Desenvolvimento humano e organizacional mais efetivo com processos de coaching.

Desenvolvimento humano e organizacional mais efetivo com processos de coaching.

(Por Claudia Hölter)

As teorias e pesquisas baseadas em evidências nas áreas de neurociências e psicologia positiva sobre o desenvolvimento humano e organizacional mais efetivo com processos de coaching, fazem alusão à seriedade e ao rigor da profissão coaching e à pertinência de se investirem recursos em estudos e pesquisas para a melhor compreensão científica da metodologia do coaching no Brasil.

A metodologia empregada nas atuais e principais abordagens de coaching comportamental fornecem a base de conhecimento necessária para a atuação dos profissionais coach, bem como métodos e técnicas apropriadas que permitem ao cliente buscar resoluções de problemas de forma consciente e crítica.

Devemos também incentivar a produção científica em coaching, por meio de artigos científicos .

Devemos também incentivar a produção científica em coaching, por meio de artigos científicos .

Há 10 anos atrás havia poucas pesquisas relacionadas ao coaching, porém, graças às iniciativas de cientistas e especialistas de renomadas universidades internacionais, o coaching evoluiu como uma metodologia reconhecida e inovadora em processos de aprendizado contínuo e liderança nas organizações. Uma dessas iniciativas foi a criação de um periódico online intitulado em inglês – “Coaching: an international Journal of Theory, Research and Practice” – criado pelas renomadas especialistas em coaching, Dra. Carol Kauffman e Dra. Tatiane Bachkirova, a fim de consolidar todo o conhecimento e experiência de profissionais da comunidade global de coaching e torná-los acessíveis ao público em geral.

“Nosso objetivo é fazer com que os profissionais coaches sintam-se apoiados por uma base de conhecimento sólida e ampla, bem como os acadêmicos e pesquisadores atualizados sobre as necessidades, interesses e experiências daqueles que atuam na área de coaching. Esperamos que juntos possamos melhorar a compreensão das principais questões do coaching, além de incrementar a capacidade de divulgação e entrega dos nossos serviços”. (Kauffman, C.; Bachkirova, T., Vol.1, No., 2008)

Enfim, se pensamos em melhorar o entendimento do processo de coaching dentro do contexto brasileiro, bem como contribuir para o desenvolvimento humano e organizacional, devemos também incentivar a produção científica em coaching, por meio de artigos científicos publicados em periódicos e canais de comunicação abertas ao público e investir em pesquisas empíricas com base em metodologias de coaching fundamentadas em teorias que possam ser comprovadas cientificamente.