(Por Claudia Hölter)

Na vida é muito comum nos desviarmos do nosso foco por falta de paciência.

Na vida é muito comum nos desviarmos do nosso foco por falta de paciência.

Vivemos momentos de grandes oscilações emocionais por conta dos jogos da copa do mundo em nosso país. Essas oscilações nos levam a refletir sobre as frustrações momentâneas que podem ocorrer quando não conseguimos os resultados que esperávamos.

Frustração momentânea

Acredita-se que a frustração é um dos frutos do imediatismo, ou melhor, dessa pressa em atingir logo os objetivos. Essa crença de que tudo deve acontecer em um curto espaço de tempo pode gerar expectativas elevadas demais e, consequentemente, desencadear uma insatisfação inicial sobre as metas estipuladas. Você tem subsídios para conter o imediatismo e evitar frustrações desnecessárias?

Na vida é muito comum nos desviarmos do nosso foco por falta de paciência: “Já estou há três anos investindo nessa profissão e não obtive o resultado esperado!”

Paciência e objetivos congruentes

A habilidade em tratar as expectativas com paciência e estabelecer metas congruentes sustentadas na solidez de valores de vida é uma das melhores estratégias para vencer o imediatismo e a frustração.

Denis Coon, professor de psicologia da Universidade de Santa Bárbara, na Califórnia, sugere três iniciativas importantes, que podem ajudar também a evitar frustração desnecessária:

1) Identificar a origem da frustração, se ela está ligada aos eventos externos ou aos pessoais;

2) Verificar se a fonte da frustração é algo que pode ou não ser mudado. O quanto terá que se esforçar para mudá-lo? Está ou não sob seu controle?;

3) Se a fonte da sua frustração pode ser mudada ou removida – faça uma reflexão sobre os esforços que precisará empregar – vale a pena?

O coaching ajuda o coachee a iniciar uma reflexão sobre as metas que quer estipular.

O coaching ajuda o coachee a iniciar uma reflexão sobre as metas que quer estipular.

Plano Estratégico

O coaching como um processo de apoio e acompanhamento no estabelecimento de planos estratégicos para definir objetivos congruentes também pode ajudar-lhe. O coaching ajuda o coachee a iniciar uma reflexão sobre as metas que quer estipular para sua vida pessoal ou profissional. Nesse processo, há todo um trabalho emocional e cognitivo, que permite um florescimento ou expansão (Broaden) cognitivo e comportamental, além de propiciar a construção (Build) de recursos psicológicos e emocionais para evitar as frustrações e alcançar resultados positivos, conforme afirma Barbara Friedrickson (1998) em sua teoria Broaden-and-Build.