tempo passando

Não deixa para depois o que pode ser feito neste exato momento

(por Sandra Rosenfeld)

O difícil é fazer agora, já, o que deve ser feito. Mas por que adiamos tanto, mesmo o que pode trazer benefício, felicidade e até paz? Tem gente que fala, sem constrangimento, que deixa para depois, até não ser mais necessário fazer, ou seja, nós protelamos.

Às vezes, isso pode dar certo para algumas coisas, mas raramente para as pessoas que pensam dessa forma. Quando temos oportunidade de conhecê-las um pouco melhor, percebemos que não estão no rol das bem-sucedidas. Há também os que fazem sim, porém no último minuto do segundo tempo. O que é muita tensão, além de ter de contar com a sorte, ou seja, nada pode dar errado. Não pode adoecer, precisar se ausentar, ter qualquer tipo de imprevisto. E o que a vida mais apresenta são imprevistos, não é mesmo?



Tem pessoas que adiam a felicidade. É impressionante como são numerosas. Outras adiam tudo que pode facilitar a vida. Outras adiam o sucesso profissional, ou seja nós protelamos. E tem aquelas que adiam, indefinidamente, o equilíbrio financeiro. E há, ainda, as que adiam a vida. O tempo vai passando, passando e, quando se dão conta, a vida passou ao largo.

Cada vez que não fazemos o que precisa ser feito, ou seja protelamos, damos um passo para trás, deixamos de evoluir.

Sempre que falamos em protelar, adiar, o primeiro pensamento é sobre situações relacionadas à vida profissional ou, ainda, aos pequenos afazeres do dia a dia. Mas é muito maior do que isso. Afinal, como conseguimos adiar a felicidade, a harmonia, o amor, a paz se é isso exatamente o que acreditamos buscar? Mas adiamos sim.

esperando tempo passar

Ao protelarmos deixamos de evoluir na vida profissional e pessoal

O fato é que fazer o que tem de ser feito, no tempo e espaço que deve ser feito, para alcançarmos os resultados esperados, dá trabalho, exige foco, disciplina e determinação. Então, para a grande parte das pessoas, é mais fácil, mas não menos “doloroso”, deixar como está ou ir jogando para frente.

É preciso criar metas, ter sonhos, elaborar a missão de vida, colocar datas e fazer. Comece olhando para si mesmo, o que pode melhorar e como. O que o está impedindo de fazer o que precisa ser feito e por quê.  E na vida profissional? E na financeira? Muitas vezes, um pequeno ajuste de rota muda para melhor toda a caminhada e, assim, o destino final.