outplacement eficaz demissão

O outplacement é uma ferramenta eficaz no processo de demissão

Se existe uma coisa que não é fácil dentro das empresas, são as demissões. Tal processo, mexe com o emocional tanto de quem vai demitir como de quem está sendo demitido. A situação se torna ainda mais delicada quando quem é dispensado é um executivo, ou alguém de alto cargo.




Existe uma maneira que possa facilitar esse processo? A resposta é sim, e não é bem lá uma novidade. Desde os anos 60, existe o outplacement, uma ferramenta eficaz no processo de demissão. O método começou a ser implantado no Brasil nos anos 80 e consiste na humanização do processo de demissão, buscando uma maneira de beneficiar os dois lados: o dispensado recebe uma orientação de perto para conseguir uma recolocação profisional no mercado e a empresa cumpre com sua parte social, dando o total apoio para quem foi demitido – e ainda ficando com uma boa imagem, tanto interna quanto externa. O método também minimiza o impacto do desligamento do funcionário, sem contar que dessa maneira, a ferramenta pode se tornar um diferencial competitivo no mercado.

Existem hoje no país, várias empresas do segmento, tanto nacionais como multinacionais, e quem contrata o serviço é a companhia que demite. Junto com a empresa de outplacement, é feito todo um estudo antes do ato da demissão para saber como proceder com esse profissional.

outplacement colaboradores

O método minimiza o impacto do desligamento do funcionário

Como funciona o processo de outplacement?

O processo é inicializado antes mesmo de o executivo saber que será dispensado. O RH da empresa contrata especialistas no assunto e, primeiro, acertam as papeladas, o que é necessário para a demissão e tudo mais. Em seguida, o ex-funcionário recebe o suporte do orientador de Outplacement. Se você acha que o método é apenas uma recolocação no mercado, está enganado, pois é muito mais abrangente. Ele acolhe a pessoa demitida desde o início, ajuda a reestruturar o currículo, é analisado a rede de contatos que essa pessoa tem e qual contato pode ser profissionalmente benéfico, faz um estudo da carreira da pessoa para analisar qual será seu próximo objetivo, seja ele ingressar em outra empresa com o mesmo cargo, mudar, ou até mesmo abrir o seu próprio negócio.

Só após todo esse estudo e um acompanhamento do perfil e das condições da pessoa, é feita a recolocação no mercado. A empresa de Outplacement busca organizações que podem se encaixar com o demitido e suas qualidades profissionais. Após a recolocação, o trabalho da consultoria é finalizado, e como resultado a empresa que fez a demissão fica bem vista pelo seu trabalho de solidariedade e o profissional não fica desamparado e consegue uma recolocação no mercado.