ciumes no relacionamento

Ciúme pode afetar sua personalidade?

(Por Mariana Viktor)

Joana Cristina morria de ciúmes de Carlos Rodolfo. Os nomes são de novela, mas o casal é real e fez Coaching comigo. Seus nomes verdadeiros foram preservados e eles autorizaram a divulgação desta passagem que aconteceu durante nossos encontros.

Toda vez que eles saíam, Joana Cristina – até ali segura, tranquila, garantindo pra si mesma e pro Carlos Rodolfo que d-e-s-t-a vez não ia rodar a baiana – batia o olho numa “zinha”, ou resolvia que o Carlos tinha batido o olho numa “zinha”, a boate vinha abaixo, ou o restaurante, ou o teatro, ou o aniversário…

Ela queria muito mudar, ele não aguentava mais, mas não tinha jeito… até que eu perguntei se tinha sido sempre assim e Joana Cristina disse que não, que as crises de ciúme começaram quando o Carlos Rodolfo pediu que ela usasse roupas menos provocantes ao sair e ela aceitou para ELE não ter faniquitos.


Aí eu disse: “Taí o xis da questão!”

Joana Cristina arregalou os olhos e Carlos Rodolfo abriu a boca.

– Como assim?!… O que uma coisa tem a ver com a outra?!

– Bem, se uma coisa não tivesse a ver com a outra você não passaria a ter surtos de ciúmes desde que ele pediu que você mudasse o jeito de se vestir, Joana. Faz sentido?

– Faz, mas eu me arrumo pra sair, me acho bonita.

– Mas se acha sensual? Gatona? Gostosa?

Passou-se um longo minuto de silêncio.

– Não.

– E será que você tem esses acessos porque, depois de ter mudado o estilo das roupas por causa do Carlos Rodolfo, sentiu como se estivesse faltando uma parte importante do seu jeito de ser?

relacionamentos e auto estima

Perca o ciúme e não perca a personalidade

Passou-se outro longo minuto de silêncio e a sequência da sessão nem vem ao caso agora. Joana e Rodolfo entenderam o que estava por detrás do mecanismo de ciúmes dela, que ela havia mudado num aspecto importante – sua sensualidade – por causa dele e que os surtos eram uma forma de protesto pela ausência desse aspecto.

O importante, aqui, é o fato de que todo ciúme negativo (porque há um ciúme positivo, tesudo, que estimula a relação…) significa a ausência de um pedaço importante da alma de quem sente esse ciúme.

Se você sente esse ciúme que destrói, que faz você deixar de ser quem você é, vale perguntar: de que parte importante você abriu mão, e que agora anda explodindo aí dentro?