O sonho de todos os líderes de empresas é conseguir com que seus colaboradores produzam mais, tornar sua equipe mais produtiva, e o negócio seja cada vez mais rentável. Para saber como tornar real esse sonho, pesquisadores do comportamento humano verificou que a motivação é um fator essencial para que as equipes apresentem uma performance melhor.

Uma pesquisa global realizada pela Aon Hewitt, com 400.000 funcionários de 258 organizações, aponta que empresas que engajam e motivam seus colaboradores possuem 78% a mais de produtividade e são 48% mais rentáveis, ou seja, sabem como tornar sua equipe mais produtiva.

Com base em pesquisas, Isabel Armani, diretora de performance, talento e remuneração da Aon Hewitt, afirma que um colaborador desmotivado e sem compromisso com o emprego pode custar em média 10.000 dólares a mais na receita anual de uma empresa e não sabe como tornar sua equipe mais produtiva.



Para fugir dessas estatísticas, siga 5 passos para engajar seu funcionário e como tornar sua equipe mais produtiva:

1º passo: seja especifico, defina metas à sua equipe

O projeto é complexo e desafiador? Saiba como tornar sua equipe mais produtiva. Enxergue nele a possibilidade de contribuir com a superação da sua equipe. Primeiro faça com que eles entendam a importância de marcar esse gol e seguir em direção ao sucesso. Defina as principais metas e o objetivo final. Assim todos terão em mente o propósito de suas próximas ações.

2º passo: motive, engaje e apresente cases de sucesso

Haja como um facilitador e um treinador, de forma a contribuir com a realização de cada integrante da sua equipe. Desse modo eles se sentirão confortáveis, seguros e confiantes, pois eles já possuem uma experiência de vitória e saibam que são capazes de alcançar resultados mensuráveis.

3º passo: reconhecer o esforço, os méritos e o desempenho final

Reconhecer o quanto a pessoa colaborou com o projeto individualmente e dar o feedback para o funcionário. Com essa atitude você estará proporcionando uma motivação, bem como, estará estabelecendo uma relação de proximidade e confiança.

4º passo: dê orientações corretivas e feedbacks individualmente

Quando for dar feedbacks que exponha o desempenho inferior ao esperado ou comportamentos inadequados, o faça em um lugar neutro e com somente com o funcionário. Procure não expor a capacidade de seus integrantes para os demais integrantes de sua equipe.

5ª passo: Incentivos e recompensas colaboram com a motivação

Muitas empresas não compreendem a política da meritocracia, todos querem ser reconhecidos e motivados, mas só isso não basta para que o profissional mantenha-se engajado e aceite novos desafios, é preciso recompensar o esforço e os resultados entregues.

Isso não significa fazer promessas sem fundamento, pois uma falsa recompensa é pior do que recompensa nenhuma. Se não é possível um aumento salarial, pense na hipótese de um bônus ao fim da conclusão bem sucedida de um projeto, e outras formas que atendam ambas as partes.

Faça o teste e depois nos conte os resultados.