Autoconhecimento: o que é, importância e como alcançar o seu

autoconhecimento o que e importancia como alcancar seu

Autoconhecimento é uma palavra que se explica por si só, mas cujo processo exige uma reflexão bastante profunda.
Se alguém perguntar a você o quanto se conhece, qual seria a resposta?
A maioria das pessoas pode achar o questionamento até estranho, mas a verdade é que a prática do autoconhecimento ainda é pouco exercitada.
É quando a dificuldade e os obstáculos surgem que conseguimos ter a real noção de quem somos, a partir de nossas respostas e ações.
Algumas pessoas até se surpreendem com atitudes que tomam, e aí que surgem as famosas frases: “nossa, não sabia que eu era capaz disso” ou “nunca imaginei que pudesse fazer aquilo”.
Mas não se preocupe, você não precisa esperar que os momentos desafiadores cheguem para promover o autoconhecimento.
Existem ferramentas e metodologias que trabalham justamente a partir do princípio de olhar para dentro e reconhecer a si mesmo, seus pontos fortes e vulnerabilidades.
Quer saber mais sobre o assunto? Então, nos acompanhe ao longo do artigo.

O que é autoconhecimento?

autoconhecimento o que e
O autoconhecimento nada mais é do que uma investigação sobre si próprio
Também pode ser um projeto ético, quando o que se busca é a realização de algo que leve o sujeito a ser mestre de si e, consequentemente, um ser humano melhor.
Em outras palavras, é a nossa capacidade de olhar para dentro e saber exatamente quais são as virtudes e os defeitos, as forças e as fraquezas.
Isso acontece não como quem julga, mas como quem aceita e faz o possível para se tornar melhor a cada dia.
Significa fazer um mapeamento interno completo e, a partir dele, perceber quais devem ser nossas ações e onde elas vão nos levar.
Autoconhecimento, ao fim e ao cabo, é compreender cada detalhe que se passa em nós mesmos, sejam pensamentos, emoções e mesmo anseios.
É fazer de você a sua própria bússola.

Por que pensar sobre si mesmo?

autoconhecimento por que pensar sobre si mesmo
Em um rápido olhar, esse gesto pode parecer egoísta, mas ele é justamente o contrário.
Só quem consegue compreender seus próprios conflitos é capaz de olhar para o outro com genuína generosidade.
Ao pensar sobre nós mesmos, deixamos de focar no outro e em tecer julgamentos
O autoconhecimento é necessário também para delimitarmos nossos objetivos.
Ou você já conheceu alguém bem-sucedido na vida que não sabia aonde estava indo?
Somente quem pensa sobre si mesmo é capaz de se mover por convicção. Os demais vão sendo levados pela maré ou fazem da intuição seu mapa, seu guia.
A pergunta que você precisa fazer é: de que lado você quer estar? Dos que caminham com segurança? Ou daqueles que torcem para que a estrada escolhida seja a correta?

A importância do autoconhecimento

Se o autoconhecimento não fosse tão importante, monges não se isolariam por longos períodos de reclusão para encontrar respostas.
No entanto, não é necessário tomar medidas tão drásticas, como ter momentos sabáticos, para desenvolver essa capacidade – ainda que a solitude seja uma boa forma de entrarmos em contato com nós mesmos.
A busca pelo autoconhecimento representa também uma procura pelo eu interior, por nosso propósito na vida, pela razão de estarmos na Terra.

Benefícios do processo de autoconhecimento

autoconhecimento beneficios processo
Com o autoconhecimento, podemos colher diversos benefícios, que podem nos ajudar tanto no âmbito pessoal quanto profissional.
Separamos três vantagens que o desenvolvimento desta virtude pode oferecer. Confira!

Descoberta das nossas forças e fraquezas

Todos têm pontos fortes e carências que ajudam a definir a sua personalidade, mas só quem se conhece verdadeiramente sabe quais são.
É impossível você se fazer valer dessas qualidades se não souber reconhecer e determinar como podem ser aplicadas da melhor maneira.
Suas forças precisam ser usadas a seu favor, de maneira que funcionem como facilitadoras para a obtenção de resultados.
E quando o assunto são as suas limitações, o autoconhecimento é ainda mais importante.
Do contrário, é difícil que elas possam ser superadas em algum momento.

Busca pela consciência

As respostas que descobrimos com o exame da nossa mente não só contribuem para que nos conheçamos melhor, como também para que possamos avançar à uma próxima etapa, em busca de um estado de consciência plena.
Isso significa entender, de fato, quem você é.
Você não é alguém que possa ser definido por estereótipos e nem por seus pontos fortes e fracos – ainda que eles façam parte do todo representado por você.
Tudo isso poder ser modificado, mas a sua essência não muda. E é exatamente nisso que precisa pensar.
Trabalhe para alterar comportamentos nocivos e tome o rumo na direção da transformação real.
Mas atenção: será preciso muita força de vontade e dedicação para isso.

Abertura da mente

Ao se conhecer melhor, você abre um leque de oportunidades para buscar a felicidade.
Novas experiências só aparecem para aqueles que estão dispostos a encarar cada oportunidade com unhas e dentes, sem medo.
Para isso, é preciso se arriscar – e só dá esse passo quem pratica o autoconhecimento.
Afinal, superação tem a ver com ultrapassar seus limites. A propósito, você sabe quais são eles?

Mas, afinal, como alcançar o autoconhecimento?

autoconhecimento como alcancar
Existem diferentes formas para alcançar o autoconhecimento.
Como dissemos, os monges o buscam por meio do isolamento voluntário e da solitude.
Outros podem chegar lá através da meditação e da ioga.
Também existem muitas pessoas que procuram na metodologia coaching uma alternativa para que possam se conhecer melhor.
Seja qual for a forma escolhida e encontrada por você, tenha certeza que ela vai exigir muita concentração, força de vontade e dedicação de sua parte.
Além disso, elas não são excludentes entre si.
O autoconhecimento não vem fácil, mas tenha a certeza que vale cada esforço.

Como funciona o processo de autoconhecimento

O que gosta, não gosta de fazer e por quê? Você se sente feliz? Como você se vê daqui a alguns anos? Você possui planos para sua vida?
Não, isso não é um quiz que você responde na internet para ver qual personagem da série se parece mais com o seu perfil.
Mas todos esses questionamentos ajudam a dizer quem você é – ou, ao menos, como você se enxerga.
Ou seja, essas perguntas são a porta de entrada para o seu processo de autoconhecimento.

Os três níveis do autoconhecimento

autoconhecimento tres niveis
Para quem busca o autoconhecimento, é preciso saber responder com precisão a três perguntas que ajudam a determinar qual nível você já atingiu nessa jornada.
Vamos a elas!

1. O que você está fazendo?

O ritmo das nossas vidas, às vezes, é tão insano que não paramos para analisar o rumo que as coisas estão tomando.
É como o piloto automático de um carro, que segue a rota pré-estabelecida com relativo nível de segurança.
Mas será que é isso que você quer para a sua vida? Uma vida sem reflexão, sem cor? Uma vida que não é vivida?
Agora, se você se percebeu que quem está com as rédeas do seu destino é o tempo e não as suas mãos, é bom parar e refletir um pouco sobre suas ações.
Esse é o único jeito de vencer o primeiro nível do autoconhecimento.
Por isso, a dica aqui é reservar alguns minutinhos do seu dia e deixar as distrações de lado para pensar consigo mesmo quais vão ser as suas atitudes daqui para frente.

2. O que você está sentindo?

Passada essa primeira barreira, é chegada a hora de mergulhar em águas um pouco mais profundas: os mares do sentimento.
Quando se leva a vida sem grandes reflexões, é comum que nossas emoções fiquem confusas.
Não sabemos direito o que estamos sentindo. Será tristeza ou frustração? Alegria ou alívio?
Para seguir nadando em busca do autoconhecimento, precisamos colocar nossa mente em ordem e começar a compreender os sinais que ela está passando.
No lugar de reprimir as emoções – como sempre nos foi ensinado -, é necessário entender o que e o porquê de estarmos sentindo tal coisa.
Use os sentimentos ao seu favor. Acredite, até sensações aparentemente nocivas, como a raiva, por exemplo, podem ser grande fonte de inspiração.

3. Quais são seus pontos cegos?

Pronto, agora você atingiu o fundo do mar e está no terceiro nível do autoconhecimento.
É aqui que você vai se deparar com as suas crenças limitantes, com as falsas imagens que criou de si mesmo.
É hora de parar de esconder esses pensamentos negativos e colocar todos eles para fora.
Essa atitude vai fazer com que você se liberte dos seus mecanismos de defesa e possa nadar de braçada nas águas calmas da sua consciência.
Superar todos esses níveis não é tarefa fácil, mas com força de vontade e dedicação é possível chegar lá.
Confiamos em você. Mas a pergunta que deve ser feita é: e você, também confia?

Por que o autoconhecimento é fundamental para o sucesso?

autoconhecimento por que fundamental para sucesso
Essa resposta é fácil de dar: porque o autoconhecimento é simplesmente a melhor maneira de encontrar o caminho que vai levar você até às realizações que sempre sonhou.
Imagine só uma pessoa que sabe exatamente quais são seus pontos fortes, suas dificuldades, aonde quer chegar e o que precisa fazer para tal.
Ela certamente tem muito mais chances de obter êxito em suas escolhas.

O autoconhecimento pessoal

Quais são os seus objetivos de vida? Você quer casar, constituir uma família, ter estabilidade, casa própria, carro do ano?
Ou prefere não pensar tanto nos bens duráveis e dedicar seu tempo livre para viajar e conhecer outros lugares?
É isso que o autoconhecimento pessoal vai lhe ajudar a encontrar: quais os comportamentos, as emoções e as habilidades que vão auxiliar no alcance das metas estabelecidas para a sua esfera pessoal.

O autoconhecimento profissional

O que você espera da sua carreira? Quer mudar de emprego? Continuar na empresa que está? Busca uma promoção? Deseja mudar totalmente de ramo?
A resposta para todas essas perguntas vai ser conseguida através do autoconhecimento profissional.
Não importa qual é o seu objetivo, todo o crescimento parte de um desejo interno de evoluir.

O crescimento como ser humano

autoconhecimento crescimento como ser humano
Procurar o equilíbrio entre o autoconhecimento pessoal e profissional é a melhor forma de garantir o crescimento como ser humano.
Um lado não vive sem o outro.
Além disso, sobrecarregar ou dar mais a outro pode colocar tudo a perder.
Esteja disposto a enfrentar todos os desafios que aparecerem para ir em busca dos seus sonhos nos diferentes âmbitos.
Esse é o segredo para a felicidade.

Como pensar em seu propósito

autoconhecimento como pensar seu proposito
O que faz você acordar de manhã e levantar cedo todos os dias?
Já parou para tentar refletir sobre isso?
É preciso muito autoconhecimento e força interior para chegar a essa conclusão.
Mas, calma lá, nós vamos ajudar você.
Saiba como pensar em seu propósito em cinco passos:

  1. Primeiro, exerça tudo o que você aprendeu sobre autoconhecimento até aqui
  2. Em seguida, tente acalmar aquela inquietação que, às vezes, toma conta. Procure focar na sua respiração e esvaziar a mente
  3. Logo depois, reflita sobre suas atitudes. Será que você doa mais do que recebe? Será que você é aquela pessoa que orgulharia seus pais?
  4. Feita essa reflexão, procure levar a vida sem expectativas e longe do automatismo.Trabalhe para atingir o sucesso que tanto deseja e não espere que ele caia do céu
  5. Por fim, construa a sua própria história. Analise todo o seu potencial e veja de que forma você pode contribuir para um mundo melhor.

Autoestima e autoconhecimento

Quando começamos a nos conhecer melhor, também passamos a desenvolver toda a autoconfiança que precisamos para seguir em frente.
Estamos falando sobre aquela força necessária para levantar qualquer autoestima e mostrar que somos capazes de enfrentar qualquer parada.
Nenhum desafio é tão grande que não possa ser superado. Assim como não há nenhuma alegria que dure para sempre.
Mas, com uma autoestima lá nas alturas, fortalecida graças ao autoconhecimento adquirido, só vai existir espaço para o otimismo e para a crença no próprio potencial.

Autossabotagem: quais são os comportamentos mais comuns?

autoconhecimento autossabotagem
“Não posso”, “não consigo”, “fulano é melhor do que eu”, “não vou dar conta de cumprir o prazo”.
Esses são pensamentos que chamamos que autossabotagem, pois eles jogam contra nós.
Muitas vezes, lançamos mão deles sem querer. São crenças limitantes e padrões que repetimos sem nem ao menos pensar.
Junto dessa maneira de pensar costumam aparecer os comportamentos destrutivos, que usamos para ratificar a incapacidade que insistimos em falar para nós mesmo que temos.
As atitudes mais comuns são:

  • O medo de ir em frente
  • A procrastinação das tarefas
  • A negatividade e o pessimismo
  • A autocrítica exacerbada
  • A ausência de confiança.

Fique de olho nesses comportamentos, pois eles não merecem espaço.

Dicas de inteligência emocional para desenvolver o autoconhecimento

autoconhecimento dicas inteligencia emocional desenvolver
Inteligência emocional e autoconhecimento andam de mãos dadas e um não pode viver sem a outro.
Inclusive, a primeira pode ser um caminho para desenvolver o segundo com mais facilidade.
Quer saber como? Confira mais esta série de dicas:

  • Gerencie as suas emoções ao seu favor
  • Descubra e enfrente seus medos de frente
  • Seu sentimentos não o definem, mas sim o contrário.

Que tal colocar em prática? Exercícios para desenvolver o autoconhecimento

Falamos bastante da parte teórica que envolve o autoconhecimento, mas que tal partirmos para o lado um pouco mais prático dessa história?
Venha com a gente!

Reflexões e perguntas para desenvolver seu autoconhecimento

Questione-se.
Perguntas poderosas podem acelerar o processo de autoconhecimento.
Experimente responder e refletir sobre:

  • O que tenho como principais qualidades?
  • Quais as crenças limitantes que preciso vencer?
  • Quais são as próximas atitudes que devo tomar?

As respostas a esses questionamentos podem ajudar a esclarecer dúvidas que surgem na sua mente e que dificultam o seu autoconhecimento.

Ferramentas para conhecer melhor

Ferramentas de autoconhecimento também podem ajudar – e já falamos sobre elas em vários artigos.
Para saber mais, confira nos links a seguir:

Já tentou alguma? Elas podem ser suas grandes aliadas na obtenção de seus objetivos.
Faça o teste e depois nos conte como foi.

Dicas de livros para quem saber mais sobre autoconhecimento

autoconhecimento dicas de livros para quem quer saber mais
O autoconhecimento não pode ser absorvido a partir de um livro, pois é fruto da ressignificação de cada um.
Mas ele pode ser inspirado através de leituras que nos façam pensar sobre o assunto.
Por isso, separamos três obras que tratam sobre o tema:

Mindset: A nova psicologia do Sucesso, de Carol Dweck

Durante décadas de pesquisa, a autora desenvolveu o conceito de que a atitude mental com a qual encaramos a vida, chamada de mindset, é crucial para o sucesso.
Na obra, ela revela como o sucesso pode ser alcançado pela maneira como lidamos com nossos objetivos.

O despertar de uma nova consciência, de Eckhart Tolle

Mais do que em qualquer outra época, a humanidade tem hoje a chance de criar um mundo novo, que seria mais pleno de amor e sanidade.
Para o autor, esse é um momento único, do despertar de uma nova consciência.
Na obra, ele destaca que um salto para essa outra realidade só depende de uma mudança interna e radical em cada um de nós.

O ponto do equilíbrio, de Christine Carter

Não é preciso abandonar a carreira para eliminar o estresse, nem sacrificar as suas poucas horas de lazer para ser uma pessoa mais produtiva.
Essa foi a conclusão a que chegou a autora.
No livro, ela mostra que o essencial é encontrar seu ponto de equilíbrio.

Como o coaching auxilia ao conhecer a si mesmo

autoconhecimento como coaching auxilia conhece si mesmo
Nem todo mundo consegue promover o autoconhecimento sozinho.
Por isso, contar com a ajuda de um profissional experiente pode ser fundamental.
Com a metodologia coaching, você vai ter sempre um especialista pronto para fazer acreditar na sua capacidade de transformação.
Todas essas ferramentas e técnicas citadas ao longo do artigo são usadas pelo maior instrumento de capacitação e desenvolvimento humano do mundo na busca do olhar para si.
Se é conhecer a si mesmo que você quer e precisa, pode contar com o coaching.

O autoconhecimento é um convite à evolução

Só quem se conhece, evolui.
Mas como saber se você está indo para frente ou se a sua bússola interior está quebrada ou não funciona?
A vida é muito curta para ficarmos parados.
Movimente-se!
Busque se tornar uma pessoa melhor a cada dia e a evolução vai ser constante, você vai ver.

Conclusão

autoconhecimento conclusao
Gostou do nosso guia sobre autoconhecimento?
Depois de tudo o que leu, você acredita que realmente conhece o seu eu interior como a palma da sua mão?
Caso a resposta seja positiva, parabéns. Você está pronto para atingir seus objetivos na vida e ser uma pessoa bem-sucedida, capaz de lidar com conflitos;
Se você respondeu “não”, nada está perdido também.
Ainda há tempo para ir em busca dessa virtude tão importante, que nos permite ser pessoas melhores, mais evoluídas e capazes.
Invista agora mesmo em seu autoconhecimento e tenha o futuro inteiro pela frente para colher os frutos.
E se precisar de suporte, a SBCoaching está aqui para apoiar você.
Se o artigo foi útil, compartilhe em suas redes sociais.

Comentários

Quem leu este post leu também :)

O que é autoeficácia e como ela pode ajudar você

Entenda o que é sincericídio e como ele pode afetar sua vida

Cursos de extensão EAD: Saiba as vantagens de aderir ao sistema

Descubra a importância de desenvolver a autoaceitação

MBA Coaching: Saiba tudo sobre esse tipo de graduação

Aprenda cinco dicas práticas de como desenvolver o autocontrole

Materiais Educativos

Como se tornar um Coach de sucesso

Escrito por Villela da Matta, presidente da SBCOACHING, este e-book traz 29 perguntas para alavancar o marketing, as vendas e as estratégias do seu negócio para seu sucesso…

Segredos da Paternidade Positiva

O envolvimento do pai contribui de forma significativa para o crescimento intelectual e mental da criança e a estimula na educação, desenvolvimento de habilidades, interesse etc…

Brian Tracy

Brian Tracy é uma das maiores autoridades em coaching e negócios do mundo: em mais de 30 anos de atuação, passaram por suas palestras e seminários mais de 5 milhões de pessoas. Já atuou como coach e consultor em mais de mil empresas. Autor de dezenas de best-sellers, foi homenageado em 2011 com o Lifetime Achievement Award, concedido pela National Academy of Best Selling Authors. É fundador e CEO da Brian Tracy International, tem uma carreira de sucesso, principalmente nos setores de vendas e marketing, investimentos, desenvolvimento imobiliário, importação, distribuição e consultoria de gestão.

Flora Victória

Flora Victoria é fundadora da Sociedade Brasileira de Coaching, presidente da SBCOACHING Training e Mestre em Psicologia Positiva Aplicada pela University of Pennsylvania. Diretora educacional das empresas do SBCOACHING Group e founding fellow do Institute of Coaching (IOC) – órgão afiliado à Harvard Medical School dedicado ao avanço do coaching, Flora é considerada a maior especialista em psicologia positiva aplicada ao coaching do país. Seu trabalho precursor resultou na criação do primeiro treinamento de positive coaching do Brasil. Pioneira na condução de projetos de pesquisa e comprovação científica do coaching no país, tem contribuído significativamente para consolidar a credibilidade desse processo e estimular seu desenvolvimento no Brasil e no mundo.

Como trainer e master coach, Flora já participou da formação de mais de 45 mil coaches no Brasil. Responsável pelas parcerias internacionais firmadas pela SBCOACHING com instituições globais, Flora tem trazido para o Brasil o que há de melhor e de mais atual no coaching internacional. Flora representa a Sociedade Brasileira de Coaching como membro da Graduate School Alliance for Executive Coaching (GSAEC), instituição especializada no ensino acadêmico do coaching, e da Association for Coaching (AC), credenciadora internacional presente em mais de 50 países.

Escritora de obras que são referência no coaching mundial, Flora é coautora dos livros Personal & Professional Coaching®, Executive & Business Coaching®, Positive Psychology Coaching® e Career Coaching®, entre outros. Em parceria com Brian Tracy e Villela da Matta, escreveu Estratégias Avançadas de Vendas e Engajamento Total. Como parte de sua contribuição para o coaching global, Flora foi convidada a integrar uma equipe internacional cujo objetivo foi discutir e compreender a diversidade do coaching no mundo. Esse trabalho resultou no livro Diversity in Coaching: Working with Gender, Culture, Race and Age, lançado pela Association for Coaching (AC). Como especialista em coaching, negócios, liderança e psicologia positiva, escreve artigos para a Revista SBCOACHING, para a Revista Científica Brasileira de Coaching e para diversos portais.

Com graduações acadêmicas e especializações nas áreas de Governança Corporativa pela Harvard Business School, MBA pela FGV, Marketing pela ESPM e Tecnologia pela USCS, a expert em ciências comportamentais, Flora, aplica seu sólido conhecimento teórico e prático para contribuir com diferentes públicos na conquista de resultados e aumento de realizações.

Com uma experiência organizacional consolidada ao longo de 30 anos, antes de fundar a SBCOACHING Flora foi executiva da Claro e atuou em grandes empresas como Volkswagen, Ford e Bell South, nas áreas de planejamento estratégico, gestão de mudanças, governança corporativa, tecnologia e finanças. À frente da SBCOACHING Training™, dedica-se continuamente a expandir o portfólio de serviços e a elevar cada vez mais a qualidade e a eficácia do coaching.