O que as empresas que estão crescendo utilizam como força motriz?

O que as empresas que estão crescendo utilizam como força motriz?

(Por Bruno Calderaro)

Qual é o fator que impulsiona empresas ao crescimento?

Essa é, sem duvidas, a pergunta de um milhão de dólares.

Seria time? Capital? Branding? Estratégias de negocio? Um grande líder?

Com certeza, todos esses fatores influenciam os resultados de uma empresa, mas não ao ponto de considerarmos como o fator impulsionador das organizações de sucesso.

Bom, mas antes de falarmos das empresas que estão crescendo, é importante falar das que não estão crescendo

Como uma empresa convencional é criada?

Primeiramente, é feito um plano de negócios, contendo projeções, tendências, estatísticas e recursos para se desenvolver um produto. Feito isso um produto é desenvolvido e em seguida lançado no mercado.

Se o mercado não compra o produto, onde esta o erro do processo?

No cliente, claro. Ele não entendeu o produto, a ideia.

Logo, equipe comercial e/ou equipe de marketing não fizeram seu papel, sendo assim, precisamos de melhores profissionais nessa área e um budget maior para penetrar no mercado.

Assim sendo, dentro desse conceito, a empresa é movida, impulsionada por seus produtos. Extremamente lento e caro, diga-se de passagem. Exatamente por isso números poucos expressivos são apresentados.

O que as empresas que estão crescendo utilizam como força motriz?

CLIENTES

Um ciclo sustentável é criado e cada vez mais clientes se interessam pelo produto.

Um ciclo sustentável é criado e cada vez mais clientes se interessam pelo produto.

Simples, direto e acima de tudo extremamente estratégico. Por que eu digo isso?

Basicamente porque é necessário um grande número de testes em hipóteses, possibilidades, protótipos e mais protótipos, torturando dos números e dados compilados dos testes para entender o que o cliente compra e o que ele não compra.

Após essa exaustiva rotina, inicia-se a fase de desenvolvimento de clientes, onde, em pequena escala, os produtos e serviços são postos a prova e podem, finalmente, demonstrar seu real valor e potencial de mercado.

E só então, em um último nível, o negocio é escalonado, com toda segurança e certeza de aceitação do mercado.

Dessa forma, um ciclo sustentável é criado e cada vez mais clientes se interessam pelo produto e serviço, impulsionando, dessa forma, a empresa a um crescimento exponencial.

Pois, como dizia Thomas Edson, de que adianta inventar algo que eu não consiga vender.

Bons insights e até a próxima.