falhas no networking

Tem papel indispensável no estabelecimento de parcerias com pessoas de áreas afins

Se você está à procura de emprego ou deseja construir uma carreira bem-sucedida, certamente já deve ter percebido que formação acadêmica e experiência profissional não são mais as únicas exigências do mercado de trabalho. Hoje em dia, é necessário ter uma rede de contatos confiável e, sobretudo, aprender a mantê-la durante toda a vida. O networking – como também é conhecido esse vínculo – tem papel indispensável no estabelecimento de parcerias com pessoas de áreas afins, pois promove a troca de informações, conhecimentos e indicações que vão contribuir para o surgimento de novas oportunidades. Mas, fique atento: muitos erros praticados pelos networkers têm comprometido a eficácia dos círculos de relações.

Falhas mais comuns

Um dos objetivos da aprendizagem organizacional é diagnosticar equívocos recorrentes dentro da empresa e apontar soluções. Muitas vezes, por não saber como se portar no trabalho, algumas pessoas desperdiçam a possibilidade de cultivar relacionamentos que tragam bons frutos para a carreira.

A seguir, é possível identificar, pelo menos, cinco falhas mais usuais:

– Falta de foco: o contato é estabelecido, mas o interessado não consegue deixar claro qual a intenção da conversa, arriscando perder a oportunidade de descrever as habilidades e diferenciais;

– Egocentrismo: passar horas falando de si mesmo sem dar espaço para que o outro interaja pode acabar com as chances de sucesso, além de ser deselegante;

– Os interesseiros: estreitar laços apenas quando se encontra em momentos críticos, como nos casos de desemprego, pode soar mal;

– Péssima expressão verbal: o uso inadequado do idioma e a má dicção são gafes comuns, que prejudicam o êxito do diálogo;

– Descuido com a imagem: a aparência diz muito sobre quem o indivíduo é. Roupas extravagantes ou desalinhadas podem causar impressão ruim.

falhas networking

Muitos erros praticados pelos networkers têm comprometido a eficácia dos círculos de relações

Networking eficaz

Para evitar cometer os mesmos erros, observe algumas dicas para construir uma rede de contatos proveitosa:

– Trace a meta: tenha em mente aonde quer chegar e defina com clareza as habilidades e campos de interesse;

– Aprenda a ouvir: não fique o tempo todo falando apenas de si. Saber a hora de se posicionar gera intercâmbios mais proveitosos e sinaliza respeito;

– Mantenha os vínculos: procure interagir com colegas da área desde a formação acadêmica e não os perca de vista ao longo da trajetória laboral;

– Comunique-se bem: invista num curso de oratória, se necessário. Nenhum empregador irá contratá-lo se você tiver uma comunicação deficiente;

– Cuide da aparência: evite extravagâncias e opte por peças sóbrias que transmitam seriedade e confiança. No caso das mulheres, o cuidado deve ser redobrado para não passar uma imagem sensual.

Menos é mais

Eventos sociais como congressos, feiras e conferências sempre foram ocasiões propícias para conhecer pessoas que atuam em determinados ramos. Com a chegada das tecnologias digitais, as redes sociais online expandiram ainda mais essas possibilidades de trocas profissionais. Com tantas facilidades, é natural que se valorize mais a quantidade do que a qualidade das conexões. Porém, antes de “atirar” para todos os lados, lembre-se que é mais produtivo relacionar-se com quem de fato possa contribuir para o crescimento da carreira escolhida.