Eneagrama de Personalidade: todos os segredos revelados

2119

Você sabia que o eneagrama de personalidade pode se tornar um instrumento importante na sua jornada de autoconhecimento?

Acredite: trata-se de uma poderosa ferramenta que ajuda a explorar seu pleno potencial na vida pessoal e nos negócios.

A nomenclatura pode até parecer estranha ou abstrata, sem utilidade no mundo corporativo e nas suas relações afetivas.

Mas é justamente o contrário.

A verdade é que o eneagrama de personalidade pode auxiliar pessoas e empresas a atingirem resultados extraordinários.

A prova disso está nas informações que reunimos neste artigo.

Ficou curioso?

Então, siga a leitura e descubra por que o eneagrama é um instrumento para revelar todo o seu potencial e, consequentemente, para a conquista de grandes objetivos.

O que é o Eneagrama de Personalidade?

O que é o Eneagrama de Personalidade
O eneagrama de personalidade é um modelo que descreve as diferenças individuais de cada pessoa.

O eneagrama de personalidade é um modelo que descreve as diferenças individuais de cada pessoa, tendo por base nove distintos tipos de personalidades.

Para você entender melhor, em uma descrição ilustrativa, o eneagrama é uma figura geométrica de nove pontas, composta por um círculo, um triângulo e uma hexade (a qual conecta os números 1-4-2-8-5-7).

eneagrama estudos
A essência do que ele representa está presente desde o pensamento grego de Pitágoras.

Ele pode ser usado no estudo de qualquer processo contínuo, pois a sua lógica é a de que o fim é sempre o início de um novo ciclo.

O eneagrama não é algo novo.

A essência do que ele representa está presente desde o pensamento grego de Pitágoras, passando pelo judaísmo, cristianismo e islamismo.

Muitos pensadores e doutrinas utilizaram o eneagrama em seus estudos.

Mas a criação do eneagrama como conhecemos hoje teve seu início no século 20.

No início da década de 1950, o filósofo boliviano Oscar Ichazo associou as nove pontas do eneagrama aos nove atributos divinos que refletem a natureza humana, oriundos da tradição cristã.

Nascia, assim, a relação entre o eneagrama e os nove tipos de personalidades.

Eram os primeiros passos dessa ferramenta que, atualmente, está cada vez mais popular.

Em 1971, Ichazo criou, no Chile, o Instituto Arica, a partir do qual ensinou o eneagrama a alguns estudantes.

Mais tarde, fundou outro instituto nos Estados Unidos e, a partir daí, passou a ensinar o eneagrama em workshops de desenvolvimento pessoal.

Claudio Naranjo, psiquiatra chileno criador da Gestalt-Terapia, aprendeu o eneagrama nos cursos de Ichazo e o levou para os Estados Unidos, já com o nome de Eneagrama de Personalidade, nos anos 1970.

Naranjo relacionou os tipos do eneagramas às características psiquiátricas que conhecia e expandiu as descrições de Ichazo, montando um sistema de tipologias.

O eneagrama tornou-se popular, enfim, com a publicação do livro “O Eneagrama”, de Helen Palmer, em 1988.

No sistema de eneagrama, encontram-se nove tipos de personalidades, ou seja, nove diferentes crenças e motivações, que geram padrões de comportamentos.

Cada um dos tipos possui pontos fortes e fracos.

Mas para que serve tudo isso?

Bem, ao entender qual é o seu tipo e descobrir como explorar seus pontos fortes e aprimorar seus pontos fracos, você terá em mãos uma poderosa consciência pessoal, capaz de transformar sua realidade por meio de ações.

Qual é a aplicação do Eneagrama?

aplicação do Eneagrama
Qual é a aplicação do Eneagrama?

O eneagrama é utilizado, juntamente com outras técnicas, para gestão emocional e desenvolvimento humano.

Antes de pensar que isso pode ser algum tipo de “autoajuda” desnecessária, saiba que o eneagrama gera resultados que podem ser mensurados, inclusive, em números.

Um estudo de benchmark, publicado em 2011 pela Enneagram in Business Network (EIBN), por exemplo, demonstrou que a aplicação do eneagrama em 72 empresas, de 20 países diferentes, resultou em um crescimento expressivo em diversas habilidades.

As principais:

  • Comunicação
  • Liderança
  • Inteligência Emocional
  • Tomada de decisões.

Mas como isso é possível?

Bem, o mapa do eneagrama descreve as nove emoções humanas, cada uma delas relacionada a um padrão específico de comportamento.

Dessa forma, possibilita que as pessoas se tornem mais conscientes de suas emoções, seus padrões de atuação, seus elementos motivadores e desmotivadores.

De porte desse conhecimento, você poderá se tornar autoconsciente e explorar ao máximo seus potenciais pessoais e profissionais.

Em outras palavras, o eneagrama traz consciência para os padrões de comportamento, oferecendo alternativas para que o indivíduo possa se desenvolver através do autoconhecimento.

Não é à toa que a ferramenta é amplamente utilizada na área empresarial e da psicologia.

Afinal, ela é extremamente útil para gerentes, supervisores e quaisquer profissionais envolvidos com o gerenciamento de equipes, pois possibilita o conhecimento e o aproveitamento eficaz de cada talento.

O Eneagrama no Coaching

Eneagrama no Coaching
O eneagrama também pode ser utilizado como instrumento de autoconhecimento.

No coaching, o eneagrama também pode ser utilizado como instrumento de autoconhecimento.

É válido relembrar que o coaching é uma metodologia, um conjunto de competências e habilidades que podem ser aprendidas e desenvolvidas para que você possa alcançar todos os seus objetivos na vida pessoal, profissional ou espiritual.

Nesse contexto, a utilização do eneagrama no coaching se dá exatamente para contribuir para o autoconhecimento e o desenvolvimento do indivíduo em todas as áreas.

O autoconhecimento é fundamental para mapear suas características e descobrir quais competências são necessárias para que você possa se desenvolver e ir em direção daquilo que realmente quer.

Com o estudo do eneagrama, é possível identificar o seu padrão comportamental, competências e vícios emocionais.

E assim, conhecendo-se profundamente, você será capaz de evoluir e melhorar como pessoa por meio de metas formuladas por seu processo de coaching pessoal.

A forma como cada indivíduo visualiza a realidade conta muito para a definição dos traços de seu comportamento.

Dos nove tipos de personalidade do eneagrama, você vai perceber que certamente algum deles prevalece em sua personalidade.

Identificar o seu traço prevalente e se conhecer melhor é o ponto de partida para mudanças pessoais e profissionais.

Nos processos de coaching, o eneagrama pode ser aproveitado como forma de avaliar competências, conhecer com maior eficiência e critério as pessoas e buscar autoconhecimento e gestão.

Então, já ficou curioso para descobrir qual pode ser o seu formato de personalidade conforme o eneagrama?

Abaixo, falaremos um pouquinho sobre cada um deles.

Tipos de Personalidade – Os 9 tipos revelados

Tipos de Personalidade eneagrama
É importante ressaltar que todas as pessoas transitam por mais de um tipo, mas o que vale é a intensidade, ou seja, quais são as características mais marcantes.

Os nove tipos de personalidade são: perfeccionista, amigável, egoísta, insatisfeito, observador, cuidadoso, feliz, desafiador e mediador.

É importante ressaltar que todas as pessoas transitam por mais de um tipo, mas o que vale é a intensidade, ou seja, quais são as características mais marcantes.

Além disso, cabe ressaltar que os pontos destacados abaixo são diretrizes que norteiam comportamentos, e não definições estáticas de personalidade.

Veja:

1. Perfeccionista e exigente

Aqui, claro, a ideia central é a perfeição.

As pessoas do tipo 1 do eneagrama são centradas na ação e têm senso prático.

São perfeccionistas e possuem um alto nível de exigência.

Mas podem se tornar pessoas intransigentes e duras, muito apegadas ao certo e errado, acreditando que apenas o esforço as faz merecedoras.

Na esfera profissional, costumam se dar bem em organização e realização, como a área financeira.

Seu vício emocional é a raiva, justificada pela atitude esforçada e autoimagem virtuosa.

Para manter o equilíbrio, precisam reconhecer o seu comportamento como uma maneira de se organizar – e não como o que realmente são.

Por meio da serenidade, podem se distanciar um pouco do simples “certo e errado” para integrar seus sentimentos, pensamentos e ações.

Suas características positivas são a determinação, a praticidade e a responsabilidade.

Já seus pontos fracos são a teimosia, hostilidade e irritabilidade.

2. Amigável e orgulhoso

O perfil agrega as pessoas prestativas, que ajudam a todos em qualquer situação, pois buscam ser amadas pelos demais.

Mas o medo de não receber amor pode até torná-las manipuladoras.

As pessoas do tipo 2 são centradas na emoção.

Profissionalmente, costumam se dar bem em áreas assistenciais e nas quais há relacionamento com pessoas, como vendas ou secretariado, por exemplo.

Seu vício emocional é o orgulho, por sua atitude solícita.

Como são pessoas muito centradas nos outros, sofrem quando precisam pedir ajuda ou quando não conseguem estar à altura da imagem idealizada.

Precisam adotar a humildade para não se reconhecerem somente a partir da atenção dos outros ou do valor que lhe dão.

Seus pontos fortes são o carisma, a disposição e o quanto são envolventes.

Já suas características negativas são a prepotência, o medo e o apego demasiado.

3. Egoísta e mentiroso

É uma personalidade extremamente competitiva. Os egoístas querem ser admirados por suas conquistas, mas temem o fracasso.

As pessoas do tipo 3 são centradas na ação e no planejamento, visando ao reconhecimento.

Têm grande apego à imagem – e o sucesso é um meio de conquistarem valor próprio.

Seu vício emocional é a vaidade.

Podem se tornar pessoas frias, usando as pessoas para alcançar suas metas.

Estão sempre em busca do resultado e podem estressar a todos em nome da excelência.

Normalmente, estão ligadas a áreas com possibilidades de crescimento, como vendas, advocacia, assessorias.

São ótimas em se comunicar e sintetizar ideias.

Por meio da sinceridade, podem reconhecer quem realmente são, não somente através da admiração e reconhecimento.

Suas características positivas são a flexibilidade, a motivação e o fato de serem focadas.

Já os pontos fracos são a inquietude e a tendência à manipulação da realidade.

4. Insatisfeito e emotivo

É um perfil individualista no eneagrama.

Busca sempre o autoconhecimento, o que pode levar tanto à inovação, quanto à melancolia.

São pessoas instáveis emocionalmente e sensíveis ao ambiente.

O vício emocional é a inveja. Comparam muito a sua vida com a dos outros, com uma vida idealizada.

Podem se tornar pessoas centradas naquilo que falta, tornando-as insatisfeitas e queixosas. Sua característica mais marcante é a insatisfação.

Tornam-se pessoas críticas e, muitas vezes, irônicas.

Profissionalmente, se interessam por áreas nas quais a criatividade e a originalidade possam ser expressadas, como estilismo, decoração, jornalismo e psicologia, por exemplo.

Seu senso crítico e gosto pelo diferente humanizam os ambientes.

Precisam de equanimidade, ou seja, ânimo e constância para não ficarem centradas no que falta.

Suas características positivas são a criatividade e sensibilidade.

Seus pontos fracos são o fato de serem críticas mordazes e trágicas.

5. Observador e estrategista

Observador e estrategista eneagrama
As pessoas do tipo 5 são centradas na mente, planejadoras e racionais.

No perfil observador e estrategista, se enquadram as pessoas que querem conhecer mais o mundo e o ser humano, observando e analisando o tempo todo.

As pessoas do tipo 5 são centradas na mente, planejadoras e racionais.

O vício emocional é a avareza por sua autoimagem lógica e prudente.

São pessoas, geralmente, muito racionais e que não se permitem expressar seus sentimentos.

São analíticas, especialistas e ponderadas.

Normalmente, estão ligadas profissionalmente a áreas de planejamento, como engenharia e pesquisas.

A capacidade de análise as faz muito boas em planejamento estratégico.

Mas podem se tornar distantes, com suas respostas curtas e diretas.

Devem praticar o desapego da mente para não serem tão racionais.

Um dos pontos positivos é a visão de longo prazo.

Entre as características negativas, estão a propensão à frieza e à insensibilidade.

6. Cuidadoso

É o perfil questionador, cético e leal.

As pessoas do tipo 6 visam ao controle, são atentas e desconfiadas.

O seu vício emocional é o medo, pois são muito realistas.

Podem ser pessoas muito ansiosas, que estão sempre com um pé atrás, que têm medo do desconhecido.

Podem também desenvolver a forma contrafóbica do medo, com atitudes opostas, ou seja, “a melhor defesa é o ataque”, interpretando os outros e o desconhecido sempre como ameaças.

Na profissão, o perfil geralmente está ligado à gestão de processos, como RH, financeiro e produção.

Precisam desenvolver a sua coragem para se desapegar do que é lógico e seguro.

Entre os traços positivos, está a lealdade, sua marca registrada.

Alguns dos pontos negativos são a insegurança e a irritabilidade.

7. Feliz e otimista

Trata-se de um perfil sonhador, que está sempre em busca da felicidade.

É otimista e divertido, mas pode também se tornar volúvel.

O tipo 7 também é conhecido pela agilidade mental para lidar com várias situações e diversos processos ao mesmo tempo.

O vício emocional é a gula.

Podem ser pessoas superficiais e sobrecarregadas com inúmeras tarefas, para fugir de suas dificuldades emocionais.

Costumam se dar bem em áreas criativas, como vendas, marketing, planejamento e negociação.

Os pontos fortes incluem o otimismo e a criatividade.

Entre as características negativas, podem ser citadas a indisciplina e a irresponsabilidade diante de obrigações.

8. Desafiador e autoritário

Desafiador e autoritário eneagrama
O perfil é muito motivado para a ação.

O perfil é muito motivado para a ação.

Pessoas que se enquadram no tipo 8 têm facilidade em mandar e liderar, mas sua aparente segurança pode ser intimidadora.

O vício emocional é a luxúria, pela atitude dominadora e autoimagem realizadora. Podem ser pessoas extremamente apegadas à força e ao poder – tornando-se até agressivas, desconsiderando o que os outros pensam e sentem.

Nas empresas, costumam estar ligadas à liderança e a posições de gestão.

Inspiram crescimento e superação, mas tendem a centralizar o poder.

Precisam aprender a inocência para desapegar do domínio e da onipotência.

Suas características positivas são objetividade, assertividade e realização.

Seus pontos fracos são a agressividade e a intolerância.

9. Mediador

É o perfil pacifista, que busca a paz e a solução de conflitos.

São pessoas mediadoras, que buscam o bem comum.

Seu vício mental é a indolência, devido à sua atitude tranquila e autoimagem conciliadora.

Sua grande flexibilidade pode levar à apatia.

É quem diz “tanto faz” em muitas situações do cotidiano.

A facilidade em se adaptar faz com que se deem bem em várias áreas profissionais, desde o administrativo até o atendimento ao público.

Sua habilidade mediadora é louvável.

No entanto, devem desenvolver a ação para saírem da atitude adaptativa.

Seus pontos fortes são a flexibilidade, a mediação e a atitude calma.

Suas características negativas são a apatia, a insegurança e o pouco senso de direção.

Subtipos do eneagrama

Cada um dos nove tipos de personalidade do eneagrama ainda está subdividido em três subtipos: conservacional, sexual e social.

1. Conservacional

São pessoas mais focadas em si mesmas e na sua sobrevivência.

São ligadas a bens materiais, mas não para ostentar – apenas como uma segurança.

2. Sexual

Focam sua vida nas relações sexo-afetivas.

Em geral, gostam de intensidade, são sinceras e diretas, às vezes faltando um pouco de tato.

3. Social

Gostam de estar em grupos, preocupam-se com a opinião alheia e com padrões sociais.

Geralmente têm facilidade para fazer amizades.

Como é aplicado o teste de eneagrama

Como é aplicado o teste de eneagrama
Fuja dos testes online, pois eles normalmente apresentam somente um resumo muito simplificado das características comportamentais.

Ficou intrigado com as informações do eneagrama?

Se identificou com algum dos perfis?

De fato, o teste de eneagrama pode fornecer algumas respostas interessantes.

Mas é importante lembrar que aplicação deve ser feita por um profissional habilitado.

Ele fará perguntas estratégicas que nortearão o resultado.

Fuja dos testes online, pois eles normalmente apresentam somente um resumo muito simplificado das características comportamentais.

Além disso, tenha cuidado com os rótulos, já que o teste do eneagrama é muito mais profundo e complexo do que simplesmente apontar que uma pessoa é agressiva, introspectiva, divertida ou qualquer outro adjetivo.

Conclusão: eneagrama como ponto-chave para o crescimento

eneagrama como ponto-chave para o crescimento
Não se trata de uma ferramenta para apontar o que você é ou não é.

Como vimos neste artigo, o eneagrama de personalidade não é uma espécie de diagnóstico definitivo.

Não se trata de uma ferramenta para apontar o que você é ou não é.

Ele é um instrumento que pode servir como ponto de partida para o autoconhecimento.

Um diagnóstico do seu comportamento e uma bússola para guiar os próximos passos.

E, pode acreditar: o autoconhecimento é a primeira etapa dessa jornada

Nessa direção, você vai transformar verdadeiramente sua realidade, desenvolvendo novas competências e potencialidades e trazendo seus sonhos mais ousados para a realidade.

Para isso, é importante contar com quem já tem grande experiência em eneagramas, análise de personalidade, mapas mentais e desenvolvimento de potencialidades.

Com o coaching, você pode atingir objetivos mais facilmente e, mais do que isso, encontrar metas realistas e factíveis para de fato se mover em direção ao futuro que você realmente deseja.

E você, já se reconheceu em algum dos nove tipos de personalidade? Deixe seu comentário!

Comentários
Compartilhar
AnteriorDesenvolvimento Humano: o que é, conceito, IDH e psicologia
PróximoEstresse e Ansiedade no Trabalho: Como Controlar?
A SBCoaching é uma das maiores empresas de coaching do mundo. Líder e referência nacional e internacional em treinamentos e soluções de alta performance. Firmemente comprometida em promover a evolução e a maximização do potencial humano, a SBCOACHING gera resultados cientificamente comprovados, contribuindo para produzir mudanças positivas e sustentáveis e para aumentar as conquistas de indivíduos, times e organizações.