Posted in:

Dinâmica do espelho: o que é, para que serve e passo a passo

dinamica do espelho o que e para que serve passo

Atividades em grupo são ótimas alternativas não apenas para integrar e aproximar pessoas, como também para trabalhar competências específicas em uma equipe de colaboradores. 

A dinâmica do espelho, por exemplo, é um caso típico do que estamos falando.

Com o objetivo principal de provocar reflexões e desenvolver o autoconhecimento, ela é uma ferramenta muito usada no ambiente corporativo.

No entanto, nada impede que você a utilize em uma reunião descontraída entre amigos. Garantimos que muitas descobertas serão feitas durante a aplicação da brincadeira. 

Mas e aí, ficou curioso para conhecer mais detalhes sobre a dinâmica do espelho: como aplicá-la, para que ela serve e os seus benefícios? 

Tudo isso é muito importante, mas existe algo fundamental para colocar em prática:
Você precisa de ter hábitos certos, que vão te colocar em ação.


Pensando nisso, criamos um material que vai te ajudar a ser mais feliz e realizado através de hábitos de sucesso.

Clique aqui para ter acesso ao material e participar de um encontro online, onde Villela da Matta vai te dar mais conhecimento sobre este tema.

Continuando...

Então, esse conteúdo é para você! 

Caneta e papel na mão para não deixar passar nenhum detalhe, e boa leitura.

O que é a dinâmica do espelho?

A dinâmica do espelho é uma atividade em grupo bem simples e talvez esteja, exatamente, aí o valor e beleza dessa brincadeira.

Vivemos reclamando que não temos tempo para nada, que os compromissos nos tiram todas as energias e o que atividade propõe é pararmos o relógio e nos concentrarmos em mais nada que não seja nós mesmos.

Seja sincero, quando foi a última vez que você parou para refletir sobre as suas atitudes, analisar as suas qualidades, os seus defeitos e as suas emoções, uma verdadeira autoavaliação mesmo?

Não precisa responder agora, mas fique pensando nisso enquanto você lê o artigo.

Para que serve a dinâmica do espelho?

A dinâmica do espelho é um exercício de autoconhecimento. 

Uma oportunidade única das pessoa verificarem se ainda se conhecem de verdade.

Mas, mais do que isso, como se trata de uma brincadeira em grupo, é a chance de cada um se ver sob óticas e prismas diferentes.

Essa nova perspectiva permite que tenhamos uma visão mais ampla de nós mesmos e, porque não dizer também, uma abertura de horizontes em relação ao mundo exterior.

Como funciona a dinâmica do espelho?

Bom, vamos agora ao que interessa. 

Para brincar, tudo o que você vai precisar são: uma caixa com tampa, um espelho e uma mesa para apoio.

O ideal é ter um número considerável de pessoas para participar da dinâmica, pelo menos cinco pessoas. 

Com não é um jogo muito demorado, a integração não deve demorar mais do que meia hora, dependendo, claro, do número de envolvidos. 

Quanto mais gente, mais longo fica a atividade. 

Mas, como o objetivo é, justamente, esquecer o relógio, não dê bola para esse detalhe. O importante é que todos possam ter a sua chance de jogar.

Ah, a respeito disso, antes de começar o dinâmica do espelho, certifique-se que ninguém conheça ou tenha participado da brincadeira alguma vez.

Caso algum integrante saiba como funciona a brincadeira, peça a ele que não conte aos demais para não estragar toda a organização feita. 

Se houver comprometimento, o participante também pode jogar sem problemas. 

Ele apenas não terá o mesmo impacto que os outros que estão vivendo essa experiência pela primeira vez.

Tudo pronto? Quase! 

Só falta explicar para todo mundo o objetivo da dinâmica. Até para que os envolvidos saibam o que está em jogo.

Procure deixar claro que o intuito da brincadeira é mostrar a importância que cada um tem para equipe, sem mencionar a questão do autoconhecimento para que as pessoas não fiquem desconfiadas.

Agora sim, vamos à dinâmica do espelho.

Passo a passo da dinâmica do espelho

dinamica do espelho passo

Para que você possa entender de maneira detalhada como funciona a dinâmica, resolvemos dividir a atividade em etapas. 

Até para que se preste atenção no que se deve analisar em cada momento. 

Confira o passo a passo.

Avaliando as reações

A preparação do jogo começa com o instrutor da dinâmica solicitando que todos os participantes formem uma fila única em frente à mesa em que a caixa fechada está posicionada em cima.

Então, o organizador explica que dentro da caixa tem o retrato e alguém que é muito importante para a equipe e que, ao abrir o objeto, a pessoa deve falar sobre o colega da foto sem revelar a sua identidade aos demais participantes.

Assim que o facilitador der o sinal, o primeiro colaborador se dirige até a caixa e a abre. 

Para a sua surpresa, ele vai ver que, na verdade, não existe imagem nenhuma. 

Apenas um espelho que reflete a própria face do sujeito.

É interessante aqui olhar a reação da pessoa. Ver qual o seu semblante ao se deparar consigo mesmo.

Na sequência, o organizador reforça a ordem de não dizer quem está representado dentro de caixa e pede ao integrante da dinâmica que fale mais sobre aquela pessoa que ele está vendo.

Espantado, ele cita qualidades, competências e atitudes do personagem misterioso. 

Baseadas nas dicas dadas, os demais devem tentar adivinhar de quem se trata.

O jogo continua, rodada após rodada, até que todos tenham tido a oportunidade de se verem refletidos no espelho e falado características deles mesmos.

É hora de refletir

A autorreflexão, como sabemos, é principal objetivo da dinâmica. 

Todas os participantes que se enxergam no espelho dentro da caixa devem fazer uma leitura condensada de si mesmos e declamar em voz alta para os demais tentarem descobrir de quem se tratada.

O legal do jogo é que cada um tem que destrinchar qualidades, que muitas vezes a pessoa nem sabia que possuía. 

Além disso, grande parte dos participantes, certamente, nunca participou de uma atividade como essa, o que acaba se tornando um desafio em dobro.

Mas lembre-se, a brincadeira tem o intuito de valorizar a importância de cada um dentro da equipe. 

Então, o foco deve ir no sentido de exaltar o lado positivo de cada um. 

Afinal, todos estamos dispostos a evoluir e nos tornamos pessoas melhores.

Ainda não acabou

Quando a última pessoa fizer a apresentação de si mesma, cabe ao organizador perguntar: depois de tudo o que foi dito aqui, das qualidades levantadas, quem é a pessoa mais importante do grupo? 

Existe duas respostas possíveis: todas ou nenhuma. 

Ninguém é mais importante que ninguém. 

Cada um à sua maneira, com as suas particularidade e o seu jeito único de ser, tem a sua importância e exerce uma função primordial para o funcionamento do todo.

A importância do respeito mútuo

Quando dinâmicas em grupo são feitas, muitas vezes, pessoas que nunca trabalharam juntas, pois são de setores diferentes, passam a se conhecer.

Mas enquanto estão jogando não importa cargo, tempo de casa ou quanto ganham. 

Todos são iguais. 

E é exatamente nesse momento que todos reconhecem o valor do trabalho do outro.

O respeito mútuo é outra competência desenvolvida durante o jogo. 

Não só pela atividade que o profissional desempenha, mas, muitas vezes, pela figura humana em si.

Quem você realmente é

Quando todas considerações terminarem e o organizador colocar um ponto final na dinâmica do espelho, cada colaborador vai ter noção exata de quem realmente é.

É praticamente alguém não sair impactado com essa imersão de sentimentos e se descobrir enquanto pessoa e profissional.

O mais legal de tudo é que não se trata de um novo eu. 

Ninguém assumiu uma personalidade diferente ou se tornou alguém que não é. 

Apenas, se descobriu ser um sujeito que não imaginava que existia.

Incrível como uma simples caixa de papel e um pedaço de vidro reflexivo podem causar um impacto tão grande, não é mesmo?

E você aí reclamando da falta de tempo. 

Em poucos minutos, passou a conhecer o seu verdadeiro eu. 

Uma meia hora nunca foi tão bem aproveitada antes.

O que é uma intenção positiva?

dinamica do espelho o que e uma intencao positiva

Todo esse processo de reflexão é importante, mas o que o colaborador pretende fazer a partir dessa experiência é o questionamento que precisa ser feita.

A intenção positiva trata exatamente sobre isso. 

Ou seja, depois de tudo o que foi vivenciado, o que as pessoas vão fazer de diferente em relação a elas mesmas?

É importante que a dinâmica do espelho tenha servido também para motivar a todos a evoluírem como profissionais e pessoas, tornando-se cidadãos mais conscientes do seu papel dentro de uma coletividade.

Na vida, é preciso buscar o desenvolvimento constante, senão corremos o risco de ficarmos para trás, obsoletos, perdidos no tempo.

Como desenvolver o autoconhecimento através da dinâmica do espelho?

Uma dica para tornar a dinâmica do espelho ainda mais interesse e trabalhar ainda mais o autoconhecimento é, após terminar as rodadas de revelação, propor um grande discussão sobre tudo o que foi aprendido.

Assim, os participantes vão ter mais uma oportunidade de falar como se sentiram e como foi a experiência de descrever a si mesmos.

Se o organizador quiser, ele pode, inclusive, estabelecer algumas perguntas que instiguem ainda mais a reflexão e que, de alguma forma tragam algum retorno quanto às perspectivas futuras dos colaboradores. 

Por exemplo: “onde ele se vê atuando daqui a 10 anos” ou “quais são as características que ele acredita que precisa melhorar”.

Um líder, com posse dessas informações, pode traçar um plano de carreira compatível com os desejos do colaborador e assim todos saem ganhando.

Benefícios do autoconhecimento 

dinamica do espelho beneficios autoconhecimento

Mesmo com toda essa viagem em busca do autoconhecimento proporcionada pela dinâmica do espelho, talvez não tenham ficado claros todos os benefícios que essa ferramenta pode nos oferecer. 

Pensando nisso, listamos algumas vantagens que só quem se conhece de verdade pode desfrutar em sua totalidade, confira:

Aceitação dos próprios limites

Por mais que você queira mudar o mundo e fazer mil coisas ao mesmo tempo isso é humanamente impossível. 

Se até os super heróis e heroínas dos quadrinhos têm as suas fraquezas, imagine quem é de carne osso.

Quem tem o autoconhecimento bem desenvolvido sabe disso e aceita os seus limites com naturalidade e sem cobranças.

O poder do não

Esse benefício vai um pouco ao encontro do anterior. 

Na ânsia de sermos prestativos, muitas vezes, acabamos aceitando demandas que não temos condições de dar conta, o que gera uma sobrecarga sem tamanho.

Mas quando se tem noção dos seus próprios limites, dizer não passa a ser uma tarefa mais simples de se executar. 

Não se trata de uma questão de falta de empatia, apenas de maturidade emocional.

Não tenta agradar a todos 

É curioso, mas ao conhecer melhor a si mesmo, a pessoa passa compreender melhor o outro também. 

Quando estamos mais seguros de nós mesmos, sabemos exatamente do que precisamos para sermos feliz e passamos a nos importar menos com que os outros pensam a nosso respeito.

Aquela necessidade de tentar agradar a todo mundo para nos sentirmos pertencentes a determinado grupo não existe mais. 

Compreendemos, inclusive, que as demais pessoas precisam, igualmente, do seu próprio espaço.

Os sentimentos não falam por você

Junto com o autoconhecimento vem outra habilidade muito importante chamada de inteligência emocional

Para quem não conhece, ela consiste na nossa capacidade de controlarmos os nossos próprios sentimentos.

Quantas vezes, no passado, você agiu por impulso ou motivado pela raiva e depois se arrependeu? 

Pois é, com a essa parceria poderosa, nunca mais as suas emoções vão tomar as rédeas da sua vida.

Mente aberta

Muitas pessoas têm uma dificuldade imensa de mudar de opinião. 

E isso não é, necessariamente, um defeito. 

Manter as suas convicções firmes é sinal de que você tem princípios, mas também de que é um tremendo cabeça dura.

Quem se conhece a fundo, não tem receio algum de mudar de ideia quanto a um determinado assunto, especialmente, se o seu entendimento está ultrapassado, por exemplo.

A pessoa valoriza o compartilhamento de ideias e está com a mente sempre aberta para ser surpreendida positivamente com algo.

Até porque, com o tempo, as coisas mudam, as noções de mundo mudam e as pessoas mudam. 

Se você domina o autoconhecimento sabe que o seu eu de dois meses atrás é diferente do de hoje e isso faz parte do desenvolvimento de cada um.

Ausência de qualquer tipo de julgamento

Quem é você para julgar qualquer outra pessoa, principalmente, sem sequer conhecê-la direito? 

Bom, esse é exatamente o tipo de pensamento de alguém que se conhece como a palma da sua mão.

Ao lidarmos com as nossas questões emocionais, medos, anseios, qualidades e defeitos, nós passamos a desenvolver muito mais empatia pelo outro, pois conseguimos nos colocar no lugar dele e entender que ali também tem uma pessoa com uma história e que merece respeito.

Preconceito de qualquer natureza também não faz parte da conduta de quem tem o autoconhecimento bem desenvolvido. 

Uma vez que ele tem consciência de que ninguém é melhor do que ninguém. 

Que não é a cor da pele, a orientação sexual, o gênero, a classe social, a religião, a etnia ou qualquer outra categoria que quiser colocar que vai medir a maneira como devemos tratar as pessoas.

Equilíbrio possível

De todos os benefícios que o autoconhecimento possibilita, esse, talvez seja o melhor. 

O segredo para a felicidade é encontrar o equilíbrio perfeito entre vida pessoal e vida profissional e quem se conhece muito bem sai na frente nesse sentido, pois sabe, exatamente, do que precisa para aquele momento.

Não estamos falando que é uma tarefa fácil, mas a harmonia está mais próxima daqueles que têm consciência do seu papel na terra. Invista em autoconhecimento e conquiste o bem-estar.

Coaching como método de desenvolvimento pessoal e profissional

dinamica do espelho coaching como metodo desenvolvimento pessoal profissional

Por falar em autoconhecimento, não existe melhor maneira de trabalhar essa competência comportamental que o coaching, que, não à toa, é considerada a principal metodologia de desenvolvimento humano do mundo.

É importante entender o processo de coaching como um facilitador, que permite que as pessoas se conheçam melhor, gerenciem as suas emoções com mais assertividade e utilizem os seus pontos positivos a seu favor, sempre em busca dos seus objetivos.

Se o seu objetivo é crescer enquanto pessoa e profissional, nós temos a solução ideal para você. 

Em nosso site, existem diversas opções de cursos de formação em coaching.

Com abordagens e enfoques diferentes, eles se propõem a extrair o seu máximo e permitir a você conquistar resultados incríveis.

O curso de Personal & Professional Coaching é o mais completo. 

Trabalhando os dois pilares da vida, a modalidade possibilita o tão sonhado equilíbrio, vital para o nosso bem-estar.

Acesse agora mesmo a página do SBCoaching, conheça as outras formações e garanta já a sua vaga. 

Conclusão

Neste artigo, falamos sobre a dinâmica do espelho e destacamos algumas lições importantes.

A forma como você vai desenvolver o seu autoconhecimento é bem menos importante do que a capacitação em si. 

Ela pode se dar através de atividades lúdicas, como a dinâmica do espelho ou pelo coaching, por exemplo.

Seja como for, trata-se de uma competência comportamental de que não se pode abrir mão. Você viu, são diversos benefícios que poucas pessoas se dão conta que o autoconhecimento tem a oferecer.

Mas e você, já tinha ouvido falar alguma vez da dinâmica do espelho? 

Gostou dos resultados que ela pode trazer? 

Esperamos que esse conteúdo tenha sido relevante para você. 

A propósito, que tal deixar o seu comentário contando as suas impressões sobre o artigo que acabou de ler? 

Sua crítica e também as sugestões para temas futuros são igualmente bem-vindas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *