Saber o que não quer é importante, mas saber o que quer é fundamental.

Saber o que não quer é importante, mas saber o que quer é fundamental.


(Por Sandra Rosenfeld)

Nos meus atendimentos em Coaching é comum as pessoas dizerem que sabem o que não querem. Então pergunto o que elas querem e a maioria faz uma expressão tipo “como assim?” ou meio confusa, até sem graça por se darem conta de que não tem resposta objetiva para a minha pergunta.

Saber o que não quer é importante, mas saber o que quer é fundamental.

Vamos usar a imaginação neste exemplo bem simples. Você está procurando um apartamento. Então você diz para o corretor que você quer um imóvel de dois quartos e que não quer pequeno, escuro e com o sol da tarde. Ele faz uma relação e começa a te levar a vários imóveis que, mesmo dentro das características que você indicou, não agradam.

Depois de visitar inúmeros apartamentos, não gostar de nenhum e perder seu tempo e o do corretor, você volta para casa e enfim faz uma lista exatamente do que você quer.  Liga novamente para o corretor e diz: “Eu quero um apartamento de dois quartos, que seja amplo, em torno de 90m², com dois banheiros e dependência de empregada. Pode ser um imóvel antigo, mas com a rede elétrica e hidráulica reformadas. Quero andar alto, a partir do 5º pavimento, com o sol da manhã, bem ventilado e iluminado, sem favelas ao redor. Prédio com elevador e garagem e a rua deve ser tranquila, sem ônibus e bares. Estou disposto a pagar X incluindo condomínio e IPTU”.

Veja a diferença e como vai ser mais fácil o corretor te conduzir aos imóveis específicos.

Assim é em nossa vida, tanto pessoal quanto profissional. Para não ficar dando cabeçadas e/ou andando em círculos, precisamos saber o que queremos. É para um relacionamento afetivo? Então algumas perguntas devem ser feitas, tais como: qual a finalidade desse relacionamento? É apenas para ter uma companhia sem compromisso ou estou buscando uma pessoa para casar? Quais são as qualidades imprescindíveis que essa pessoa deve ter? Quais os gostos ela precisa ter que batam com os meus? O que é intolerante para mim?

No caso de emprego, também é preciso saber exatamente o que está se buscando, cargo a ocupar, salário pretendido, benefícios, se a missão e valores da empresa tem a ver com os seus objetivos e o que você tem a oferecer como profissional.

Escreva exatamente, com detalhes, datas inclusive, o que você quer e se mantenha fiel a você mesmo.

Escreva exatamente, com detalhes, datas inclusive, o que você quer e se mantenha fiel a você mesmo.

Saber somente o que não queremos pode ser uma grande cilada, nos mantendo estagnados em nossa vida ou insatisfeitos. Já ao contrário, saber o que queremos faz o universo conspirar a nosso favor, além disso, absolutamente tudo que vemos a nossa volta, materialmente, é resultado do pensamento de alguém. Primeiro se cria na mente e depois materializamos. Assim é também na construção de coisas aparentemente subjetivas, como a criação de uma família. As escolhas se mostram muito mais acertadas a médio e longo prazo, quando sabemos o que queremos.

Parece óbvio este artigo, mas não é.Por isso vemos tantas pessoas insatisfeitas profissionalmente e afetivamente.

A minha dica é que você escreva exatamente, com detalhes, datas inclusive, o que você quer e se mantenha fiel a você mesmo.