Pesquisa revela desafio que mulheres precisam enfrentar - 20-03

As mulheres conquistam cada vez mais espaço nas lideranças de grandes corporações, no entanto, ainda existem muitos desafios a serem driblados. Recentemente, uma pesquisa realizada pelo Boston Consulting Group – BCG, que entrevistou 100 gestores de RH em 44 organizações internacionais, revelou que  mesmo “ralando” muito para alcançar posições de liderança, a ausência de programas de carreira e avaliação de desempenho individuais prejudica as mulheres no alcance de cargos nessa área.

Mas quais são as barreiras destacadas pela pesquisa da BCG?

Vários fatores foram identificados para a falta de incentivo no desenvolvimento de mulheres para cargos de liderança, que são:

  • A falta de uma política de progressão de carreira e de talentos, focada em diminuir o equilíbrio do gênero;
  • Pouca atenção ao desenvolver mulheres como líderes;
  • A falta de programas para que as profissionais possam conciliar família e as responsabilidades de sua função;

Dr. Rainer Strack, sócio sênior e líder global de RH do BCG, explica “A falta de mulheres em posições de liderança é primeiramente um problema interno de gestão de talentos. Mulheres recebem consideravelmente menos promoções que homens”.

Como o Executive Coaching pode contribuir com essa questão?

Uma empresa que emprega os conceitos, técnicas e metodologias de executive coaching consegue identificar e desenvolver seus líderes de forma que eles agreguem valor à empresa, bem como potencializar suas carreiras – independentemente do gênero do profissional.

Obtenha mais informações sobre o treinamento Executive Coaching da Sociedade Brasileira de Coaching.