Seu filho precisa de coaching ou de terapia?

3
217

Saiba qual solução mais adequada para tratar algum tipo de desvio de conduta apresentado por seus filhos 

O relacionamento com as crianças geralmente apresentam comportamentos semelhente em muitos casos, tais como: rebeldia, timidez, agressividade, insegurança, conflitos, medos, dúvidas, espinhas, revolta em relação a alguma atitude tomada pelos pais, preguiça, displicência, entre outras formas de agir típicas dos crianças e adolescentes.





Saiba quando o caso requer o acompanhamento de terapeuta

Os casos de “disfuncionalidade”, isto é, problemas que apresentam um quadro mais complexo no comportamento da criança devem sim ser acompanhados por um terapeuta.

Porém, quando o assunto é corriqueiro daquele tipo que acontece com todo mundo, procurar um Coach pode ser uma opção mais que inteligente, pode ser estratégica.

Isso tudo porque o Coaching vai permitir que a criança aprenda a desenvolver novos processos mentais diante de inúmeros desafios, além é claro de ajudar que eles mesmos encontrem alternativas para todos os obstáculos que eles vêm encontrando.

O melhor de tudo isso, é que esses novos aprendizados gerados com auxílio de um profissional especializado em comportamento humano, chamado Coach, vão acompanhar a criança e o adolescente até a vida adulta e transformá-los em pessoas mais decididas.

Isso tudo porque durante o processo de aplicação do Coaching, que também é dado em sessões de 50 minutos em média, a criança aprende a desenvolver hábitos para se construir uma história de vida mais próspera e bem sucedida.

Como desenvolver hábitos ricos em vitórias e conquistas

Durante o processo, a criança ou adolescente vai aprendendo a desenvolver pensamentos mais positivos, fazer planejamentos com administração do tempo e projeções positivas de futuro, ensina a acreditar em histórias positivas de sucesso, isso tudo respeitando a linguagem e o momento que estão vivendo.

Um processo de Coaching desenvolvido por um profissional habilitado com metodologia séria e assertiva pode:

  • Capacitar o seu filho a construir de um senso de confiança e ambição;
  • Fazer com que supere os problemas com ferramentas muito eficazes e divertidas;
  • Ajudar seu filho a lidar com questões comuns, principalmente, nas escolas como o assédio moral e a exclusão social;
  • Melhorar a concentração e habilidades de pensamento;
  • Construir uma autoestima inabalável e pensamentos mais positivos.

A psicóloga Priscilla de Sá, membro da Sociedade Brasileira de Coaching, aplica Coaching em suas sessões. “As ferramentas que o Coaching oferece permite que eles cresçam certos de seus valores, com nível de autoconhecimento mais alto, e principalmente, sabendo onde querem chegar”, afirma.

As explicações não param por ai, entre diversos outros benefícios, Priscila ainda afirma: “Por meio do Coaching podemos ter uma geração que tolera melhor as frustrações, que lida melhor com as emoções e com melhor foco no futuro”, conclui a profissional que aplica as ferramentas de Coaching com adolescentes.

Compartilhar
PróximoPonto em comum: o que aumentou o desempenho de atores famosos
Villela da Matta é fundador e presidente da Sociedade Brasileira de Coaching e presidente da SBCOACHING Corporate. Um dos maiores especialistas em business coaching do país, Villela da Matta atuou em organizações como Mercedez-Benz , Deutshe Telekom e participou da formação de mais de 20 mil coaches em mais de uma década de trabalho dedicado ao desenvolvimento do potencial humano, tornando-se conhecido pelo estilo único de transformação de alto impacto. É o primeiro master coach do Brasil, publicando os títulos “Estratégias Avançadas de Vendas” e “Engajamento Total” em parceria com Flora Victoria e Brian Tracy.

3 comentários

  1. Alguém poderia explicar a diferença específica entre terapia e coaching no caso de uma criança ou adolescente. Na prática as intervenções não são similares?

    • Olá, Camila. Tudo bem?
      A principal diferença é que o coaching não trabalha com problemas, focando assim nas ações presentes para gerar resultados futuro, enquanto a terapia busca tornar o cliente funcional, trabalhando causas do passado de ações presentes. O objetivo do coaching é proporcionar experiências e reflexões, através de questionamentos, assessorando o coachee no sucesso de suas metas, nunca indicando o caminho a ser seguido; já a terapia trabalha com intervenções e tratamentos.

      Por isso, sessões de personal coaching para crianças e adolescentes focam no estímulo e no processo de aprendizagem. Os estímulos auxiliam não só para que atinjam o máximo de suas capacidades, gerindo de maneira construtiva suas emoções, mas também contribuem para que se tornem adultos com chances de sucesso muito maior. Outro aspecto importante do processo de coaching e diferença entre ele e a terapia é o desenvolvimento dos pais. A família é a principal dos filhos que aprendem mais pelo que observam, do que pelo que lhes é dito. Assim, o processo engloba também os pais, para que a comunicação seja congruente acabando assim com conflitos interiores e insegurança, auxiliando no desenvolvimento pessoal.

      Estamos à disposição para mais informações sobre o tema.
      (11) 3775-5333
      sbcoaching@sbcoaching.com.br
      Abs,
      Equipe SBCoaching

DEIXE UM COMENTÁRIO