Posted in:

Coaching cura depressão?

Depressão e coaching não se misturam. Saiba como ajudar pessoas depressivas a se curarem por outro caminho!

Existem coaches que realizam o processo de coaching em pessoas depressivas. Não caia nessa armadilha: isso pode causar sérios dados à sua reputação profissional e, principalmente, à saúde da pessoa com depressão, pois, depressão e coaching não se misturam!

A depressão, segundo a Organização Mundial da Saúde, é um transtorno mental “caracterizado por tristeza persistente e pela perda de interesse em atividades que normalmente são prazerosas, acompanhadas da incapacidade de realizar atividades diárias, durante pelo menos duas semanas”.

Os principais sintomas desse transtorno são: desânimo; incapacidade de sentir alegria; apatia; humor depressivo; perda de energia; falta de motivação; pessimismo; mudanças no apetite e no peso; aumento ou redução do sono; ansiedade; dificuldade de concentração; indecisão; inquietude; sensação de vazio; sentimento de culpa ou desesperança; e, em alguns casos, pensamentos suicidas.

Você tem algum cliente ou conhece alguém que sofre esses sintomas? O melhor a fazer nesse caso é incentivá-lo a procurar um terapeuta ou psicólogo, e JAMAIS tentar curá-lo por meio do coaching. Isso por que o coaching não é uma prática psicoterápica, sendo assim, não trabalha com pessoas disfuncionais ou com diagnósticos de problemas ou distúrbios mentais.

A função do coach é auxiliar o coachee a identificar seus desafios e objetivos, seus pontos fortes e o que ele necessita desenvolver, além de estimular a ação para, assim, ter mais satisfação com a vida. Por outro lado, o terapeuta ou psicólogo faz um diagnóstico do paciente e estabelece as intervenções que ele considera mais adequadas para o tratamento. Então, lembre-se: para ajudar de verdade pessoas que sofrem de depressão, incentive-as a procurar profissionais especializados e NUNCA tente usar o coaching como solução.

Deseja saber mais? Assista este episódio da série “O que você tem que saber como coach”, em que o fundador da Sociedade Brasileira de Coaching, Villela da Matta, derruba alguns mitos sobre coaching e depressão:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *