chefe equipe reunião

Conhecer a fonte da desarmonia é a melhor forma de combatê-la e de buscar um equilíbrio, evitando que os negócios da empresa sejam prejudicados.

Diálogos conturbados, interpretações maldosas de conversas, diferenças de personalidade e estresse provocado por uma carga pesada de tarefas podem contribuir para o surgimento de conflitos nas corporações, que resultam em desentendimentos dentro do grupo de trabalho e até em demissões. Conhecer a fonte da desarmonia é a melhor forma de combatê-la e de buscar um equilíbrio, evitando que os negócios da empresa sejam prejudicados.


No ambiente profissional, é comum existirem sensações de ansiedade, rivalidade e frustração, além de diversidades quanto aos interesses, valores e ambições de cada um. Todos esses fatores modificam a conduta emocional dos funcionários, suscitando em pequenas ou grandes divergências com os chefes e entre os próprios subordinados. É importante identificar o grau de desordem, pois ele pode provocar um mal-estar entre os envolvidos e gerar prejuízos maiores, interferindo, inclusive, na vida pessoal.

As discordâncias relacionadas ao comportamento humano nas organizações são um dos motivos que fazem com que os trabalhadores desistam do emprego ou sejam demitidos, mas é necessário saber que, ao fugir desse tipo de problema, o indivíduo não avança na carreira profissional e, muito menos, pensa no bem da empresa em que trabalha. O mais indicado é que ele seja capaz de solucionar essas dificuldades de maneira pacífica.

Mesmo que não pareça, essas confusões nos ambientes corporativos, se contornadas de forma adequada, podem se transformar em um fator que gera modificações positivas para as companhias e traz o desenvolvimento aos colaboradores. Com as brigas, os pontos fortes e fracos dos integrantes da equipe ficam claros, tornando mais fácil o conhecimento uns dos outros e viabilizando uma convivência amigável. Por isso, é importante saber lidar com todos os impasses.

equipe competição trabalho

Com as brigas, os pontos fortes e fracos dos integrantes da equipe ficam claros, tornando mais fácil o conhecimento uns dos outros.

Confira abaixo algumas dicas simples para a melhor administração de conflitos no trabalho:

Hora certa: Defina qual é o momento mais apropriado para conversar com as pessoas que estão envolvidas na situação. Dialogue de forma direta e sutil, fugindo das indiretas.

Educação: Comporte-se de maneira educada e racional ao falar com o colega que adota uma postura diferente da sua. Esteja calmo e mantenha o foco na situação, esquecendo intrigas e agressões pessoais que possam ter ocorrido anteriormente.

Calma: Escute a outra parte, seja coerente e crítico, mas não pense que é o dono da razão.

O outro lado: Mesmo não partilhando da mesma opinião do companheiro, mostre atenção e interesse no que ele tem a dizer. Argumente e exponha seus pontos de vista.