmetros para observar?

Uma ideia muito eficaz que utilizo com frequência com meus clientes é manter um Diário de Progresso. Peço que eles registrem ao final de cada dia quais foram suas dificuldades ou desafios, aprendizados e progressos em direção ao objetivo,  insights,  pensamentos recorrentes, além de proposta de melhorias específicas para o dia seguinte. O simples fato de parar para fazer essa breve auto-avaliação muitas vezes é suficiente para tomar consciência de alguns pontos que poderiam passar despercebidos na rotina diária.

Para que o acompanhamento de seu progresso seja efetivo é importante que você:

– Estabeleça os critérios de avaliação (quantitativo e/ou qualitativo): Quanto você de fato avançou no período estabelecido? Qual era sua meta para esse período?

– Determine o prazo de medição: diário, semanal ou mensal? Ele pode ser estabelecido em função da data final de seu objetivo. Caso esteja avaliando seu desempenho geral, não associado a um objetivo específico, que prazo você considera viável e realista para notar algum progresso?

– Entenda a importância de fazer esse acompanhamento de forma sistemática, ou seja, criteriosa e padronizada. Sem esses elementos será difícil estabelecer um comparativo de avanços, o que pode comprometer sua avaliação para melhorias.

Bons insights e até a próxima!

Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Quem leu este post leu também :)

Conheça as vantagens e desvantagens do outsourcing

Empowerment: O Que é, sua Importância nas Empresas e Exemplos

Dinâmica de Apresentação: Como Fazer, Dicas e Exemplos Práticos

Diagrama de Ishikawa: Guia Completo Passo a Passo

O Carnaval chegou… todo cuidado é pouco!

AFINAL, EXISTE UM MODELO DE CORPO PERFEITO?

Materiais Educativos

Como se tornar um Coach de sucesso

Escrito por Villela da Matta, presidente da SBCOACHING, este e-book traz 29 perguntas para alavancar o marketing, as vendas e as estratégias do seu negócio para seu sucesso…

Segredos da Paternidade Positiva

O envolvimento do pai contribui de forma significativa para o crescimento intelectual e mental da criança e a estimula na educação, desenvolvimento de habilidades, interesse etc…

Brian Tracy

Brian Tracy é uma das maiores autoridades em coaching e negócios do mundo: em mais de 30 anos de atuação, passaram por suas palestras e seminários mais de 5 milhões de pessoas. Já atuou como coach e consultor em mais de mil empresas. Autor de dezenas de best-sellers, foi homenageado em 2011 com o Lifetime Achievement Award, concedido pela National Academy of Best Selling Authors. É fundador e CEO da Brian Tracy International, tem uma carreira de sucesso, principalmente nos setores de vendas e marketing, investimentos, desenvolvimento imobiliário, importação, distribuição e consultoria de gestão.

Flora Victória

Flora Victoria é fundadora da Sociedade Brasileira de Coaching, presidente da SBCOACHING Training e Mestre em Psicologia Positiva Aplicada pela University of Pennsylvania. Diretora educacional das empresas do SBCOACHING Group e founding fellow do Institute of Coaching (IOC) – órgão afiliado à Harvard Medical School dedicado ao avanço do coaching, Flora é considerada a maior especialista em psicologia positiva aplicada ao coaching do país. Seu trabalho precursor resultou na criação do primeiro treinamento de positive coaching do Brasil. Pioneira na condução de projetos de pesquisa e comprovação científica do coaching no país, tem contribuído significativamente para consolidar a credibilidade desse processo e estimular seu desenvolvimento no Brasil e no mundo.

Como trainer e master coach, Flora já participou da formação de mais de 45 mil coaches no Brasil. Responsável pelas parcerias internacionais firmadas pela SBCOACHING com instituições globais, Flora tem trazido para o Brasil o que há de melhor e de mais atual no coaching internacional. Flora representa a Sociedade Brasileira de Coaching como membro da Graduate School Alliance for Executive Coaching (GSAEC), instituição especializada no ensino acadêmico do coaching, e da Association for Coaching (AC), credenciadora internacional presente em mais de 50 países.

Escritora de obras que são referência no coaching mundial, Flora é coautora dos livros Personal & Professional Coaching®, Executive & Business Coaching®, Positive Psychology Coaching® e Career Coaching®, entre outros. Em parceria com Brian Tracy e Villela da Matta, escreveu Estratégias Avançadas de Vendas e Engajamento Total. Como parte de sua contribuição para o coaching global, Flora foi convidada a integrar uma equipe internacional cujo objetivo foi discutir e compreender a diversidade do coaching no mundo. Esse trabalho resultou no livro Diversity in Coaching: Working with Gender, Culture, Race and Age, lançado pela Association for Coaching (AC). Como especialista em coaching, negócios, liderança e psicologia positiva, escreve artigos para a Revista SBCOACHING, para a Revista Científica Brasileira de Coaching e para diversos portais.

Com graduações acadêmicas e especializações nas áreas de Governança Corporativa pela Harvard Business School, MBA pela FGV, Marketing pela ESPM e Tecnologia pela USCS, a expert em ciências comportamentais, Flora, aplica seu sólido conhecimento teórico e prático para contribuir com diferentes públicos na conquista de resultados e aumento de realizações.

Com uma experiência organizacional consolidada ao longo de 30 anos, antes de fundar a SBCOACHING Flora foi executiva da Claro e atuou em grandes empresas como Volkswagen, Ford e Bell South, nas áreas de planejamento estratégico, gestão de mudanças, governança corporativa, tecnologia e finanças. À frente da SBCOACHING Training™, dedica-se continuamente a expandir o portfólio de serviços e a elevar cada vez mais a qualidade e a eficácia do coaching.