As Três Palavras Que Separam Caos e Ordem - Transformar Cenários - SER – FAZER – TER

SER – FAZER – TER

(Por Bruno Calderaro)

Você pode transformar qualquer cenário caótico em um ordenado.

Na verdade, qualquer um pode, basta conhecer três palavras especificas. E mais importante que conhecê-las é saber a ordem em que elas se relacionam.

Se posicionadas de uma determinada forma, caos é o resultado.

Quando posicionada de outra maneira, a ordem aparece.

Qual é o grande motivo das pessoas terem, cada vez mais, uma sensação de insatisfação com seus resultados, sejam eles positivos ou negativos?

Qual é o real motivo de, cada vez mais, um maior numero de pessoas considerarem que a sociedade está um caos?

A resposta encontra-se em três verbos, e são eles:

SER – FAZER – TER

Na verdade, a forma como elas se relacionam determina caos e ordem.

Por que eu digo isso?

Pois, em qualquer que seja o cenário, seja ele no âmbito profissional, financeiro ou relacionamentos, quando a sequência desses verbos é: SER, FAZER e, por último TER, a ordem é instaurada.

Novamente, seja qual for o contexto, o caos se faz presente quando a sequencia é: TER, FAZER e SER.

Como isso é possível?

Vamos analisar a carreira profissional, por exemplo. O que vem acontecendo atualmente?

Na maioria das vezes, os profissionais buscam cada vez mais ter. Ter maiores holerites, ter maiores salas, ter mais especializações. Para, só então, começar a fazer, fazer melhores projetos, fazer (construir) melhores ambientes de trabalhos e fazer (produzir) melhores resultados.

E por último, buscam ser. Ser um líder melhor, ser exemplo, ser uma pessoa mais produtiva.

E o resultado desse cenário é:

Profissionais estressados, incapazes de gerar resultados sustentáveis, sentimento de urgência e a sensação constante de incoerência e dúvidas sobre o resultado que ele gostaria de obter versus o resultado que ele realmente vem obtendo.

As Três Palavras Que Separam Caos e Ordem - Transformar Cenários - Ao entender esse conceito, você começa a perceber como fazer desaparecer aquela sensação de vazio.

Ao entender esse conceito, você começa a perceber como fazer desaparecer aquela sensação de vazio.

A única certeza desse cenário é que essa conta não bate, o resultado que vem obtendo não é o desejado.

E se projetarmos o cenário de ordem? O SER – FAZER – TER?

Ao projetarmos esse cenário, começaríamos com ser um bom líder, ser exemplo e, por consequência, ser uma pessoa mais produtiva.

Ao me tornar, o fazer é natural, logo faço melhores projetos, faço (construo) ambientes de trabalho mais positivos. Sendo assim, faço (produzo) melhores resultados.

E nessa sequência, o ter é uma consequência. Tenho maiores holerites, maiores salas e as mais conceituadas especializações.

O ter é um efeito do fazer e não mais um motivador para fazer. E dessa forma a ordem é instaurada.

Você pode pegar qualquer outro exemplo, em qualquer outra área. Ser mais atencioso, fazer mais companhia, ter um relacionamento melhor, ser mais determinado, fazer mais dinheiro, ter um carro mais novo.

Em todas elas o padrão irá se repetir.

Ao entender esse conceito, você começa a perceber como fazer desaparecer aquela sensação de vazio, e mais que isso, você começa a perceber o real motivo de, cada vez mais, um maior numero de pessoas considerarem que a sociedade está entrando em um estado de caos.

A posição desses três verbos define a diferença entre caos e ordem. Assim como a sua posição sobre como utilizar esse conhecimento define seu resultado futuro.

Bons insights e até a próxima!