conflito no trabalho

A existência de impasses entre os colaboradores pode representar danos para a equipe e interferir no resultado final de um projeto

As divergências entre colegas no ambiente de trabalho, os conflitos profissionais podem atrapalhar o desempenho e a qualidade do serviço na empresa. Caso isso aconteça, o ideal é a resolução do problema de maneira passiva, sem a necessidade de confrontos ou embates.

Crise corporativa e conflitos profissionais

O comportamento humano nas organizações deve ser harmonioso para a execução das tarefas diárias. A existência de impasses entre os colaboradores e os conflitos profissionais podem representar danos para a equipe e interferir no resultado final. Conheça 10 tipos de conflitos que devem ser evitados na carreira.

1. Competição excessiva – A disputa saudável entre pessoas de um mesmo escritório tem aspectos positivos porque estimula o cumprimento das atividades. Entretanto, pode gerar um mal-estar no momento em que um funcionário acredita que o outro quer levar, sozinho, os méritos pelas conquistas. Nesta situação, uma conversa franca para entender as motivações do ato deve resolver a questão. Se isso não funcionar, o diálogo com os superiores ajudará a encontrar uma saída.

2. Deslize sério – Errar algumas vezes é perdoável, mas sempre que cometer um equívoco grave não omita o que aconteceu. O primeiro ponto é assumir a falha.  Depois, é preciso ter o cuidado para não repetir o erro.

3. Demissão – Quando a dispensa torna-se realidade, é interessante saber lidar de uma forma mais serena com o fato. Não cultive sentimentos que possam desmotivar uma volta por cima e a busca por novas oportunidades.

4. Negociações perdidas – A dificuldade de fechar acordos importantes quando o negócio pareceu desandar pode ser revertida quando há foco nos interesses comuns e não nas posições contrárias.

5. Feedback negativo – A maneira certa de encarar uma crítica ruim é não levá-la para o lado pessoal e usá-la para melhorar a si mesmo.

conflitos profissionais

As divergências entre colegas no ambiente de trabalho podem atrapalhar o desempenho e a qualidade do serviço na empresa

6. Aviso prévio – Cumprir os últimos dias em um emprego do qual foi afastado não é sinônimo de relaxar e adotar atitudes irresponsáveis. Ao contrário, faça o melhor para deixar uma boa impressão dos seus serviços.

7. Agir por impulso – Evite ser dominado pelas emoções, principalmente quando está diante de desafetos. Fuja de respostas atravessadas e dos comentários ofensivos.

8. Ansiedade – A inquietude para executar planos e ideias pode atrapalhar se for em excesso. Por isso, tenha paciência e controle a angústia pelo que ainda vai acontecer.

9. Perda de sentido – A satisfação e a felicidade em trabalhar são essenciais para atingir bons resultados. Se você não se identifica com isso, conheça novas áreas de atuação e procure diferentes desafios.

10. Sem tempo – Se 24 horas não são suficientes para cumprir todas as obrigações do dia, avalie a carga de funções e o que é relevante. Procure também delegar tarefas para integrantes confiáveis do seu time.

Como vencer

A administração de conflitos no trabalho é tão significante quanto bater metas. Algumas dicas simples podem ajudar a driblar os problemas:

– Seja educado e racional ao conversar com as pessoas;

– Tenha paciência e não tente ser o dono da razão;

– Escute o que os outros têm a dizer e não faça julgamentos precipitados;

– Comunique-se de maneira clara e objetiva para não criar mal-entendidos.