Apesar de existirem diversas teorias, profissionais e especialistas que se prontificam a analisar e “consertar” relacionamentos desgastados que estão à beira da ruína, muitas pessoas ainda não conseguem realizar a façanha de manter relações afetivas harmoniosas.

Preocupado com essa triste realidade, o Dr. John Gottman se uniu ao Departamento de Psicologia da Universidade de Washington, em 1986, e fundou o Laboratório de Pesquisa da Família, o qual ficou conhecido popularmente com Love Lab ou “laboratório do amor”, pois lá foram desenvolvidos diversos estudos sobre relacionamentos. Esses princípios aliados às técnicas de coaching trazem melhorias duradouras e profundas.

7 Atitudes para Construir um Relacionamento Saudável

Para que você compreenda os sete principais princípios das teorias do Dr. Gottman, separamos algumas atitudes que você pode aplicar em sua vida:

1-    Conheça bem seu parceiro – Mapa do amor

De acordo com a essência das descobertas do Dr. Gottaman (em The Seven Principles for Making Marriage Work. Three Rivers Press, 2000), tudo pode ser mais harmonioso e saudável quando o casal conhece as preferências, visão sobre a vida, valores, gostos, seus objetivos, anseios, temores e esperanças um do outro.  Assim, pode ser definido o Mapa do Amor de cada casal.

2-    Cultive afeto e admiração

Acreditar que a pessoa amada é digna de admiração e respeito é um passo muito importante para construir um relacionamento saudável. Cuide para que esses sentimentos sejam cultivados pelo menos cinco horas por semana, são as chamadas “5 horas mágicas”.

3-    Voltar-se para o outro

Existem momentos que mostramos, direta ou indiretamente, para o parceiro vontades, pedidos e ofertas. São aqueles momentos de uma indireta para curtir um filme ou sair para jantar, ou um gesto mais direto que indica a necessidade de um elogio ou cumprimento. Essas atitudes são chamadas de “lances” pelo Dr. Gottman. Portanto, se atente às pistas que seu parceiro deixa pelo caminho, se esforce para atender a essas necessidades e acumule sentimentos positivos com essas ações.

4-    Deixar-se influenciar

Com as mudanças na sociedade, talvez seja essa a parte que mais tenha conflito nas relações de hoje em dia: a divisão do poder. Negociar concessões, dividir decisões e escolher juntos o que será melhor para o casal parece tarefa simples, mas é preciso muito treino para que ambas as partes se sintam satisfeitas com a escolha feita.

5-    Resolver os problemas que podem ser solucionados

Segundo os estudos do Dr. Gottman conflitos pontuais e solucionáveis representam apenas 31%. Portanto, não deixe problemas que podem ser solucionados rapidamente se arrastarem até gerarem danos profundos ao relacionamento.

6-    Levantar a bandeira branca e declarar paz

É preciso identificar o que o casal julga como conflito perpétuo, ou seja, quais concessões que implicam diretamente na perda de sua própria identidade. É imprescindível que o sonho do outro seja compreendido e honrado, (não é o mesmo que compartilhá-lo).

7-    Compartilhar significado

Para alcançar a longevidade, qualidade e saúde de um relacionamento, é de extrema importância que o casal compartilhe hábitos, costumes, práticas, símbolos e projeto de vida, ou seja, compartilhe significado.