homem gráfico

Antes de emitir ordens, inspire respeito e inovação.

O século XX marcou uma época na qual as relações do universo corporativo eram estruturadas em uma hierarquia rígida, deixando pouco espaço para o diálogo. Com o tempo, as organizações perceberam a importância de abandonar a impessoalidade dos negócios e investir na gestão de pessoas, adotando uma postura mais flexível, voltada para o outro. Hoje, exercer uma função de chefia e liderança significa, antes de emitir ordens, inspirar respeito e inovação.

liderança

Desafios da atualidade

Para adaptar-se ao novo cenário, o gestor moderno deve ser capaz de manter um comportamento ético, firme e ao mesmo tempo honesto e transparente. O lucro dos empreendimentos contemporâneos deixou de habitar apenas a esfera financeira para focar, também, no capital intelectual. Diante da competitividade do mercado, é preciso saber identificar talentos e atraí-los, valorizando a mão de obra qualificada e transmitindo segurança para que ela atue com liberdade.

O bom líder é criativo e sabe reagir a crises propondo soluções vantajosas. Ele mantém o clima positivo entre departamentos, consegue criar ambientes que respeitam as diferenças individuais e resolve conflitos promovendo a cooperação.

A capacidade de ouvir e orientar, buscando feedback das próprias ações, é um elemento fundamental do planejamento estratégico em uma corporação de sucesso, pois,por meio dela, pode-se construir a base para decisões que beneficiam a todos.

homen mulheres reunião mesa

Os resultados da boa liderança influenciam diretamente os outros membros da corporação.

Consequências

Os resultados da boa liderança influenciam diretamente os outros membros da corporação, pois funcionam como alavanca motivadora de ações semelhantes, incentivando a multiplicação de princípios ligados à confiança, comunicação e valorização da coletividade. É dentro das organizações, na convivência com bons exemplos, que se formam empreendedores.

A visão humanista do gestor é outro ponto importante, pois transforma as relações entre clientes e fornecedores. Novos contratos são firmados com parceiros que, além de possuírem bons índices de produtividade, têm missões e valores condizentes com a política da instituição, formando uma cadeia crescente de negócios voltados para a promoção do bem-estar social.

O coaching e o líder

Quando as habilidades de gestão estão ausentes, o coaching pode ajudar no desenvolvimento de lideranças a partir de exercícios que promovem uma mudança de atitude. A técnica utilizada pelo especialista auxilia na análise dos obstáculos e na busca pelos meios para alcançar a superação.

Líderes natos, que sentem dificuldade de adaptar-se às novas tendências de mercado, também podem beneficiar-se, resgatando princípios antigos relacionados ao perdão, integridade, humildade e amor ao próximo.

Assim, eles passam a perceber o negócio como uma relação entre pessoas interessadas em um objetivo comum, afastando a visão tradicional que observa apenas a lucratividade financeira.