Sem congruência não há mudança

Ilustração: a importância da congruência

Congruência é uma das expressões mais usadas em Coaching

E é verdadeiramente a essência deste processo. Significa a coerência entre o querer, o pensar, o ser e o fazer.

E quando estes 4 verbos não conseguem se entender dentro da gente, torna-se custoso sair da zona de conforto, por mais desconfortável que ela seja – e por mais que o verbo “querer” seja conjugado diariamente ao pensar na meta desejada.

Quando há “querer”, mas existe outro “querer” oposto (e geralmente subterrâneo) mais forte que o primeiro, a pessoa trava.

Quando o “querer” é claro e não briga com outro “querer” paralelo, mas o “pensar” pensa pensamentos (auto)incapacitantes, a pessoa trava.

Quando é o nosso “ser” que está desalinhado dos próprios valores – isto é, não estamos exercendo quem de fato somos, independente do que outros acham que deveríamos ser, travamos.

Vários podem ser os motivos que tornaram esses verbos tão conflitantes dentro de nós gerando dois ou mais cabos-de-guerra internos – e toda a angústia e imobilização que causam.

Mas uma coisa é certa: é possível desatar estes nós de forma rápida e eficaz e essa é uma das missões mais belas do processo de Coaching.