Como tornar suas críticas construtívas

Como tornar suas críticas construtivas

No ambiente corporativo, é mais difícil expor os incômodos com as atitudes e as entregas dos colegas, especialmente se não é a figura do chefe que irá apresentar estas críticas. Receber este tipo de notícia nunca é algo agradável e, por isso, devemos garantir que ela seja uma crítica construtiva.

Preparar-se para dar um feedback também não é uma atividade para a qual estamos facilmente capacitados. Críticas, ainda que construtivas, nem sempre são recebidas positivamente.

Pilares do feedback



A oportunidade de mostrar os pontos a melhorar em seu colega de trabalho não deve ser utilizada para cercá-lo de críticas destrutivas. Você não deve aproveitar esta chance para inferiorizá-lo com impressões pessoais, como a antipatia, que impedirá que perceba e/ou ressalte as qualidades dele. Para evitar constrangimentos, o ambiente para dar o feedback deve ser em uma sala de reunião, na qual ambos se sintam à vontade e com privacidade.

Na elaboração de suas críticas – para que elas sejam interpretadas o mais claramente possível – cada palavra tem importância, pois assim a mensagem não será compreendida como uma crítica destrutiva. Outro fator importante é a reflexão: antes de expor sua opinião, certifique-se de que o incômodo que seu colega causou não foi apenas um acontecimento pontual.

As críticas construtivas devem dar abertura ao diálogo. O feedback parte da opinião formulada por você por meio da imagem que seu colega apresenta no trabalho, o que pode não estar de acordo com a verdade para ele. Dedique-se, então, durante a exposição de suas críticas, a questioná-lo sobre suas ações e atividades para que haja espaço para a autoanálise. Este caminho facilitará a conversa, pois podem surgir pontos que seriam expostos por você e, com a autocrítica, estes tópicos serão abordados com o foco na resolução do problema.

critícas construtivas

Críticas construtivas, aprenda com elas.

Oferecer ajuda também é uma característica da crítica construtiva. Não basta apontar os erros, deve-se pensar em soluções e mostrar disponibilidade para ajudar o colega. A reflexão dele é um processo importante, independentemente da reação que tenha durante o feedback. Algum tempo é gasto para assimilar as informações e apresentar resultados.

Para diminuir este tempo, a crítica pontual também é uma boa estratégia: assim que ocorrer um incômodo ou um erro, converse com o seu colega para que ele possa verificar, quase imediatamente, a falha. Estes fatores o impedirão de cruzar a linha que separa as críticas construtivas das destrutivas.

 

Importância das críticas construtivas

Investir tempo em elaborar e dar feedbacks é um comprometimento importante com o outro e com a empresa. A crítica construtiva deve mostrar a preocupação com desenvolvimento do colega e sua felicidade. Esta é uma oportunidade de crescimento para ambos, como indivíduos e profissionais.

Quer saber mais ? Leia o artigo “Você sabe ouvir a verdade?“, no Blog SBCoaching