novos colaboradores

É comum que os recém-chegados não saibam como avaliar-se ou identificar em que grau de produtividade estão inseridos

Ao contratar um novo colaborador, toda empresa quer que ele atenda às expectativas e execute tarefas com eficiência e criatividade, seja proativo e assuma uma postura de comprometimento com a corporação. Porém, é comum que os recém-chegados não saibam como avaliar-se ou identificar em que grau de produtividade estão inseridos. Para esclarecer essas dúvidas que pairam na cabeça de muitos, o melhor caminho é pesquisar para entender o significado de cada característica esperada pelo empregador.

Durante as primeiras semanas de trabalho já é possível diagnosticar o perfil de um funcionário. A empresa observa as condutas desde o momento inicial e valoriza aqueles que demonstram vontade de crescer dentro da companhia, querem adquirir novas responsabilidades, e buscam conquistar o reconhecimento e respeito de todos.

Do ponto de vista do líder, os colaboradores que são éticos, dedicados, que compreendem os objetivos da organização, envolvem-se completamente no ofício, sentem-se bem remunerados e concluem projetos no prazo têm mais chances de prosperar na carreira e serem valorizados. Eles possuem as características que qualquer empresário deseja encontrar em uma equipe.

Para medir o próprio desempenho, o profissional deve se autoavaliar nos diferentes âmbitos da atividade que executa. Observe se você está sempre atento ao seu redor, tem iniciativa, acredita em si mesmo, está prevenido para imprevistos e prepara planos de ação para contornar problemas. Essas são posturas típicas de uma pessoa proativa, perfil cada vez mais cobiçado pelas corporações.

medir-desempenho

Para medir o próprio desempenho, o profissional deve se autoavaliar nos diferentes âmbitos da atividade que executa

Seja qual for o comportamento humano nas organizações, todos podem se esforçar para aprimorar habilidades e aumentar a produtividade. Algumas estratégias ajudam no desenvolvimento pessoal:

Comece o expediente com uma meta definida. Por alguns minutos, pare e pense nas tarefas e determine qual é a prioridade daquele momento;

– Elabore duas listas: na primeira, coloque os objetivos de longo prazo, incluindo os passos necessários para conquistar cada um deles. Na outra, escreva todas as atividades que realiza no dia, destacando as duas ou três mais importantes. Isso o ajudará a manter o foco durante a jornada;

– Depois de ter feito a listagem, encaixe pausas para espairecer um pouco entre os afazeres agendados. A hora do descanso é essencial para uma melhor atuação;

– Uma boa tática é priorizar e resolver as tarefas mais difíceis primeiro, a fim de que elas não se compliquem com o decorrer do tempo;

Além de tudo, o bom profissional deve trabalhar em parceria com o chefe, questionando sempre ao líder o que se espera dele. Os papéis e funções precisam ser bem definidos para que se conquiste o êxito nas atividades e a corporação saia ganhando.