Você fez o seu planejamento anual de atividades, tem o esboço de onde você quer chegar, com que energia você quer chegar?

Você fez o seu planejamento anual de atividades, tem o esboço de onde você quer chegar, com que energia você quer chegar?

(por Marinaldo Matos)

Há alguns meses passei a prestar mais atenção nas sábias palavras do líder Bill Hybels. Ele começou e alimenta o Summit, o maior congresso de líderes do mundo inteiro.  Estive pessoalmente com Bill, uma única vez, e aquele homem simples me inspirou a ser mais, buscar mais, inspirar mais. É dele que extraio a ideia das linhas de chegada.


Você fez o seu planejamento anual de atividades, tem o esboço de onde você quer chegar, com que energia você quer chegar? E quanto ao cuidado de organizar as paradas para repor as energias? É possível que tenha esquecido desse detalhe.  Então, sua máquina de gerar resultados pode estar comprometida, senão a curto, mas a médio prazo.

Esse é o momento de reabastecer, fazer manutenção, prestar atenção no óleo do motor, do freio, do cárter e na água do radiador. Perdoe-me por essa metáfora de mecânica. Mas esse é o básico do cuidado com sua rotina, carreira e vida.

Vez em quando ouço histórias de sucesso, onde pessoas dizem trabalhar 16 horas por dia, domingo a domingo.  E sinceramente, isso me desestimulava a pagar esse preço.  Pelas minhas contas, sobrariam apenas oito horas para dormir, com um corpo em frangalhos. Faltaria horas para brincar com meus filhos, namorar minhas esposa, pegar um cinema ou assistir a um vídeo, ler a um livro da lista que você não pode deixar de ler antes dos 40 anos, uma pequena viagem com pessoas que você quer ter por perto.  Enfim, faltaria tempo para viver.

E quando o suficiente é o bastante? No final da vida? Aprendi, para minha libertação, que  é necessário ter uma linha de chegada diária. Pode ser o momento em que você olha para sua secretária e diz, com um largo sorriso, até amanhã ou simplesmente quando fecha  a porta do escritório e dá um pequeno salto de comemoração do Pelé, lembra ? Essa é a sua âncora.

E na semana, quando termina sua agenda?  Cada pessoa tem seu estilo.  O meu termina sábado, por volta do meio dia, quando passo na feira e compro um belo tambaqui, peixe muito saboroso e apreciado na culinária amazônica. É a minha comemoração da semana.  A partir daí o sábado é para ser vivido. É quando o prazer de reunir amigos, fazer uma visita ao irmão ou uma pessoa especial faz toda a diferença para o momento.  A mesma coisa você pode fazer no final do mês.  São apenas 12 oportunidades no ano que você tem para fazer algo fora do contexto.  Algo que vai gerar uma dose extra de ocitocina. Ocitocina? Sim. Esse hormônio gerado pelo abraço, massagem, contato físico, leitura, canto, atividade física moderada, momentos de diversão e relaxamento.

Tudo isso só depende de uma decisão: saber qual é a linha de chegada e que aquela é a hora de parar. No demais, é a vida que segue.

Tudo isso só depende de uma decisão: saber qual é a linha de chegada e que aquela é a hora de parar. No demais, é a vida que segue.

Então podemos afirmar que caso você não tenha linhas de chegada você está se privando de melhorias psicológicas de sociabilidade, laços de amizade e estreitamento de ligações sentimentais, melhoria do humor e da ansiedade. E também de melhorias físicas como aumento do diâmetro das artérias coronárias, evitando pressão alta.  Melhora do fluxo sanguíneo para a pele, acelerando a cicatrização de lesões, deixando você com a pele mais vistosa.  E tem mais, aumenta a potência sexual, melhora a libido e o prazer durante o orgasmo. Induz o relaxamento muscular e reduz dores. E pra finalizar, por enquanto, reduz a produção de hormônios como cortisol que estimulam a perda da massa muscular.

E então? Tudo isso só depende de uma decisão: saber qual é a linha de chegada e que aquela é a hora de parar. No demais, é a vida que segue.