Posted in:

Comprometimento no Trabalho: O que é, Causas e Como Obter

O comprometimento é uma das molas propulsoras do sucesso.

Sem ele, fica muito mais difícil crescer na empresa e manter relações positivas em âmbito profissional e pessoal.

E se esse atributo está em baixa no seu dia a dia, é hora de encarar uma jornada de autoconhecimento e motivação.

Neste artigo, você vai aprender tudo que precisa sobre comprometimento e como elevar seu nível de atuação para o próximo nível.

Preparado?

Tudo isso é muito importante, mas existe algo fundamental para colocar em prática:
Você precisa de ter hábitos certos, que vão te colocar em ação.


Pensando nisso, criamos um material que vai te ajudar a ser mais feliz e realizado através de hábitos de sucesso.

Clique aqui para ter acesso ao material e participar de um encontro online, onde Villela da Matta vai te dar mais conhecimento sobre este tema.

Continuando...

Então, siga a leitura.

O que é comprometimento?

o que é comprometimento
Em sua vida pessoal, uma pessoa comprometida não trai a confiança de seus amigos, por exemplo.

Comprometimento é o ato de comprometer-se com alguém ou com alguma causa.

A palavra tem origem no termo em latim ‘compromissus’, que significa fazer uma promessa recíproca.

Por isso, quando se fala que determinada pessoa tem comprometimento, isso quer dizer que ela respeita os acordos que faz, sejam eles escritos ou verbais, formais ou informais.

Em sua vida pessoal, uma pessoa comprometida não trai a confiança de seus amigos, por exemplo.

Se ela avisa que vai ajudar a concluir a obra na casa de seu vizinho, não deixará de atender a esse compromisso por receber outro convite.

Ou seja, o comprometimento leva a pessoa a honrar o que prometeu.

Além de tratar de acordos expressos em suas variadas formas, essa palavra também se aplica a pessoas que se responsabilizam integralmente por seus atos.

E essa integridade é valorizada tanto pessoal quanto profissionalmente, como veremos a seguir.

O que é comprometimento no trabalho (organizacional)?

o que é comprometimento no trabalho - organizacional
Comprometer-se com o trabalho significa exigir de si o nível máximo de rendimento e de produtividade.

Comprometimento no trabalho significa ser leal aos propósitos de uma organização.

É isso que ajuda um colaborador a manter seu foco e, consequentemente, atingir os resultados desejados.

“Comprometimento individual (aplicado) a um esforço conjunto. É isso que faz um time funcionar, uma empresa funcionar, uma sociedade funcionar, uma civilização funcionar”, explica Vince Lombardi, o primeiro treinador a vencer o Super Bowl (partida que define a principal liga de futebol americano).

Em uma organização, esse comprometimento pode ser visto em muitas situações: quando um colaborador entrega as tarefas dentro do prazo, quando leva suas responsabilidades a sério, quando não falta, quando não chega atrasado, entre outras.

Na prática, comprometer-se com o trabalho significa exigir de si o nível máximo de rendimento e de produtividade.

Com essa mentalidade, o colaborador faz mais em menos tempo e se propõe não apenas a entregar o seu melhor, mas a se ver como um acelerador de crescimento da empresa.

Para o gestor, o comprometimento não se resume a enxergar o resultado financeiro.

Ele também precisa analisar com rigor e seriedade todos os recursos (físicos e humanos) do negócio.

Um chefe comprometido com o trabalho deve propiciar boa estrutura de trabalho para seus colaboradores, por exemplo.

Para fixar um pouco esse tema, vale estruturá-lo em níveis:

Comprometimento instrumental

Nesse caso, o compromisso é motivado principalmente pela remuneração.

Comprometimento afetivo

O funcionário tem um vínculo emocional com a empresa e está sempre disposto a cumprir as tarefas que lhe são designadas, alinhado com os objetivos da organização

Comprometimento normativo

O colaborador não vê possibilidade de se desligar da empresa naquele momento e, por isso, acredita que é obrigado a permanecer.

Comprometimento afiliativo

O funcionário tem a sensação de pertencer àquele local ou àquela filosofia de trabalho, pois seus objetivos profissionais estão ligados aos da empresa.

Comprometimento sociológico

Geralmente vem de trabalhadores com menor grau de instrução e tem base na relação de subordinação entre empregador e empregado. Nesse caso, o trabalhador permanece no emprego por não enxergar outras possibilidades.

Benefícios de ser comprometido no trabalho

benefícios de ser comprometido no trabalho
Quem trabalha com foco na estratégia da empresa e que consegue cumprir suas tarefas dentro dos prazos sempre será aquela pessoa “de confiança”.

Não há dúvida que um profissional comprometido tem larga vantagem em relação aos colegas que não agem com responsabilidade e seriedade.

O colaborador que trabalha com foco na estratégia da empresa e que consegue cumprir suas tarefas dentro dos prazos sempre será aquela pessoa “de confiança”, que terá prioridade no momento da promoção ou de novos projetos.

Afinal, o sonho de praticamente todo empresário é encontrar profissionais comprometidos, que abracem suas ideias e possam levá-las adiante.

E, quem sabe, até melhorá-las.

Quais são as causas da falta de comprometimento no trabalho?

causas da falta de comprometimento no trabalho
A falta de comprometimento no trabalho pode ser derivada de fatores internos e externos.

Colaboradores que chegam atrasados, que não concluem suas tarefas, que não demonstram interesse por suas atividades, que não ajudam os colegas ou que estão sempre reclamando são exemplos de pessoas descomprometidas.

Mas qual é a origem dessa irresponsabilidade?

Há diversas causas possíveis.

E elas podem estar ligadas tanto a motivos pessoais quanto profissionais.

Ou seja, a falta de comprometimento no trabalho pode ser derivada de um fator externo.

Alguns fatores que devem ser levadas em conta na organização:

  • Falta de perspectiva de crescimento
  • Insatisfação com o tipo de trabalho
  • Descontentamento com o salário
  • Problemas no relacionamento com os chefes
  • Dificuldade de implementar ideias próprias
  • Pressão excessiva para a produtividade.

Na esfera pessoal, as possibilidades também são inúmeras:

  • Dificuldades no relacionamento
  • Falta de dinheiro
  • Doenças físicas e mentais
  • Envolvimento excessivo com questões de família
  • Pressão da família ou do cônjuge.

A seguir, vamos entender o que esse descomprometimento pode acarretar.

Quais podem ser as consequências da falta de comprometimento no trabalho?

consequências da falta de comprometimento no trabalho
Um colaborador que não rende acaba sendo um custo alto para a organização.

A falta de comprometimento no trabalho traz consequências sérias para a vida pessoal e profissional do indivíduo.

É evidente que um colaborador irresponsável em suas tarefas tem poucas chances de executar bem seu trabalho.

Assim, um dos resultados imediatos é que ele passa a ser mais cobrado, seja pelo chefe ou pelo cliente.

Outra possível consequência é que ele seja preterido na hora em que surgirem vagas mais interessantes na empresa.

Em meio a todo esse desconforto, o colaborador que não se compromete com o trabalho tende a se indispor com seus colegas, já que parte de suas tarefas recaem sobre os outros.

No fim das contas, esse comportamento resulta em menor produtividade, e esse costuma ser o limite de tolerância para que o gestor tome uma medida mais drástica.

Afinal, um colaborador que não rende acaba sendo um custo alto para a organização.

A consequência final, portanto, é o desligamento da empresa.

Comportamento empreendedor em relação ao comprometimento

Comportamento empreendedor - comprometimento
Com a perspectiva do empreendedor, é provável que você seja o próximo na fila de uma promoção e que outras empresas o procurem para suas vagas.

O colaborador que deseja crescer na empresa deve encarar sua rotina e suas tarefas com a mentalidade do dono do negócio.

Assim, ele vai ter a atitude de quem se responsabiliza por suas ações e de quem busca, como objetivo maior, o bem da empresa.

Essa é uma das melhores maneiras de demonstrar e reafirmar seu comprometimento.

Com a perspectiva do empreendedor, é provável que você seja o próximo na fila de uma promoção e que outras empresas o procurem para suas vagas.

E para o gestor, o comprometimento deve ser um dos pilares de sua atuação.

Ele deve incorporar esse espírito e encorajar seus colaboradores a agirem da mesma maneira.

Em seu artigo na Harvard Business Review Brasil, David DeSteno defende que cultivar sentimentos como gratidão, compaixão e orgulho é uma alavanca para o comprometimento da equipe.

DeSteno afirma que essas três emoções não apenas aumentam a paciência e a perseverança, mas também criam vínculos sociais.

Então, para o empresário, é fundamental que seus colaboradores sejam motivados para que a equipe se mantenha unida em prol de objetivos comuns.

Esse é o espírito que forma um time, ou seja, um grupo de profissionais focados em encontrar as soluções necessárias para o seu negócio.

Não é à toa que muitas organizações investem em palestras motivacionais, treinamentos de coaching e diversos outros recursos para manter seus profissionais conectados e alinhados.

As empresas também têm investido bastante em estrutura para um bom ambiente de trabalho – tanto em termos de conforto quanto em regras de convivência – e em pacotes de benefícios para estimular o bem-estar de seus funcionários.

Elas sabem que criar uma atmosfera de tranquilidade, que viabilize a realização de um bom trabalho, ajuda muito na atração e na retenção de talentos.

Quais as principais características de pessoas comprometidas?

principais características de pessoas comprometidas
As empresas também têm investido bastante em estrutura para um bom ambiente de trabalho.

Algumas das principais características das pessoas comprometidas são:

Cumprimento de tarefas

Uma pessoa comprometida não encontra dificuldades para cumprir prazos e horários.

Além disso, ela sempre conclui as tarefas que inicia.

Busca de soluções

Um colaborador evita ficar procurando problemas.

Ele está sempre em busca de soluções para suas tarefas e não descansa enquanto não obtém os resultados.

Atenção aos detalhes

O nível de comprometimento de um colaborador poderia ser facilmente medido pela quantidade de detalhes que ele enxerga.

Sem exageros, pode-se afirmar que o profissional comprometido vê “o detalhe do detalhe” de um projeto ou situação.

É uma pessoa que realmente está atenta às necessidades da empresa e que sabe o que é importante dentro das tarefas que executa.

Vontade de aprender

Um profissional comprometido sempre tem vontade de ir além, de aprender mais.

Nesse sentido, ele não tem vergonha de perguntar e de aprimorar seus conhecimentos.

Colocar-se no lugar do outro

Uma forte característica da pessoa comprometida é colocar-se no lugar do outro, entendendo o que seus colegas (ou clientes) estão sentindo.

Esse comportamento é um atalho para a resolução de muitos impasses.

Sem fofoca e sem desculpa

Outros dois traços que também são típicos das pessoas comprometidas: elas não perdem tempo com fofocas e não arranjam desculpas para as tarefas que não conseguem cumprir.

Utilizam o horário de trabalho de forma eficaz para entregar o melhor resultado no menor tempo possível.

O que fazer se estou me sentindo desmotivado e sem compromisso com meu trabalho?

o que fazer se estou me sentindo desmotivado e sem compromisso com meu trabalho
O desânimo não deve levar a uma falta de compromisso com o seu trabalho.

A falta de motivação no trabalho pode ocorrer por diferentes motivos.

Na maioria das vezes, você sabe por que não está se dedicando o suficiente e por que tem tanta dificuldade de levantar da cama pela manhã.

Talvez você não esteja satisfeito com a remuneração.

Talvez se sinta desprestigiado em relação a outros colaboradores.

Talvez não veja perspectiva de crescimento.

De qualquer forma, o desânimo não deve levar a uma falta de compromisso com o seu trabalho.

Se isso ocorrer, você corre sérios riscos: prejudicar o seu crescimento na empresa e até ser desligado, caso esse comportamento persistir por muito tempo.

Para reverter essa situação, primeiro é preciso fazer uma análise bastante realista.

O que está atrapalhando a sua motivação?

Quais são os fatores que mais desagradam no e na função que desempenha no dia a dia?

Assim que você identificar esses obstáculos, será mais fácil enfrentá-los.

É possível que o que mais incomode seja algum tipo de atitude do seu chefe.

Ou um colega de trabalho inconveniente.

Ou uma demanda temporária que não deveria ficar a seu cargo.

Seja qual for o empecilho, tente encarar objetivamente a questão para resolvê-la o quanto antes.

Caso você não consiga encontrar um único fator ou a conjunção de elementos que o desagradam seja muito grande, você deve considerar a possibilidade de buscar uma realocação, seja na própria empresa ou em outra organização.

Esse processo pode não ser tão fácil e rápido.

Nessa hora, um ponto importante é pensar no aprendizado que a empresa oferece.

Independentemente da sua função, sempre há lições no ambiente de trabalho.

E se você aproveitar ao máximo todas as oportunidades de aprender, terá condições de buscar uma posição melhor nessa ou em outras empresas e até criar seu negócio eventualmente.

7 dicas para você aumentar seu comprometimento na empresa

dicas para você aumentar seu comprometimento na empresa
O comprometimento é essencial para crescer em qualquer empresa.

Como vimos, o comprometimento é essencial para crescer em qualquer empresa.

Por isso, veja sete caminhos para lapidar esse atributo:

1. Pontualidade

Um colaborador comprometido jamais chega atrasado ou perde o prazo de entrega de um trabalho sem que haja um bom motivo para isso.

Portanto, a pontualidade é a pedra fundamental do comprometimento.

2. Criatividade

Muitas vezes, tentamos encontrar uma solução complexa para um problema, enquanto há métodos simples e criativos de resolvê-los.

Às vezes, basta olhar para o lado e encarar a situação por um novo ângulo.

3. Cultura da empresa

Você precisa conhecer os processos da empresa e sua cultura para saber que direção tomar.

É hora de tomar para si os valores, a missão e a visão da organização.

4. Pró-atividade

Um colaborador que percebe uma necessidade e age logo sempre terá maior reconhecimento.

Percebeu que uma peça está desregulada ou um material importante está atrasado?

Acione o responsável ou resolva por conta própria.

5. A melhor versão de si mesmo

Cumprir uma tarefa é diferente de fazer o melhor possível para resolver uma demanda.

E um colaborador que busca crescer e se comprometer com os resultados deve sempre ter, como objetivo, entregar o máximo de eficiência em cada uma de suas ações.

6. Comunicação

A comunicação é um dos pilares de um bom desempenho no trabalho.

Quem não expressa bem suas ideias e não entende adequadamente as demandas e propostas em discussão não consegue cumprir bem suas tarefas.

Não há dúvida de que qualquer empresa possui falhas em suas comunicação.

Mas não é por isso que você não fará sua parte, não é mesmo?

Quem se compromete com a qualidade deve buscar uma comunicação plena para manter todos no mesmo nível de atuação e para minimizar a margem de erro em todas as suas ações.

7. Atualização

O mundo está em constante transformação, e a dinâmica das empresas, também.

Por isso, conhecer as tendências da sua área de atuação é muito importante.

Se perceber a necessidade, faça cursos para manter-se sempre informado.

O que o coaching pode te ensinar sobre comprometimento no trabalho e vida pessoal

coaching - comprometimento no trabalho
O coacching apresenta todas as ferramentas que você precisa para uma jornada de autoconhecimento, equilíbrio emocional, motivação e aperfeiçoamento constante.

O coaching ajuda em todas as etapas de seu desenvolvimento pessoal.

E o comprometimento depende completamente de como você enxerga a si mesmo: os seus valores, a sua missão e os seus objetivos de curto, médio e longo prazos.

Se você busca, com essa mudança de comportamento, uma posição mais elevada na empresa, recorrer a um coach é uma ótima ideia.

Uma das principais funções desse profissional é o desenvolvimento de líderes.

Ele apresenta todas as ferramentas que você precisa para uma jornada de autoconhecimento, equilíbrio emocional, motivação e aperfeiçoamento constante.

Uma vez que um colaborador ou gestor desenvolva essas habilidades para a liderança, automaticamente o seu comprometimento irá dar um salto.

Além disso, o trabalho de um coach também é importante para aqueles que estão fora do mercado no momento, buscando recolocação.

Nessa situação, é comum que a pessoa fique desmotivada, sem rumo.

Justamente por isso, é importante contar com ajuda profissional para definir novas metas e, até mesmo, atualizar o seu currículo.

Lembre-se: ter objetivos claros e entender o que o mercado está precisando atualmente é indispensável para conquistar um emprego.

Conclusão

conclusão - comprometimeto e o coaching
Essa abordagem de desenvolvimento pessoal é um instrumento de transformação que impulsiona líderes rumo ao sucesso.

Neste artigo, você entendeu a importância do comprometimento para o seu crescimento pessoal e profissional.

Além disso, viu quais são as principais características de pessoas comprometidas e os melhores atalhos para chegar lá rapidamente.

Para seguir esses passos, vale a pena olhar para dentro de si e buscar a essência do que o motiva no dia a dia e o anima a encarar mais um dia.

Será que você está caminhando na direção certa?

Será que você está construindo agora o futuro que você deseja?

Essas perguntas podem ser respondidas com o auxílio de coaching.

Essa abordagem de desenvolvimento pessoal é um instrumento de transformação que impulsiona líderes rumo ao sucesso.

Para isso, diversas ferramentas são usadas: mapas mentais, definição de missão e valores, Programação Neurolinguística, técnicas de controle emocional e muito mais.

Ficou interessado? Entenda melhor como funciona o coaching e se comprometa com uma vida de realizações.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *