Você não está sozinho, e pode sim fazer a diferença - Como seria diferente seu dia se você pudesse vincular aspectos presentes no seu trabalho à qualidade de vida

Como seria diferente seu dia se você pudesse vincular aspectos presentes no seu trabalho à qualidade de vida

(Por Claudia Hölter)

Em tempos de tantas incertezas e turbulências socioeconômicas em nosso país, a questão da qualidade de vida do trabalhador ganhou novos contornos e passou a ser estudada com base em novas formas de humanização do trabalho e responsabilidade social da empresa.

Como seria diferente seu dia se você pudesse vincular aspectos presentes no seu trabalho à qualidade de vida que tanto almeja? Tenho certeza que você não estará sozinho nesse processo.

Em seu livro Quality of Working Life (tradução livre: Qualidade de vida no trabalho) Richard Walton (1973) propõe um conceito de qualidade de vida que reflete o entendimento das necessidades e aspirações do colaborador por meio de uma reestruturação do perfil do cargo com base em novas formas de organização do trabalho e formação de equipes com maior poder de autonomia e aperfeiçoamento do meio organizacional. Com base nesse conceito, este autor propôs um modelo, em que contemplava aspectos presentes no trabalho, que estão, de alguma forma, vinculados à qualidade de vida.

Esses aspectos foram apresentados em oito indicadores de Qualidade de Vida no Trabalho (QVT):

Compensação justa e adequada;

Condições de trabalho;

Oportunidade de uso e desenvolvimento das capacidades;

Oportunidade de crescimento contínuo e segurança;

Integração social no trabalho;

Constitucionalismo;

Trabalho e o espaço total da vida;

Relevância social da vida no trabalho.

Você não está sozinho, e pode sim fazer a diferença - O wellness coaching contribui para promover o aumento do bem-estar

O wellness coaching contribui para promover o aumento do bem-estar

Mas acredita-se o que exatamente grande parte dos trabalhadores buscam é um lugar em que eles sintam uma razão para trabalhar, onde entendam qual sua real importância na complexa engrenagem dos negócios. Não é fácil tirar um projeto desse nível do papel. Contudo, para atingir um elevado grau de satisfação e qualidade de vida é preciso ir além das ferramentas básicas e dos velhos conceitos de bem-estar. E é nesse sentido que o wellness coaching apresenta-se como ferramenta contributiva para um sistema integrado de gestão da qualidade de vida e bem-estar dos trabalhadores.

O wellness coaching contribui para promover o aumento do bem-estar em todos os aspectos da vida do indivíduo, por meio de um processo que usa ferramentas, técnicas e metodologias comprovadas das ciências do comportamento, psicologia positiva e neurociências para gerar mudanças comportamentais de saúde e obter um funcionamento otimizado, ou seja, ter controle sobre sua vida, desenvolver seu potencial, ter um propósito e desfrutar de relacionamentos saudáveis. Está disposto a  fazer a diferença? O quanto você está comprometido com a sua qualidade de vida e bem-estar?