Amizade Verdadeira - Não se Desvie da Amizade Verdadeira - Mantenha as amizades verdadeiras

Mantenha as amizades verdadeiras

O tempo, costumam dizer, esclarece todas as coisas – ou, pelo menos, as acalmam. Por isso, às vezes, é preciso se distanciar dos acontecimentos para melhor analisá-los. Essa regra também é válida para os relacionamentos, portanto, procure investigar se as pessoas que o rodeiam e as que estão ao seu lado são realmente confiáveis. Pois é necessário garantir a amizade verdadeira, por exemplo, que é essencial para atravessar momentos de turbulência, da mesma forma que um parceiro dedicado é indispensável na hora da crise.

Amizade Verdadeira – Divida Felicidade

Para momentos de crise ou de bonança, os amigos fiéis estão sempre por perto. Não há um tempo exato para definir quando a relação entre dois indivíduos se torna amizade, porém há algumas formas de descrever suas características: a amizade verdadeira é um canto onde desfrutamos da companhia de alguém para desabafar e compartilhar os maus momentos. O amigo é alguém que conhece a personalidade do outro e compreende suas escolhas e erros e, por isso, consegue vislumbrar outras possibilidades, que se encaixam às necessidades do companheiro, o que influencia, positivamente, questões profissionais e pessoais.

A amizade também serve de alerta: os amigos opinam sobre nossas atitudes e, se necessário, apontam melhores direções. Porém, com eles também se dividem momentos de felicidade como viagens, passeios, festas e nada melhor que, em uma reunião, rever as fotografias desses encontros.




Esteja atento

Ao conhecer uma pessoa e interagir com ela, ainda mais na vida pessoal, sempre se espera que essa relação seja benéfica para ambos. Infelizmente, algumas vezes, a decepção é inevitável. A confiança depositada, tão precipitadamente, pode causar desconfortos e problemas graves. No ambiente de trabalho, por exemplo, o falso amigo pode estar prestes, todo o tempo, a criar armadilhas que prejudicam o reconhecimento e as demandas dos demais colegas. Já no meio familiar, essa figura gera desentendimentos, estimula a fofoca e cria empecilhos para o desenvolvimento de objetivos e metas.

Por isso, é importante, para evitar esses transtornos, refletir sobre a maneira que recebe novas pessoas em sua vida. Intimidade e confiança devem ser compartilhadas apenas com um grupo pequeno de amigos e familiares.

 

Leia mais sobre o assunto no artigo “Lide melhor com suas amizades“, no Blog SBCoaching.