Imagine que seu cérebro é um computador e ele roda o comando que você der.

Imagine que seu cérebro é um computador e ele roda o comando que você der.

(por Mariana Viktor)

Por que será que, na maioria das vezes, não conseguimos empreender algo que tanto queremos na vida pessoal, afetiva ou profissional?

Tentamos diversas vezes (mudar a alimentação, ser mais tolerantes ou mais organizados, por exemplo), mas cada tentativa parece nos frustrar mais. Isso soa familiar?

Convido você a fazer um teste muito interessante – deu certo várias vezes para mim e também para todos os clientes que atendi ao longo desses anos. É simples: determine-se a parar de tentar – e FAÇA.

– Como assim?!

Imagine que seu cérebro é um computador (o que, aliás, é mesmo, o melhor!). Com todos os recursos que você sabe que ele tem e mais os que você nem desconfia, esse computador roda o comando que você der a ele. Se você disser a ele “tente ser mais organizado” é exatamente isso que ele fará: vai tentar e ficará tentando e tentando. Se você disser “vou ser mais organizado” também é isso que ele fará.
Aparentemente, as duas instruções estão dizendo a mesma coisa, mas de fato são ordens distintas – e a diferença entre elas, além dos comandos em si, chama-se atitude interior.

Se eu quero algo, se tenho a intenção de conquistar esse algo, se desejo muito alguma coisa, mas não digo para mim mesmo com convicção que vou chegar lá e não movo todo o meu ser nessa direção, o mais provável é que eu continue querendo, desejando e com a intenção de conquistar – mas não conquista.

Se eu me mover como se… Lembra quando se apaixonou? Lembra como a pessoa não saia da sua cabeça e do seu coração nem por um momento? Como você pensava, sentia, respirava a presença dele ou dela o dia inteiro? Pois então. Se você se mover atrás dos seus objetivos impulsionado por uma atitude interna dessa intensidade, a tentativa se tornará uma decisão e a decisão fará com que você pare de tentar e faça.

Tome consciência de tudo que terá a ganhar se você agir e finalmente realizar o que deseja.

Tome consciência de tudo que terá a ganhar se você agir e finalmente realizar o que deseja.

Para desenvolver essa motivação intensa existe um segredo: tome consciência de tudo que terá a ganhar se você agir e finalmente realizar o que deseja. Faça uma lista detalhada, feche os olhos e sinta demoradamente o gostinho dessas vitórias como se elas já estivessem acontecendo.

Se isso não for suficiente, faça outra lista: a de tudo que você pode perder caso continue apenas tentando. E depois, se pergunte: “até quando continuarei tentando e deixarei de agir?”