jovem na empresa

A visão do que as empresas precisam e o que os jovens oferecem nem sempre têm uma conexão.

Conhecer tecnologias, fazer cursos, se aperfeiçoar em línguas. Quando o assunto é preparação para ingressar no mercado de trabalho, muitos jovens correm direto para essas alternativas, mas nem sempre são apenas esses diferenciais que as companhias procuram. A visão do que as empresas precisam e o que os jovens oferecem, nem sempre têm uma conexão.

Com o passar dos anos, os critérios para a admissão de jovens foram mudando. Primeiro, era necessário ter uma boa indicação, de preferência, familiar. Depois, era necessário ter experiência, que era uma exigência contraditória: como ter experiência sem nunca ter entrado no mercado de trabalho?

Um estudo publicado em março deste ano pelo Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), chamado Desconectados – Habilidades, Educação e Emprego na América Latina, mostrou que “cerca de 80% das empresas pesquisadas informaram que as habilidades mais difíceis de encontrar são aquelas relacionadas ao comportamento, como empatia, adaptabilidade, cortesia, responsabilidade e comprometimento. Pelo menos 30% das companhias consideram que a formação recebida na escola secundária não é suficiente para o desempenho das tarefas requeridas”.

As empresas com plano de carreira geralmente estão mais à procura de habilidades pessoais como tato, bom comportamento e relacionamento fácil com outras pessoas, e, principalmente, que tenham liderança e sejam pró-ativas. As companhias procuram pessoas que possam crescer junto com a empresa e aperfeiçoar os talentos desses jovens funcionários, com o objetivo de mantê-los. Outras qualidades que também são bem vistas para quem contrata, é a capacidade de poder elaborar uma análise crítica, saber se aprofundar nos assuntos e ter uma opinião inteligente sobre os mais diversificados temas.

jovem no mercado de trabalho

Você, que é jovem, precisa estabelecer metas e estar motivado à alcançar seus objetivos

 

Para isso, é necessário o desenvolvimento pessoal e profissional. Como falamos, é muito importante você buscar conhecimentos que irão te ajudar em sua carreira profissional, como cursos de línguas, acompanhar as tecnologias e principalmente os cursos que estão voltados para a área que você pretende atuar, só que, além disso, é imprescindível cuidar das questões pessoais, como aprender a lidar com vários tipos de pessoas, respeitar as diferenças, buscar adquirir um perfil de liderança, aperfeiçoar suas habilidades e buscar novas.

Se preparar para ingressar no mercado de trabalho, buscar conhecimentos pessoais e profissionais e ainda conciliar tudo isso com os estudos não é uma tarefa fácil. Você, que é jovem, precisa estabelecer metas e estar motivado à alcançar seus objetivos, sem deixar que coisas fúteis como distrações e preguiça te atrapalhem. Procure se aperfeiçoar agora que você é novo e tem muito o que aprender, assim, terá as qualidades requeridas para a empresa e grandes chances de ter sucesso na sua carreira profissional.