que leva os ricos a serem cada vez mais ricos, e os pobres cada vez mais pobres?  Existe um fator chave?  Existem pontos em comum?

O que leva os ricos a serem cada vez mais ricos, e os pobres cada vez mais pobres? Existe um fator chave?

(por Bruno Calderaro)

Esse sim é um bom tema para se escrever, fundamentalmente, o que leva os ricos a serem cada vez mais ricos, e os pobres cada vez mais pobres? Existe um fator chave que empobrece ou enriquece alguém?  Existem pontos em comum?

Na verdade, caro leitor, é um ciclo que envolve quatro variáveis.

Nesse ciclo ocorre uma retroalimentação do comportamento e decisão humana que, ao se repetir, intensifica o resultado inicial obtido, e nesse caso o rico fica mais rico e o pobre mais pobre, contudo isso vale para qualquer resultado específico.

Esse mesmo ciclo faz com que pessoas admiradas se tornem ainda mais admiradas e pessoas que são rejeitadas sejam ainda mais rejeitadas, pessoas felizes se tornem mais felizes e pessoas depressivas se tornem cada vez mais depressivas.

E quais são esses fatores, e como eles interagem entre si?

Os fatores são:

POTENCIAL – AÇÃO – RESULTADO – ATITUDE

Esses quatro elementos combinados e posicionados de forma cíclica responde a pergunta levantada no tema desse artigo, inicialmente esses fatores não apresentam um grande potencial de resultado, contudo o grande segredo está na forma como eles interagem entre si.

Ok, então vamos montar esse ciclo:

POTENCIAL, qual o limite para o potencial humano? Ilimitado certo?

O potencial que você possui reflete o resultado que você tem?

Não, por quê? Por que falta ação?

Ok, isso significa que você só precisa entrar muito em ação e obterá muitos resultados, certo?

Hum, é possível você ir trabalhar todos os dias e no final de um período, seja ele um mês, um ano ou uma vida, ainda assim estar recebendo o mesmo salário ou muito próximo disso?

Sim. E isso afeta a sua atitude em relação ao seu trabalho?

Sim. E essa atitude influencia a escala de maior ou menor potencial que você irá empreender?

Sim. E sendo assim você irá entrar mais em ação ou menos em ação?

Menos. Por consequência você obterá mais resultado ou menos resultado?

Menos.  E então sua atitude será usar mais do seu potencial ou menos do seu potencial?

Menos.

Percebe? É exatamente dessa forma que pessoas pobres se tornam cada vez mais pobres, ou qualquer resultado se intensifica aos extremos.

O sentimento de certeza alimenta o ciclo e é com ele que você constrói ou destrói seus resultados.

O sentimento de certeza alimenta o ciclo e é com ele que você constrói ou destrói seus resultados.

Então, em qual ponto os extremos são divididos? Em qual ponto o resultado é determinado? Como sendo positivo ou negativo?

São duas palavras que determinam o resultado final e a primeira delas é CERTEZA.

O sentimento de certeza alimenta o ciclo e é com ele que você constrói ou destrói seus resultados.

Quando você está absolutamente certo de algo a palavra comum é ACREDITAR.

Ainda assim você pode acreditar em um sentimento geral ou você pode acreditar com aquele sentimento de certeza.

Agora, se você acreditar com o sentimento de certeza, você emprega mais ou menos potencial em suas ações?

Mais. Essas ações são em maior ou menor quantidade?

Maior. Com um número maior de ações você obtêm resultados expressivos ou decepcionantes?

Expressivos.  Com resultados expressivos suas atitudes se intensificam ou atenuam?

Intensificam. Por consequência seu potencial aumenta ou diminui?

Suas ações, seus resultados, suas atitudes e, por fim, o ciclo, o que acontecem com eles?

Exato, dispara para o extremo do positivo.

Se a primeira palavra chave é certeza a segunda é responsabilidade.

Quando uma pessoa vem me dizer que não acredita em algo ou que é preciso que provem algo a ele e por isso ele é um pessimista, eu digo, ‘não amigo, não é que você seja pessimista ou algo desse tipo, você só não assume as responsabilidades’.

Para acreditar em algo é preciso assumir responsabilidades.

Com o sentimento de certeza e com o senso de responsabilidade elevado, o resultado dentro do ciclo será um, com dúvidas e senso de responsabilidade na mão de terceiros, o destino será totalmente oposto.

Fundamentalmente, os ricos sabem, entendem e fazem uso deste conceito, o pobres, não sabem, não entendem ou não fazem uso desse conhecimento. Boa semana, bons insights e até a próxima semana.