O aluno precisa identificar quais são suas maiores paixões e afinidades.

O aluno precisa identificar quais são suas maiores paixões e afinidades.

Decidir a carreira que vai seguir é, sem dúvidas, uma das questões mais complexas que o jovem precisa encarar durante o término do período escolar. Como ter certeza do que se quer fazer para o resto da vida? De que forma se atinge o sucesso? Essas perguntas são capazes de tirar o sono de muitas pessoas e devem ser respondidas com cautela e direcionamento. Antes de optar por uma profissão, é importante atentar para alguns pontos que podem contribuir para que seja feita a escolha mais correta:

– Para começar, o aluno precisa identificar quais são suas maiores paixões e afinidades. Mesmo que se tenham múltiplas respostas que apontem para inúmeros caminhos, não é preciso entrar em pânico. Uma boa forma de decidir o rumo certo é fazer uma lista de profissões e conhecer, de perto, a rotina de cada uma delas. A intenção é descobrir aquela que melhor se encaixa às suas aptidões e ao futuro que espera ter. Nesse processo de escolha, é fundamental contar com a ajuda de familiares e amigos. O apoio daqueles que te querem bem será a mola propulsora para a motivação e um elemento essencial no momento de tomar decisões difíceis.






– Aceite mudanças. A ascensão nas carreiras profissionais tem como premissas deixar o medo de lado e abraçar novas experiências. Nunca se considere inapto a um ofício antes de decidir exercê-lo; tampouco hesite em procurar um novo emprego ou fazer grandes mudanças quando estiver infeliz. Sem sair da zona de conforto, a pessoa fica estagnada e fadada à desmotivação.

– Saiba lidar com o próximo. Trabalhar em equipe está entre as competências comportamentais mais observadas pelas grandes organizações. Atualmente, talento e vontade não são suficientes para ser considerado um bom funcionário. Em qualquer área que for seguir, é preciso conviver bem com os colegas, clientes ou chefe. Para isso, procure conhecer a personalidade de cada um e saiba respeitar as diferenças no ambiente de estudo ou trabalho. Deixe os problemas pessoais em casa e mantenha o diálogo aberto, estas são atitudes essenciais para o bom convívio.

Trabalhar em equipe está entre as competências comportamentais mais observadas pelas grandes organizações.

Trabalhar em equipe está entre as competências comportamentais mais observadas pelas grandes organizações.

 

– Nunca é tarde para aprender. O mercado de trabalho, assim como o mundo, está em constante evolução. Tente se atualizar sempre que possível, você vai descobrir que há uma infinidade de coisas novas a aprender. Quanto mais qualificado, mais oportunidades de emprego e ascensão terá. Além disso, novos aprendizados possibilitam não só um salto na carreira profissional, mas também desenvolvimento pessoal.

Para obter sucesso, é preciso planejamento. É um processo que exige dedicação aos estudos durante a graduação e investimento constante. Concentre-se para detectar o momento certo de inovar e aceitar desafios. Mas o mais importante é fazer o que ama. Ter prazer pelo ofício é a única forma de garantir motivação diariamente.