Difícil admitir, mas o problema não é a rotina, tão pouco a relação ou a pessoa que você jurou amor, o impasse pode ser e estar em você.

Difícil admitir, mas o problema não é a rotina, tão pouco a relação ou a pessoa que você jurou amor, o impasse pode ser ou estar em você.

(por Mariana Viktor)

É preciso estar atento às nossas ações, principalmente nos relacionamentos amorosos, afinal somos responsáveis pelos acontecimentos.

A rotina do casamento pode fazer com que muitos casais percam o foco inicial da relação que é de amor, companheirismo, amizade, cumplicidade, entre outros e transformar tais sentimentos em problemas, cobranças, caras feias, discussões intermináveis e eternos julgamentos de imperfeição do(a) companheiro(a).

Difícil admitir, mas o problema não é a rotina, tampouco a relação ou a pessoa que você jurou amor, o impasse pode ser ou estar em você.

foco

Não percebemos, mas a nossa própria interpretação sobre os fatos é quem produz resultados bons ou ruins, muitas vezes potencializamos algo negativo ao invés de enxergarmos o lado bom de qualquer situação.

O que precisamos entender é que qualquer relação é determinada pela qualidade do envolvimento que temos por nós mesmos, e é aí que ‘a coisa dá um nó’.

Dizem que devemos tratar os outros como nos tratamos. Mas como é que a gente anda se tratando? Bem? Mal? Não sabe?

Veja como se sente dentro de você: é gostoso morar aí? Você é seu amigo ou vive se sabotando? Reclama de tudo? Se acha inferior? Enaltece os defeitos dos outros ou sempre fala das qualidades delas?

Chegou a oportunidade de se analisar!

E é nesta hora que você deve perceber que para ser feliz com alguém não tem outro caminho: só sendo feliz consigo mesmo.

Você deve perceber que para ser feliz com alguém não tem outro caminho: só sendo feliz consigo mesmo

Você deve perceber que para ser feliz com alguém não tem outro caminho: só sendo feliz consigo mesmo

Neste momento, após a autoanálise, certamente você mudará o foco das obrigações e cobranças do relacionamento e inverterá o pensamento e as ações, direcionando o pensamento para a positividade, visualizando apenas o melhor que o outro tem, nas coisas que aproximam vocês, no que cada um tem de bonito por dentro e por fora, no prazer de viver e compartilhar a vida com alguém.