Posted in:

Dinâmicas de grupo divertidas: como fazer e exemplos para aplicar

dinamica de grupo divertidas como fazer exemplos para aplicar

Dinâmicas de grupo divertidas sempre encontram uma razão de existir no ambiente corporativo.

Você sente que a sua equipe está precisando sair da rotina para recuperar a energia e voltar a entregar os melhores resultados?

Esse é um bom exemplo de cenário no qual a iniciativa se aplica bem.

Há quem veja esse tipo de atividade como perda de tempo, mas a verdade é que pode ser uma chance para que o próprio grupo entenda suas limitações, proponha mudanças e aumente a união e o espírito colaborativo.

Como você vai ver neste artigo, vale a pena conhecer as dinâmicas para, quem sabe, motivar o time a partir delas para trabalhar com mais garra e determinação.

Então, não deixe de ler até o fim. Reunimos dicas que podem fazer a diferença na sua empresa.

O que são dinâmicas de grupo divertidas?

As dinâmicas de grupo divertidas são uma forma de promover um momento de descontração, mas que também possui foco em objetivos pré-determinados.

Esqueça aquele formato clássico de atividades de integração um tanto convencional, nas quais todos ficam sérios e sem saber ao certo como agir.

Basicamente, estamos falando de iniciativas que mobilizam um grupo em torno de uma ação específica, mas sem a carga habitual de seriedade.

Não que alguém precise contar piadas ou algo do tipo, mas o modo como as dinâmicas são construídas permitem que o momento se desenvolva de forma natural e propício para originar boas risadas.

Como realizar dinâmicas de grupos divertidas?

O primeiro passo para realizar dinâmicas de grupo divertidas é identificar um espaço que possa comportar todo o pessoal envolvido.

O ideal é ter disponível uma sala ou mesmo espaço aberto, no qual todos possam se sentir confortáveis.

Feito isso, é hora de encontrar um horário no qual todos estejam disponíveis por completo para a atividade.

Ou seja, nada de celular ou outras interrupções ao longo da dinâmica de grupo divertida.

É importante que todos estejam focados e não precisem se preocupar com outras tarefas enquanto estiverem reunidos.

Tudo em ordem? Agora, é só escolher o modelo a ser aplicado e começar – não se preocupe, traremos vários exemplos a seguir.

Exemplos de dinâmicas de grupo divertidas

dinamica de grupo divertidas exemplos de dinamicas

Uma rápida pesquisa na internet permite encontrar uma infinidade de dinâmicas de grupo divertidas.

Mas você sabe quais são as mais indicadas?

Fizemos uma lista com cinco opções que vão ajudar a movimentar a sua equipe e recuperar a produtividade.

1. Quem sou eu?

Com foco no autoconhecimento, essa é uma dinâmica bastante utilizada em sessões de coaching, justamente por promover o olhar para si mesmo – nada, é claro, que impeça que o modelo seja replicado para uma empresa.

Seu método consiste em dez perguntas variadas, que abrangem desde questões da vida pessoal até da carreira.

O objetivo é permitir que cada um possa se conhecer melhor e desenvolver a autocrítica, o que facilita o processo de lidar com dificuldades do coletivo.

Ao ouvir as respostas do colega, também é possível que um entenda melhor o outro, o que favorece o fortalecimento de laços que fazem a diferença no dia a dia.

Uma das formas de realizar a dinâmica é pedir para que todos se sentem em um círculo e ouçam com atenção a pergunta da vez.

Espontaneamente, cada um dá a sua resposta. Quando todos tiverem respondido, é hora de passar para a próxima questão – e assim sucessivamente.

Veja algumas perguntas que podem fazer parte da lista:

  • Como você se descreveria?
  • O que faz você feliz?
  • Qual é o seu propósito?
  • Que qualidades destaca em você?
  • Em quais pontos você acha que precisa melhorar?
  • Onde deseja estar daqui a dez anos?
  • Qual foi seu maior desafio na vida?
  • Que legado eu quero deixar?

Ainda que a ideia seja que cada um fale de si mesmo, é possível que os colegas também acabem dando suas opiniões uns sobre os outros, de maneira natural – e isso é algo a ser incentivado e exaltado.

Esse é o momento para trocar elogios e impressões, falar livremente e estimular a união do grupo.

2. Trocando crachás

Além de ajudar na memorização de nomes – o que é secundário, nesse caso -, esse modelo também permite a interação entre os membros da equipe e a troca de ideias.

Para começar, é preciso ter crachás com o nome de cada um dos participantes. Depois, eles precisam ser distribuídos de forma aleatória, como em um amigo oculto (ou amigo secreto), garantindo que ninguém pegue aquele que possui o seu próprio nome.

Feito isso, é hora de rodar pela sala e encontrar o dono do crachá.

Esse também é o momento para promover a interação.

De acordo com o objetivo da dinâmica, é possível propor perguntas diferentes a serem debatidas entre as duplas. Por exemplo, “o que você mais admira em mim?”.

Quando todos os crachás já estiverem com seus respectivos donos, é hora de oferecer um espaço para que o grupo, em conjunto, reflita sobre as principais descobertas e reações da experiência.

3. Trenzinho

Em uma sala ampla, todos devem circular livremente.

Essa é a hora de observar cada um dos participantes e pensar em qualidades que você atribuiria a eles.

Na sequência, o coordenador se movimenta e é definido como a “locomotiva”.

Ele precisa dizer o nome de alguém e apontando ao menos uma qualidade que daria para aquela pessoa.

Assim, quem teve o seu nome citado deve se grudar à locomotiva, como se fosse um “vagão”, e indicar o próximo, também ressaltando pontos positivos.

E assim segue até que todos estejam unidos, como se formassem um verdadeiro trem.

4. Hora das compras

Esse é o tipo de dinâmica divertida que funciona muito bem para equipes novas ou que possuem vários integrantes contratados há pouco tempo.

Seu objetivo é descontrair e também promover a memorização dos nomes de todos.

Para começar, todos devem estar sentados em círculos.

Então, o coordenador diz que foi fazer compras com alguém e cita os nomes de diversas pessoas do grupo. Em seguida, também fala que seu dinheiro acabou.

Nessa hora, aqueles que foram citados precisam trocar de lugar e o coordenador, que estava em pé, deve achar uma cadeira para sentar.

A moral é que alguém vai acabar sobrando e é o próximo a ir às compras – e recomeçar o ciclo.

Vale destacar que quem teve o seu nome citado e não levantou para trocar de lugar é, automaticamente, escolhido para fazer as compras.

5. Anúncios classificados

A dinâmica dos anúncios classificados é uma forma de incentivar que o grupo se conheça melhor.

Para isso, todos precisam contar com papel e canetas coloridas.

Com os recursos em mãos, cada um deve desenhar o seu próprio anúncio, como aqueles dos jornais, como se estivesse vendendo um produto ou serviço.

No entanto, é preciso que a peça seja também uma forma de descrever a própria pessoa.

Por isso, as características listadas e a construção do anúncio devem fazer sentido com a personalidade e qualidades do indivíduo.

Quando todos terminarem, os papéis são colados na parede, mas sem nome.

O desafio é tentar identificar quem produziu qual. Ou seja, quem são as pessoas anunciadas.

Ao final do processo, é importante fazer uma avaliação de como o grupo se sentiu com o exercício e o que conseguiu aprender sobre si mesmo e os colegas.

Por que realizar dinâmicas de grupo divertidas?

dinamica de grupo divertidas por que realizar

Até aqui, já vimos o que são, como realizar e os principais exemplos de dinâmicas de grupo divertidas. Mas você sabe como elas podem influenciar na rotina de trabalho e, sobretudo, quais vantagens oferecem?

São esses pontos que abordamos a seguir.

A importância do trabalho em equipe

Não importa o método utilizado e o objetivo específico de cada um deles: as dinâmicas de grupo são sempre uma forma de incentivar o trabalho em equipe e favorecer a construção de laços entre aqueles que fazem parte do time.

Quer vantagem maior do que essa?

Por mais solitária que seja a execução do trabalho de cada um, as trocas sempre vão ser essenciais para chegar ao resultado pretendido.

Quando todos atuam em conjunto e entendem a importância da atuação individual para chegar aos objetivos coletivos, a produtividade aumenta.

Afinal, existe colaboração e não uma simples e egoísta competitividade. Todos estão dispostos a compartilhar seus conhecimentos, dar dicas e opiniões e colocar a mão na massa.

O aumento na afinidade também produz um elemento que é essencial para o desenvolvimento de um bom trabalho: um ambiente organizacional positivo, no qual todos se sentem confortáveis e estimulados.

Não é difícil entender por que o trabalho em equipe é tão importante.

Como incentivar o trabalho em equipe?

dinamica de grupo divertidas como incentivar trabalho em equipe

Infelizmente, nem todas as empresas possuem uma cultura que incentive o trabalho em equipe – assim como existem muitos profissionais que fogem desse modelo de atuação.

Mas nada que não possa ser transformado, não é mesmo?

Se esse é o seu grande desafio, vale a pena criar projetos que promovam a interação do grupo e que coloquem todos para trabalhar lado a lado, cada um com a sua expertise e respeitando a diversidade do conjunto.

É importante que os próprios chefes e lideranças adotem essa postura e estejam prontos a se colocar ao lado dos colaboradores, como parte do processo e não apenas como quem delega funções e espera o resultado.

Outra dica importante você já viu ao longo do texto: promover dinâmicas de grupo.

Dinâmicas de grupo divertidas no trabalho geram resultados

Dá para ser divertido e ainda gerar resultados.

Afinal, adicionar um pouco de descontração à rotina é também uma forma de deixar o ambiente mais leve e motivar a sua equipe para que se mantenha focada nas metas estabelecidas.

A própria dinâmica pode ser um espaço para definir proposições de melhoria ou até mesmo insights de novos serviços e produtos, dependendo da área de atuação do grupo.

Durante uma atividade, você pode chegar ao mesmo resultado de uma reunião séria que durou horas, mas sem o mesmo desgaste e com mais dedicação do time.

Isso porque o simples fato de estar fora do local e formato habituais de trabalho já reduz a carga de pressão e incentiva o desenvolvimento da criatividade.

Quais as vantagens das dinâmicas de grupo divertidas?

dinamica de grupo divertidas quais vantagens

Com tudo o que já falamos até aqui, você já deve ter percebido algumas das várias vantagens de realizar as dinâmicas de grupo divertidas, certo?

Mas nem por isso vamos deixar de listar todos os benefícios que podem ser alcançados.

Essa é uma forma de visualizar melhor pontos de encontro com as necessidades do seu grupo e mesmo da empresa.

Confira os principais:

  • Incentiva o trabalho em equipe
  • Facilita a identificação de lideranças
  • Melhora o entrosamento dos profissionais
  • Permite detectar pontos fortes e fracos do grupo
  • Possibilita o desenvolvimento de estratégias
  • Estimula a desinibição
  • Oportuniza sair da rotina sem perder o foco
  • Aumenta a motivação do time.

É o que você está buscando aperfeiçoar na sua equipe?

Independente da resposta, não dá para desconsiderar que esses são benefícios que podem trazer melhorias para qualquer ambiente de trabalho, mesmo que o momento já seja favorável.

Dinâmicas de motivação para equipes de trabalho: brincadeira séria

De acordo com o objetivo a ser alcançado, é possível direcionar melhor o tipo de dinâmica a ser trabalhada – que de uma forma ou outra sempre vai ter um fundo de diversão.

Motivar a equipe a desenvolver o seu trabalho com mais entrega é uma das necessidades mais comuns nas empresas.

Engajar seus colaboradores e garantir que eles se sintam verdadeiramente parte do todo é indispensável.

Assim, aposte em um ambiente favorável, no qual os profissionais possam se sentir confortáveis para dar opinião, e veja como os resultados podem melhorar.

No fim das contas, nem tudo é apenas sobre remuneração, como veremos a seguir.

Dinâmicas de grupo motivacionais no trabalho: dinheiro ou “motivação intrínseca”?

Especialista na área de vendas e motivação, Dan Pink utilizou o seu espaço em um TED Talk para falar de uma experiência que diz muito sobre a organização dos espaços de trabalho e o modo como as equipes reagem.

Explicando o trabalho do pesquisador Sam Glusksberg, da Universidade de Princeton, nos Estados Unidos, ele evidenciou um experimento.

De maneira muito simples, Glusksberg fez comparativos com duas tarefas diferentes (uma simples e outra complexa) e duas formas de motivação (recompensa e simples colaboração com o estudo para cronometrar o tempo para que o desafio fosse resolvido).

O resultado? Nas tarefas relativamente simples, aqueles que receberam um incentivo financeiro também obtiveram melhores resultados em comparação com o outro grupo.

Já nas tarefas de maior complexidade, os que tinham o dinheiro como motivação se saíram pior.

Na conclusão de Glusksberg, isso mostra que, ainda que o foco seja importante, quando em excesso, ele pode dificultar o processo criativo.

Assim, a busca por soluções diferenciadas, que poderiam servir a uma tarefa complexa, se torna prejudicada.

Quais as vantagens das dinâmicas motivacionais para equipes de trabalho?

Não importa que o seu time seja, na teoria, o melhor que você poderia ter.

Por mais talentoso que um profissional seja, ele precisa ter motivação para acordar todos os dias e querer dar o melhor de si mesmo no trabalho.

Do contrário, os resultados esperados não vão aparecer e o dream team vai se transformar em não mais do que uma decepção.

Ou seja, dinâmica é coisa séria – com um toque de brincadeira, claro.

Como são as dinâmicas de grupo do Vale do Silício?

Ainda que a premiação por meio de incentivo financeiro nem sempre seja a melhor forma de manter a motivação, isso não significa que você deva abandonar o método.

Tudo é questão de dosagem.

Nesse caso, isso significa que a bonificação deve vir acompanhada de outros modelos de motivação, a exemplo do que fazem empresas do Vale do Silício.

Ciente de que a geração Millennials valoriza o trabalho colaborativo e se sente em casa com a ideia de compartilhar experiências, a Go Games passou a criar dinâmicas cinematográficas, de verdadeira imersão.

O coaching como apoio no desenvolvimento de equipes

dinamica de grupo divertidas coaching como apoio desenvolvimento de equipes

Quer uma solução que pode integrar as dinâmicas de grupo, mas que vai mais além? Aposte na metodologia de coaching para desenvolver a sua equipe.

Só na SBCoaching já foram mais de três mil empresas atendidas, sempre com o foco em potencializar competências comportamentais que permitem chegar aos tão sonhados objetivos.

Com embasamento científico, a metodologia é uma forma de permitir que os seus colaboradores busquem o autoconhecimento necessário para que possam contribuir da melhor forma com o todo.

São inúmeros cursos de formação disponíveis, além de soluções personalizadas. Que tal dar o primeiro passo e entrar em contato com a gente?

Conclusão

dinamica de grupo divertidas conclusao

Seja com o auxílio das dinâmicas divertidas de grupo ou mesmo com todo o suporte do coaching, o ponto principal deste artigo é a importância de manter a sua equipe sempre motivada e pronta para encarar novos desafios.

Quando essa se torna uma preocupação constante, fica mais fácil notar qualquer problema e agir para que ele não se transforme em uma dor de cabeça no futuro.

Acredite, alguns momentos para descontrair podem fazer a diferença nos resultados entregues.

E, como vimos, isso não precisa significar um desvio do foco: ambos podem andar lado a lado, sem prejuízos.

Gostou do artigo? Compartilhe em suas redes e aproveite para deixar um comentário abaixo.