Posted in:

Carta de Apresentação: O que é, Tipos e Como fazer

carta de apresentacao o que e tipos como fazer

Precisa fazer uma carta de apresentação para se candidatar a uma vaga de emprego?

Saiba que muitas empresas requerem esse documento antes da entrevista.

Trata-se de um instrumento para apresentar os seus objetivos, motivações e qualificações para a vaga, com o intuito de conquistar o recrutador o mais rápido possível.

Aliás, este é o motivo pelo qual a carta é tão importante: ela é o primeiro ponto de contato entre você e o empregador ou responsável pelo recrutamento.

Só que qualquer erro ou descuido pode comprometer o seu desempenho, fazendo com você seja descartado da seleção antes de chegar à entrevista.

Mas, afinal, como montar uma carta de apresentação de forma assertiva, quais informações inserir e quais cuidados tomar?

É o que você vai descobrir neste artigo.

Veja alguns dos tópicos que serão tratados a seguir:

  • O que é carta de apresentação
  • Importância
  • Tipos de carta
  • Como elaborar a apresentação mesmo sem experiência
  • Como elaborar uma carta de recolocação
  • Exemplos práticos.

E aí, ficou curioso para conhecer nossas dicas?

Então, continue com a leitura.

O que é uma carta de apresentação?

carta de apresentacao o que e uma

Carta de apresentação é um documento utilizado em processos seletivos que ajuda os recrutadores a conhecerem os candidatos um pouco melhor.

Geralmente anexada ao currículo, a carta tem o objetivo de despertar o interesse do recrutador em querer saber mais sobre você a partir de uma apresentação inicial breve.

Na carta, você deve descrever de forma breve e direta os seus principais propósitos, objetivos e qualificações em cerca de três parágrafos.

Em Gestão de recursos humanos: na escolha do melhor candidato (22 Lions, 2009), Samuel River aponta que a carta de apresentação deve compilar informações, mas nunca acumular dados.

“Devemos sempre nos resumir ao imprescindível de forma a podermos ser eficazes, práticos e rápidos”, pontua o autor.

Hoje em dia, esse documento pode ser utilizado de diversas formas.

Uma carta de apresentação pode ser feita no corpo do e-mail, em sites e redes de recrutamento, em abas de “trabalhe conosco” de empresas ou anexa ao currículo.

Claro que nem todas as empresas pedem carta, mas essa é uma boa estratégia para se diferenciar dos demais candidatos.

Fique atento: quando a empresa solicita o documento, ele se torna obrigatório para conseguir uma entrevista.

Como o próprio nome diz, é a primeira oportunidade de você se apresentar para a organização em que deseja obter um emprego. 

E é justamente por isso que essa ferramenta é tão importante.

No livro Da escola para o mercado de trabalho: 90 dicas para conseguir um bom emprego (Grupo Editorial Summus, 2008), Lindsey Pollak alerta que uma carta mal escrita pode fazer com que você perca o emprego.

“A carta de apresentação é uma forma de marketing  - você precisa mostrar que conhece seu mercado (o empregador), tem as habilidades e a experiência necessárias, sabe o que ele faz e quer trabalhar para ele”, diz a autora.

Qual a importância de uma carta de apresentação?

carta de apresentacao qual importancia de uma

A carta de apresentação é um instrumento importante para causar uma boa impressão no recrutador.

Pense nesse documento como a vitrine de uma loja.

Trata-se do momento inicial que você tem para vender o seu peixe, conquistar o recrutador e ter mais chances de obter uma vaga de emprego.

É como se a carta fosse uma porta de entrada para o seu currículo, que pode ser analisado com maior atenção dependendo da sua capacidade de engajar o recrutador.

Em poucas palavras: essa ferramenta é importante para aumentar as chances de conseguir uma entrevista e ter um diferencial em relação a outros candidatos.

Além disso, é uma oportunidade de mostrar a sua personalidade, competências e trajetória  - algo que não é possível explicitar tão bem no currículo. 

Em um artigo para o blog Hubspot, Rachel Leist afirma que a carta de apresentação geralmente proporciona vantagens que o CV não gera.

“Ela permite que você mostre suas habilidades de escrita, forneça detalhes que não poderia ajudar no currículo, demonstre sua paixão e mostre sua disposição em dedicar o máximo de tempo e esforço possível”, conclui ela. 

Por essa ferramenta ser tão relevante, tenha em mente que ela precisa conter três informações essenciais:

  • Quem é você
  • Quais são suas suas qualificações
  • Quais são as suas motivações para trabalhar na empresa.

Mas tudo isso deve ser apresentado de forma personalizada, conforme as características da vaga que você almeja. 

Alison Doyle, especialista em busca de emprego, dá alguns exemplos de como isso funciona, em um artigo para a revista The Balance.

Uma carta para um profissional de administração, por exemplo, deve ser uma forte demonstração de que ele possui talentos de redação e de organização que os empregadores buscam.

Para um cargo de marketing, é preferível mostrar o seu tom ou voz, uma vez que empregadores estão interessados em como você usa a linguagem para apresentar uma marca.

Mas para uma vaga em serviços financeiros, a carta deve conter as habilidades matemáticas e analíticas do candidato, fornecendo alguns exemplos quantificáveis e demonstrando experiências passadas na área de finanças.

Tipos de cartas de apresentação

carta de apresentacao tipos de cartas

Existem diferentes tipos de cartas de apresentação.

Nas próximas linhas, você vai conferir os principais deles.

Carta de resposta a um anúncio

É quando a carta é enviada a partir de um anúncio de vaga divulgado pela empresa.

Nesse caso, é preciso manifestar a vontade de participar do processo seletivo, mostrando-se disponível para uma entrevista, e incluindo todas as informações requisitadas.

Carta de candidatura espontânea

É o tipo de carta que o profissional encaminha para investigar se há vagas em aberto e demonstrar interesse em ser contratado.

Ou seja: a carta é enviada espontaneamente para registrar o interesse e solicitar que o recrutador avalie o currículo – ou mesmo entre em contato quando abrir uma vaga.

Carta para empresa de recrutamento e seleção

Como o próprio nome diz, é a carta destinada a empresas de recrutamento e seleção, solicitando a inscrição em bases de dados para que o seu perfil seja encontrado pelas empresas.

Carta para networking

Que tal enviar uma carta para a sua rede de contatos?

O objetivo desse tipo de documento é acionar a rede de contatos para que, se alguém tiver conhecimento a respeito de uma vaga, possa informá-lo e até mesmo indicá-lo para a empresa.

Carta de referência

Esse tipo de carta é enviado quando alguém o indica para uma empresa ou vaga específica.

Nesse caso, você informa o nome da pessoa que fez a indicação com o intuito de despertar o interesse do recrutador ou empresário.

Afinal, a indicação é um sinal de que o seu trabalho tem credibilidade.

Carta de e-mail

Hoje também é comum que as empresas requisitem apresentações no próprio corpo do e-mail, quando os candidatos enviam o currículo anexado.

Nesse caso, a única diferença é que a carta não será um arquivo separado, já que estará incorporada no e-mail.

Como elaborar uma carta de apresentação (mesmo sem experiência)

carta de apresentacao como elaborar uma mesmo sem experiencia

Ainda não tem experiência profissional, mas está em busca de uma vaga?

Não se preocupe – esse é um desafio comum, principalmente entre jovens.

Muitas empresas só concedem oportunidades para profissionais experientes, o que dificulta muito o trabalho de quem busca conquistar o primeiro emprego.

A boa notícia é que a carta de apresentação pode ajudar nessa hora.

Lindsey Pollak salienta que existem várias ações possíveis para assegurar uma boa impressão no mercado de trabalho e que podem ser úteis até mesmo para estudantes.

“Os recrutadores e empregadores sabem que você é, na verdade, um estudante, mas querem ver se você se adaptará ao ambiente profissional”, destaca a autora.

Na hora de elaborar a carta de apresentação, a dica é focar em experiências que você já teve, mesmo que elas não sejam do âmbito profissional.

É válido incluir, por exemplo, participação em trabalhos voluntários, competições, participação de comissão de formatura e projetos extracurriculares, por exemplo.

Ou seja: tudo aquilo que demonstre que você tem iniciativa e proatividade  - características bastante valorizadas pelos empregadores.

A elaboração da carta de apresentação é o momento para pensar no futuro.

Mesmo sem experiência, mostre que você tem vontade de aprender, se profissionalizar e dar os primeiros passos no mercado.

Outra estratégia é ressaltar suas soft skills, ou seja, as habilidades comportamentais e de relacionamento.

Elas estão sendo cada vez mais valorizadas no mercado, já que as competências técnicas podem ser adquiridas com treinamento oferecido pelas empresas, enquanto as comportamentais dependem normalmente do esforço do próprio profissional.

Em um artigo para a revista Forbes, Ashira Prossack afirma que habilidades sociais, como comunicação, solução de problemas e pensamento criativo são extremamente desejáveis para os empregadores.

“Essas habilidades sociais são mais difíceis de destacar em seu currículo, portanto a carta de apresentação é o lugar para você mostrá-las”, recomenda.

Como elaborar uma carta de apresentação de recolocação

carta de apresentacao como elaborar uma de recolocacao

Agora que você sabe a importância da carta de apresentação, chegou a hora de elaborar a sua, principalmente se está em busca de uma recolocação no mercado.

Essa ferramenta vale tanto para quem está procurando uma nova vaga de emprego ou para quem quer mudar de área de atuação. Confira.

Inclua as informações básicas

Atente para as informações básicas da carta de apresentação, sem deixar nenhum item de fora:

  • Nome da pessoa (se tiver) e departamento que receberá a carta
  • Nome da empresa
  • O seu nome 
  • Assinatura no final
  • Dados para contato no final.

Avalie quais competências são relevantes para a vaga

Você pode ter uma série de habilidades e competências, mas é preciso fazer uma seleção e destacar apenas aquelas que fazem sentido para a vaga.

Ou seja: escolha as habilidades que façam os olhos do recrutador brilharem.

E, claro, sempre foque em competências, deixando de lado aspectos negativos.

Não faça uma carta genérica

Aqui a dica é mostrar um pouco da sua personalidade e trajetória por meio da carta.

Mas lembre-se de que isso deve ser feito de forma objetiva e sucinta – nada de enrolação.

Além disso, não basta apenas replicar as informações que estão no CV.

A ideia é apresentar informações complementares.

Do contrário, nem faria sentido elaborar uma carta de apresentação.

Faça uma carta por vaga

Cada carta de apresentação precisa ter um texto personalizado.

Evite criar um modelo pronto que será enviado para todas as empresas nas quais você quer uma oportunidade.

O documento deve ser pensado de acordo com a oportunidade, características e requisitos da vaga individualmente.

Demonstre a sua motivação

É importante que você deixe claras as suas motivações para a recolocação no mercado, seja na mesma área em que já atua, seja em um segmento completamente diferente.

Expor essas motivações é uma forma de fazer com que o recrutador saiba um pouco mais sobre você  - é aquilo que o diferencia dos outros candidatos, já que cada um tem seus objetivos.

Demonstre conhecimento na área

Uma boa tática é mencionar algum dado do mercado ou tendência para demonstrar que você tem propriedade e se mantém atualizado na área em que deseja atuar.

Da mesma forma, utilize exemplos que comprovem a sua experiência, caso tenha. 

Ashira Prossack recomenda essa estratégia para causar um impacto maior.

Se você é ótimo em gerenciamento de dados, por exemplo, não basta dizer – é preciso ilustrar.

De acordo com ela, uma possibilidade seria falar sobre como você usa suas habilidades na área e quais resultados alcançou a partir delas.

“O ponto não é apenas dizer que você é bom em alguma coisa, é mostrar como você é bom nela”, destaca a autora.

Reescreva

Mesmo que você seja ótimo em escrever textos, sempre é possível melhorar.

Depois de terminar a primeira versão da carta, escreva a segunda.

Leia em voz alta, porque isso ajuda a identificar erros com maior rigor.

Se possível, peça para que outra pessoa leia o texto e avalie se todas as informações estão claras.

Por fim, revise

Erros de gramática, ortografia, digitação e formatação podem comprometer os resultados da sua carta.

Portanto, faça uma revisão atenta antes de enviar para a empresa, porque qualquer erro pode manchar a sua credibilidade.

Avalie as palavras usadas, cortando gírias e expressões informais, já que a linguagem precisa ser profissional.

Não se esqueça de que a carta é a primeira imagem que o recrutador tem de você.

Exemplos de cartas de apresentação 

carta de apresentacao exemplos

Que tal conferir alguns exemplos de carta de apresentação para se inspirar? 

Elaboramos dois modelos para você ter uma ideia da estrutura, considerando vagas hipotéticas.

Carta de apresentação para analista financeiro

Prezado [nome do responsável], meu nome é João e gostaria de me candidatar à vaga de analista financeiro da sua empresa.

Tenho 11 anos de experiência na área como analista em empresas como [nomes de empresas anteriores].

Atendo às qualificações requisitadas: formação em administração de empresas, disponibilidade para horário flexível e fluência em inglês.

Acompanho o desempenho da [nome da empresa que está oferecendo a vaga] e acredito que possa contribuir com o aumento do fluxo de caixa e a redução de custos, uma vez que já tive experiências orientadas a esses dois objetivos principais na empresa [nome de uma empresa em que você trabalhou]. 

Quero dispor minha energia para agregar valor à empresa.

Agradeço pela atenção e fico à disposição para participar de uma entrevista.

Atenciosamente,

João Silva.

[e-mail]

[número de contato]

Carta de apresentação para professor de inglês

Prezado [nome do responsável], me chamo Maria Clara e gostaria de apresentar meu interesse na vaga para professora de inglês na escola [nome da empresa] por indicação de [nome do profissional que o indicou].

Sou graduada em Literatura, com pós-graduação em Ensino de Língua Inglesa, e atuo como professora particular há 10 anos. 

Além de inglês fluente, tenho experiência com cultura inglesa, pois morei por três anos em Londres. 

Também sou comunicativa, gosto de trabalhar com crianças e estou motivada a ensinar grupos de alunos.

Gostaria de fazer parte do quadro de professores da escola [nome da empresa], visto que se trata de uma instituição reconhecida no mercado pela excelência da metodologia de ensino.

Envio meu currículo anexo com demais informações e me coloco à disposição para participar de uma entrevista, momento em que poderei abordar minhas qualificações com mais detalhes.

Cordialmente,

Maria Clara Soares.

[e-mail]

[número de contato]

Como o coaching ajuda a alcançar objetivos profissionais

carta de apresentacao como coaching ajuda alcancar objetivos profissionais

Se você buscou por um artigo sobre carta de apresentação, é provável que queira fazer uma mudança profissional, certo?

Então, o coaching é a metodologia que pode ajudá-lo no alcance dos seus objetivos.

É um processo baseado no desenvolvimento de competências comportamentais relevantes para que você chegue aonde deseja e na eliminação de crenças limitadoras e barreiras pessoais.

O coaching começa com a definição de objetivos  - o primeiro passo para o sucesso.

Quando você define esses objetivos de forma clara, fica bem mais fácil planejar e colocar ações em práticas que permitem alcançá-los.

Na prática, o coaching proporciona o entendimento das suas aspirações profissionais, ajudando na elaboração de metas de curto, médio e longo prazo.

Esse processo só é possível a partir do autoconhecimento, que é um dos principais ganhos proporcionados pela metodologia.

O coaching oferece estímulos constantes para impulsionar a saída da zona de conforto e a busca pela concretização de objetivos.

Esse apoio ajuda até mesmo na elaboração da carta de apresentação, pois permite personalizar o documento de maneira assertiva, sem recorrer a frases prontas.

Então, que tal iniciar um processo de coaching para conquistar os seus objetivos profissionais?

Conclusão

carta de apresentacao conclusao

A carta de apresentação é um instrumento crucial para conquistar o recrutador antes mesmo de chegar à entrevista de emprego.

Como vimos, é nela que você deve descrever os seus objetivos, propósitos, motivações e competências, sempre levando em consideração as particularidades da vaga desejada.

Por isso, quanto maior o grau de personalização do texto, mais chances de você “vender o seu peixe” e se destacar.

Não importa se você ainda não tem experiência profissional ou busca uma recolocação no mercado de trabalho  - a carta é o diferencial perante a concorrência.

Por isso, coloque as dicas deste artigo em prática, cuidando de cada detalhe da carta, e se inspire nos modelos que apresentamos acima.

Se você ainda não sabe quais são os seus objetivos profissionais, vale iniciar um processo de coaching para enxergar as suas motivações com clareza.

E aí, o que achou do conteúdo? 

Ficou com alguma dúvida? 

Se tiver, deixe a sua pergunta nos comentários abaixo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *