ética profissional

O profissional ético é, naturalmente, admirado

A IMPORTÂNCIA DA ÉTICA PROFISSIONAL

A vida em sociedade, que preza e respeita o bem-estar do outro, requer alguns comportamentos que estão associados à ética. No trabalho, especialmente pela supervisão constante de chefes, líderes e companheiros de equipe, é preciso refletir e pôr em prática a ética profissional.

Contudo, ainda podem restar algumas dúvidas sobre o que é exatamente ética profissional. Seria possível defini-la como um conjunto de valores e normas que direcionam as condutas do colaborador para que este preserve uma reputação positiva no ambiente de trabalho.

Benefícios da ética no trabalho

O profissional ético é, naturalmente, admirado, pois o respeito pelos colegas e pelos clientes é o que dá destaque a esse colaborador.

A ética seria uma espécie de filtro que não permite a passagem da fofoca, da mentira, do desejo de prejudicar um colaborador, entre outros aspectos negativos. E é necessário ressaltar que os líderes são profissionais éticos, ou devem ser, para desenvolver as competências do cargo com êxito. Por isso, os que optam pela ética preferem oferecer feedbacks, em vez de deixar o ambiente de trabalho desarmônico, e são honestos quanto às próprias condições, ou seja: não inventam mentiras para se ausentar das falhas.

relação profissional

Verifique como está a sua relação com a ética no trabalho

Alguns eventos corriqueiros podem levar à reflexão de como lidamos com a ética no trabalho.

Por exemplo, surgiu a oportunidade de uma viagem no fim de semana, mas, infelizmente, para aproveitar os dias fora da cidade, será preciso viajar na sexta-feira. O profissional ético, que se sente responsável pelo desenvolvimento do seu trabalho, não irá inventar casos: ida ao médico, visita a alguém doente, etc. Ele tentará negociar com o chefe a reposição de horas ou a possibilidade de fazer home office durante a viagem. O colaborador ético reconhece o trabalho como um compromisso e sabe que deve encontrar uma alternativa para os imprevistos, quando necessário.

Outra situação que evidencia a falta de ética pode ocorrer na relação com o cliente. Para não perdê-lo, muitas vezes, o funcionário promete soluções que não existem e que não podem ser desenvolvidas no tempo necessário. Caso isso ocorra, a parceria estará, em breve, desgastada. O profissional ético não oferece o que não é possível entregar e procura reverter as deficiências afirmando que tentará encontrar alternativas rápidas.

Leia mais sobre o assunto no artigo “Características da Ética Profissional“, no Blog SBCoaching.