chefe homens mulheres reunião

Seja assertivo e demonstre que não se sente à vontade com tal tratamento.

O dia a dia no ambiente de trabalho com chefes autoritários, impaciente ou até mesmo agressivo pode aumentar o nível de estresse entre os colaboradores e prejudicar a produtividade da empresa. É interessante que o funcionário saiba se comportar diante de gestores problemáticos e situações conflituosas, sem perder a motivação e o comprometimento na execução das atividades.

O primeiro passo é conhecer a personalidade do chefes para encontrar a melhor forma de se relacionar com ele. Veja alguns tipos mais comuns:





– Ditador: As tarefas só podem ser realizadas do jeito dele. Dita as regras e não aceita as opiniões dos outros. Na hora de lidar com superiores com esse perfil sem se prejudicar no trabalho, procure expor posicionamentos de forma tranquila para mostrar outras maneiras de executar a ação.

– Hostil: Tem postura rude, grosseira, fala alto e utiliza uma linguagem inadequada. Neste caso, seja assertivo e demonstre que não se sente à vontade com tal tratamento.

– Mal-humorado: Está sempre reclamando de tudo e de todos. Procure cultivar sentimentos opostos, mantendo o bom humor.

– Instável: Sem equilíbrio emocional, tem mudanças bruscas de comportamento. Aconselha-se identificar a melhor hora para um diálogo.

– Amigo: Aquele que procura manter um relacionamento harmônico com os subordinados, mas não põe em prática o trabalho em equipe. Tenha clareza de qual é o seu papel e não misture a vida pessoal com a profissional.

Chefe homens mulheres

Tenha clareza de qual é o seu papel e não misture a vida pessoal com a profissional.

– Reservado: Não interage com o grupo e é bloqueado para se relacionar com os demais. Uma forma de quebrar o gelo é mostrar que está disponível e tentar maximizar o diálogo.

– Centralizador: Tem dificuldade de delegar funções aos colaboradores por medo de perder a posição de destaque ou por receio de que não saibam fazer como ele. Ganhe a confiança desse tipo de líder, deixando claro seu objetivo de somar.

– Omisso: Não fornece feedback para a equipe e não procura soluções para as dificuldades que surgem. Peça informações sobre o desempenho e conselhos sobre como você pode trazer benefícios para o emprego.

Ache uma saída

É preciso identificar, em todas as carreiras profissionais, a melhor maneira de lidar com chefes complicados sem correr o risco de ser demitido. Para isso, mantenha o controle e o equilíbrio emocional sem entrar em confronto com ninguém. Seja flexível e, com passar do tempo, conheça melhor o chefe, procurando se posicionar quando necessário.

O relacionamento com pessoas de temperamentos difíceis é comum em quase todos ambientes corporativos. O aconselhável é aprender a conviver com elas para não ter problemas na hora do expediente.