Visão Sistêmica: O que é, importância, e como desenvolvê-la

1942

Você tem visão sistêmica?

Essa é uma habilidade que muitas pessoas gostariam de ter ou desenvolver, seja na vida pessoal ou profissional.

Afinal, quem não gostaria de ser capaz de ter uma perspectiva diferente, de ver o todo e de analisar situações de uma maneira mais ampla e conectada?

Não é à toa que essa se transformou em uma competência extremamente valorizada no ambiente corporativo.

As lideranças entendem que contar com colaboradores assim pode significar um salto de qualidade nos resultados alcançados pelo negócio.

O grande desafio, no entanto, está em aprender a desenvolver essa capacidade, de modo que ela se torne algo natural em suas ações.

Ao longo deste artigo, é justamente o que vamos explicar.

Além disso, também vamos ver quais são os benefícios práticos da visão sistêmica e como ela pode ser aplicada.

Boa leitura!

O Que é Ter uma Visão Sistêmica?

o que e ter visao sistemica

De maneira simples e clara, ter um visão sistêmica nada mais é que ter a capacidade de ver o cenário completo, analisando todos os agentes e situações que o compõe.

Que tal um exemplo prático?

Pense em um gestor que quer o bem-estar geral da sua empresa e compreende o funcionamento da linha de produção, do setor de recursos humanos, do pessoal do financeiro, do comercial e por aí vai.

Quando ele precisa tomar uma decisão, é capaz de avaliar não apenas a sua necessidade imediata, mas o impacto e as consequências que a sua atitude vai gerar para todas as outras áreas.

Ou seja, além de examinar cada setor individualmente, também é fundamental ver como se dá a interação entre eles.

Como que a entrega dos produtos ou serviços está sendo feito ao público consumidor? Como está a relação com o fornecedor?

Essas são preocupações que um gestor com uma visão sistêmica precisa ter.

Ou, ainda, mais do que isso, a compreensão das relações entre os ambientes interno e externo é primordial para exercer uma administração organizada e com um processo capaz de dar conta de todas as demandas do negócio.

Aí, já temos uma clara noção quanto à importância da visão sistêmica, mas vamos avançar no assunto no tópico seguinte.

Importância de Utilizar a Visão Sistêmica

importancia da visao sistemica

Para quem quer alcançar resultados assertivos e consistentes, seja na carreira, na vida pessoal ou no desempenho da empresa, utilizar a visão sistêmica é vital.

Isso acontece porque você não está mais apenas olhando para aquilo que é óbvio e imediato.

Ao analisar o todo, consegue perceber o reflexo das ações em diferentes níveis, como já apontamos anteriormente.

Mas não apenas isso, já que é também capaz de projetar tendências para o futuro.

Assim, surgem novas possibilidades e, com elas, uma perspectiva de fazer o diferente e não apenas repetir receitas prontas.

Para quem é o CEO de uma empresa, por exemplo, e precisa coordenar diferentes áreas e tomar decisões que exigem muita responsabilidade, a visão sistêmica é imprescindível.

Pode representar até mesmo uma oportunidade de criar projetos de desenvolvimento do negócio ou de enfrentar crises com resiliência.

Mas essa forma plural de enxergar as coisas não é primordial somente para as lideranças.

É importante que seja estimulada e trabalhada entre todos os colaboradores, não importa qual seja o seu cargo.

Essa é uma estratégia, inclusive, de conectar e engajar a sua equipe de trabalho ainda mais.

Pode ser o diferencial para fazer com que haja uma maior cooperação entre os colegas e, quem sabe, até gerar uma competição saudável, a partir da qual cada funcionário busque se superar cada vez mais e mais.

Assim, as metas vão sendo batidas e novos patamares são estabelecidos.

A roda vai girando, cada engrenagem no seu lugar e a máquina funcionando a pleno vapor.

Toda a estrutura da organização – do gestor ao estagiário – passa a ter um funcionamento mais otimizado.

Ficam todos cientes de sua importância e das suas atribuições na instituição.

Acha que acabou? Ao longo do artigo, vamos trazer mais vantagens para você desenvolver a visão sistêmica na sua vida.

Visão Sistêmica na Liderança de um Gestor

visao sistemica - lideranca de um gestor

Todo líder ou gestor tem a ganhar com o desenvolvimento da visão sistêmica no mundo corporativo, como acabamos de ver.

Não se pode negar que as pessoas que ocupam os postos mais altos no nível hierárquico da pirâmide organizacional são aquelas que podem tirar a maior vantagem com essa habilidade.

Afinal, são os executivos que têm nas mãos o compromisso com as decisões mais delicadas sobre o futuro do negócio, que repercutem sobre os demais.

Por serem responsáveis pela resposta final, eles precisam ser capazes de ter e colocar em prática uma visão macro e integrada.

Isso vale ainda que se cerquem dos melhores profissionais para fornecer a eles relatórios detalhados sobre o tema em questão.

Ter o discernimento na hora de pensar em alternativas para driblar a crise, apostar em inovações nos mais diferentes setores, entre outras atribuições de um gestor, exige esse olhar apurado sobre o todo.

Desenvolver a visão sistêmica é quase como o milagre da multiplicação.

Significa atuar em diferentes frentes sem perder o seu poder de liderança.

Inclui também delegar tarefas a outros, com a certeza de que essas pessoas vão dar conta do recado, pois você conhece a fundo suas capacidades.

É, não menos, analisar situações de risco e alinhar pensamentos e maneiras de agir para superar desafios, corrigir vulnerabilidades e retomar o crescimento da empresa.

Perceba, portanto, que não faltam razões para líderes e gestores desenvolverem ou aprimorarem a visão sistêmica como competência.

Se é isso que você procura, o próximo tópico será esclarecedor.

Como Treinar e Desenvolver a Visão Sistêmica?

como desenvolver visao sistemica

Pontos positivos não faltam para se usar a visão sistêmica com sabedoria. Mas a pergunta que fica é: como fazer para desenvolver tal habilidade?

Se você não nasceu com essa competência nata, pode evoluir para ela.

Também todo aquele que já pratica a visão sistêmica encontra formas de aprimorar ainda mais suas ações.

Quer ver só?

Confira o passo a passo que elaboramos para você e aplique na sua empresa.

1. Conheça o seu negócio

Seu conhecimento não deve ficar restrito somente à sua área de atuação.

Também não estamos só nos referindo a dominar as características do produto final. Não, é muito mais do que isso.

É preciso ir além e se inteirar sobre a totalidade dos departamentos que formam a sua empresa.

Ainda que se trate de um pequeno negócio, cada processo cumpre o seu papel para o bom andamento do todo.

Ter essa noção global, dominar cada tarefa dentro da empresa e, por que não, saber o nome dos seu colaboradores e suas principais habilidades, é o primeiro passo para desenvolver a visão sistêmica.

Também é importante dar atenção às sutilezas, que muitos acabam ignorando.

É fundamental conhecer as questões políticas e hierárquicas que envolvem o negócio.

Entenda essa primeira dica como um resumo geral dos itens que vamos detalhar um a um.

2. Saiba como funciona cada setor

Mais do que saber da existência de cada área, é necessário conhecer a fundo sobre as particularidades delas.

Qual abacaxi o financeiro está tentando descascar?

Como o setor de recursos humanos está lidando com as reivindicações dos colaboradores?

Quais estratégias o comercial está utilizando para vender o produto ou o serviço que sua empresa oferece?

E de que maneira a sua equipe pode ser estratégica para auxiliar na resolução de problemas?

Saber a resposta para cada uma dessas questões e outras que podem surgir é estar por dentro de tudo que acontece na empresa, por vezes diante dos seus olhos.

Essa clarividência faz com que você se coloque no lugar do outro, repense prazos irreais e, mais do que isso, ofereça a oportunidade de colaborar com o todo.

Assim, as relações pessoais também são fortalecidas e o trabalho se torna muito mais humanizado e prazeroso para todos.

3. Entenda os objetivos da empresa

Toda e qualquer instituição, de pequeno ou grande porte, possui metas para curto, médio e longo prazos.

Para alcançar essas realizações, é necessário entender quais são as dificuldades a suprir e com qual caixa você vai poder contar hoje, amanhã e depois.

Você acredita ter domínio sobre essas informações?

Tenha elas sempre em mente.

Qualquer movimento precisa ser feito para chegar mais perto do que elas representam.

4. Encontre caminhos para atingir as metas

A partir do momento em que você fica por dentro das conquistas almejadas pela empresa, é possível dar o próximo passo.

A etapa seguinte impõe buscar soluções para atingir os objetivos do negócio da melhor maneira possível.

Por vezes, é indispensável pensar fora da caixa, buscar alternativas criativas, que saem do comum.

Essa é uma das diferenças que o gestor que se utiliza da visão sistêmica possui sobre aqueles que não desenvolvem a habilidade.

5. Conte com a ajuda do coaching

Ninguém consegue ser o olho que tudo vê. E não há nada de errado nisso.

Você pode contar com o apoio do coaching para desenvolver mais essa habilidade e chegar longe.

A partir de uma metodologia reconhecida mundialmente, você vai dar mais um decisivo passo para se tornar um gestor mais completo.

Ficou curioso? Vamos falar mais sobre esse assunto ainda neste artigo.

Benefícios de Usar a Visão Sistêmica em Sua Empresa

Agora, é chegado o momento de falar sobre os benefícios da visão sistêmica no ambiente corporativo.

Você já percebeu alguns deles, não é?

Talvez o ganho mais nítido esteja velocidade que os processos passam a ter.

Você, como um gestor capacitado, trabalha em conjunto com seus colaboradores para atingir toda e qualquer meta traçada de forma produtiva e eficiente.

Os trabalhadores de diferentes áreas, por sua vez, ambientados e cientes das suas funções na empresa, ficam ainda mais alinhados com os colegas de equipe.

Metas começam a ser quebradas, funcionários de segmentos diversos se destacam por suas atividades bem feitas.

É um círculo virtuoso de looping infinito, que melhora a autoestima do grupo e oferece, além de produtividade, um ambiente melhor e mais saudável para se trabalhar.

De uma forma mais direta, podemos dizer que a visão sistêmica traz para o âmbito organizacional uma chance de colaboradores, gerentes e grandes executivos trabalharem imbuídos em uma só direção: o bem comum.

A própria relação com o público final é alterada para melhor.

Ao atingir a excelência de qualidade em cada um dos processos de produção, naturalmente, vai aparecer um cliente final muito mais satisfeito com o produto entregue.

Ou seja, a visão sistêmica é a forma mais organizada e dinâmica de priorizar o que realmente importa e de dar o devido valor àquilo que os colaboradores arduamente produzem todos os dias.

Sempre, é claro, com decisões conectadas a todos os públicos.

O Coaching e a Visão Sistêmica

coaching e a visao sistemica

A habilidade de ampliar os horizontes e avaliar cada elemento de um mecanismo, quando bem gerida, é a chave para o sucesso.

Pode ser o seu grande diferencial no mercado de trabalho, inclusive.

Mas é natural se sentir inseguro com tanta responsabilidade nas mãos – e você não precisa lidar com toda essa pressão sozinho.

O coaching pode ser o seu braço de apoio para superar seus próprios medos e mostrar toda a sua capacidade, mesmo aquela que parece escondida.

A metodologia tem como base um processo de autoconhecimento, com foco nos objetivos que você deseja atingir.

Performances profissional e pessoal são aprimoradas de maneira concomitante.

Como o Coaching Pode Beneficiar Você

O coaching é a cara do cenário empresarial dos dias de hoje e oferece amplas possibilidades, não importa qual seja o seu objetivo final.

No caminho, você vai perceber que o ganho é ainda maior do que apenas ter a meta atingida.

Passar por uma formação de coaching é crescimento – em todos os aspectos que possa imaginar.

Mas que técnicas são essas e como essa ferramenta pode ajudar a conquistar minhas metas profissionais?

Para quem é gestor do seu próprio negócio, o coaching pode ser uma oportunidade para desenvolver o senso de liderança e entender as suas principais habilidades, além de aprimorar aquelas que ainda deixam a desejar.

Através do desenvolvimento da forma de pensar analítica, é possível fazer crescer o seu lado empreendedor para a procura de saídas inteligentes e surpreendentes, resolvendo de forma criativa os desafios do dia a dia no ambiente corporativo.

Para quem está em busca da visão sistêmica, inclusive, há a possibilidade de formação em coach sistêmico.

Essa modalidade de especialização atua justamente na capacidade do indivíduo de observar o todo.

Dados quantitativos são importantes, mas a análise não para por aí.

Os elementos interpretativos precisam compor o cenário para que o resultado seja completo.

Como as interações pessoais se dão no ambiente interno? Como é a relação com o público consumidor?

Tudo isso impacta na tomada de decisão dos líderes e pode atingir todos aqueles que estão envolvidos no sistema.

Sabe aquela sensação de peso de precisar definir tudo sozinho? Quando você menos se der conta, tudo vai estar entrando nos eixos.

O trabalho do coach, como é chamado o profissional que desenvolve esse trabalho, pode até lembrar o de um terapeuta, em alguns aspectos, ainda que sejam distintos.

Entre as principais semelhanças, está o nível de avaliação e investigação do problema.

O coach vai a fundo no comportamento do cliente (chamado de coachee) para entender o cenário e poder atuar de maneira assertiva.

Como Se Tornar um Coach?

como se tornar um coach - visao sistemica

Você pode ser o próximo profissional a ajudar mais pessoas a desenvolver a visão sistêmica como competência comportamental.

Além disso, para alguns líderes, mais do que buscar suporte para alcançar alguma meta, pode fazer toda a diferença ir além e se tornar ele próprio um coach.

Existem diferentes tipos de especializações para você escolher, a exemplo do coach de carreira, do coach executivo, do coach de vendas, do coach de liderança e do coach de equipe.

Cada um deles traz conhecimentos diferentes que podem agregar ao seu rol de saberes.

A melhor parte é a possibilidade de replicar todos esses conhecimentos dentro da empresa e ajudar os colaboradores.

É possível, por exemplo, marcar encontros fixos com os membros da sua equipe e acompanhar o desenvolvimento de cada um deles de perto.

Como você já conhece a fundo a realidade de cada um, seus pontos fortes e fracos e onde eles precisam chegar, todo o processo ganha ainda mais em efetividade.

Já imaginou?

Para dar esse próximo passo, é importante considerar alguns aspectos.

O primeiro já foi elucidado: qual tipo de coach você quer ser?

A partir disso, procure ficar atento ao conteúdo programático e veja se ele está de acordo com o que planeja.

A experiência e o reconhecimento da instituição e dos professores que vão ministrar as aulas também é um fator muito importante para pesar em sua decisão.

Fora isso, carga horária, turno, aulas presenciais ou a distância, interatividade, material didático e atividades complementares são mais alguns elementos a se levar em conta antes de decidir qual curso escolher.

Conclusão

visao sistemica conclusao

Então, interessado pelo desenvolvimento de uma visão sistêmica?

Como vimos neste artigo, esse é um tipo de habilidade que está ao seu alcance.

Nossa dica final é que siga estudando o assunto e busque todas as formas de conhecimento.

Para adquirir novas competências e habilidades, lembre-se do coaching, uma metodologia capaz de elevar a sua performance e trazer conquistas pessoais e profissionais.

Se o artigo foi útil, não deixe de compartilhar com sua rede.

Caso tenha uma dúvida ou comentário a fazer, você pode registrar abaixo ou, se preferir, faça contato conosco.

Comentários
Compartilhar
AnteriorComo solucionar o jogo da culpa?
PróximoO profissional do futuro
A SBCoaching é uma das maiores empresas de coaching do mundo. Líder e referência nacional e internacional em treinamentos e soluções de alta performance. Firmemente comprometida em promover a evolução e a maximização do potencial humano, a SBCOACHING gera resultados cientificamente comprovados, contribuindo para produzir mudanças positivas e sustentáveis e para aumentar as conquistas de indivíduos, times e organizações.