namoro no trabalho

O relacionamento amoroso entre colegas de trabalho é uma situação cada vez mais corriqueira

O namoro no trabalho é uma situação cada vez mais corriqueira. Com homens e mulheres que dedicam várias horas diárias às atividades profissionais, são frequente as aproximações estimuladas por interesses comuns. Nesse caso, o comportamento individual no ambiente corporativo é que vai definir se o namoro irá atrapalhar ou não a carreira de ambos na empresa.

Cuidados necessários

Se o namoro no trabalho já é uma realidade, os envolvidos devem ser precavidos e estar atentos a algumas situações. Inicialmente, é interessante o profissional se informar sobre a política da companhia em relação ao envolvimento amoroso de seus funcionários. Não há uma lei que proíba essa conduta, mas alguns locais não permitem. Assim, o importante é a honestidade do casal para com os outros e, principalmente, para com os seus superiores. Evite esconder o relacionamento dos demais, principalmente do chefe. Cedo ou tarde a notícia irá espalhar e é melhor que seja informada pelos maiores interessados no assunto.


Dependendo da reação das pessoas, o casal deve conversar sobre o futuro do namoro no trabalho. Caso a política da corporação seja a proibição dessa conduta entre os seus colaboradores, existe a possibilidade de manter contato estritamente formal nas dependências da empresa ou, em caso extremo, pedir demissão para viver o relacionamento com maior liberdade. O importante é o respeito às regras de comportamento humano nas organizações.

Já se o local permitir o namoro, o relacionamento poderá ser vantajoso para ambos. Sobretudo se souberem se comportar corretamente no ambiente de trabalho compartilhado com colegas, chefes e clientes.

Dicas para uma relação adequada no trabalho

casal no trabalho

O casal pode seguir orientações simples para uma boa convivência com os demais no ambiente corporativo

 

O casal pode seguir orientações simples para uma boa convivência com os demais no ambiente corporativo. A principal delas é a atenção redobrada que ambos devem ter com a conduta diante dos demais companheiros de trabalho. Quando os namorados são de setores diferentes, não devem trocar informações sigilosas sobre seus departamentos. Nunca converse sobre assuntos pessoais por meio de e-mail corporativo. As empresas costumam ter acesso aos conteúdos desses correios eletrônicos e algum comentário poderá ser motivo para uma demissão com justa causa.

Esqueça os beijos ou as demonstrações exageradas de carinho em público. A postura profissional deve ser mantida em todas as situações. Já se o romance acontecer entre o superior e o subordinado, a atenção deve ser ainda maior. Principalmente em situações de repreensão ou promoções. Dessa forma, evita-se o julgamento e fofocas dos outros, que podem prejudicar a carreia profissional e o relacionamento amoroso.

O bom senso é a palavra-chave para o casal conciliar as relações afetivas e profissionais no ambiente de trabalho, fazendo com que o comportamento corporativo adotado seja motivo de exemplo positivo para os demais.

Essas são as principais dicas para como se portar no trabalho em caso de relacionamento entre colaboradores.

Crédito Imagens:

http://www.assimsefaz.com.br/

http://mulher.net/