por Flora Victoria

Psycap – desenvolvendo o capital psicológico positivo

Psycap: um novo olhar sobre o capital humano dentro das empresas (gráfico meramente ilustrativo)

 

O capital humano é geralmente definido como a soma da educação, da experiência e do conhecimento dos líderes e colaboradores de uma empresa – ou seja, “quem somos” enquanto profissionais e o que acrescentamos à organização na qual trabalhamos. No entanto, o advento da psicologia positiva e do positive coaching nos convidam a ampliar ainda mais esse conceito. E se em vez de enxergarmos apenas “quem somos”, buscássemos entender, também, “quem estamos nos tornando”? E se esse fosse o ponto de partida para desenvolvermos nosso potencial e trazermos à tona o que temos de melhor? Este é o foco do PsyCap, sigla em inglês de positive psychological capital, ou capital psicológico positivo. Considerado a base da liderança positiva,

o PsyCap é definido como um estado psicológico positivo de desenvolvimento

caracterizado por quatro capacidades resumidas pelo acrônimo HERO (ou herói em inglês). HERO significa:

Hope (esperança)
Efficacy/self-efficacy (eficácia/autoeficácia)
Resilience (resiliência)
Optmism (otimismo)

Os pesquisadores Luthans, Youssef e Avolio, que desenvolveram o conceito, explicam da seguinte forma as quatro capacidades que compõem o Psycap: 1 – Ter confiança (autoeficácia) para assumir desafios e despender o esforço necessário para ser bem-sucedido em tarefas desafiadoras.

2 – Fazer uma atribuição positiva (otimismo) em relação ao sucesso no presente e no futuro.

3 – Perseverar ao perseguir objetivos e, quando necessário, redirecionar os caminhos que levam a esses objetivos a fim de alcançar o sucesso (esperança).

4 – Quando afligido por problemas e adversidades, manter-se firme e retornar ao estado original, ou mesmo ir além do estado original (resiliência) para chegar ao sucesso.

Cabe notar que a autoeficácia, a esperança, a resiliência e o otimismo não foram escolhidos aleatoriamente para compor o PsyCap. De acordo com os autores, várias capacidades psicológicas positivas foram analisadas, estudadas e empiricamente testadas no contexto do ambiente de trabalhado. As quatro escolhidas destacaram-se por atenderem aos critérios das práticas baseadas em evidências, a saber: são apoiadas em teorias devidamente fundamentadas, possuem características específicas que podem ser desenvolvidas e mensuradas e, por fim, estão associadas à performance no trabalho e a outros resultados positivos.

A verificação de resultados positivos no ambiente de trabalho faz do PsyCap uma vantagem competitiva crucial para líderes e empresas. Estudos conduzidos por pesquisadores do capital psicológico positivo indicam que as quatro capacidades que o compõem não apenas se complementam, mas também se potencializam mutuamente, estimulando nos indivíduos uma propensão motivacional para atingirem objetivos e serem bem-sucedidos. Há, também, um crescente corpo de evidências indicando que o PsyCap está relacionado a comportamentos, atitudes e performance desejáveis por parte dos funcionários. Outros benefícios incluem redução do estresse, facilitação dos processos de mudança organizacional positiva e mediar a relação entre o clima organizacional e a performance dos funcionários. Tudo isso pode ser expresso em números. Segundo os pesquisadores, por meio da utilização do PsyCap Questionnaire – avaliação desenvolvida para mensurar diferentes aspectos do capital emocional positivo – foi possível demonstrar que o desenvolvimento do PsyCap pode gerar um retorno sobre o investimento superior a 200%.

E você, o que tem feito para desenvolver sua resiliência, esperança, autoeficácia e otimismo? De que forma você está contribuindo para elevar o PsyCap de sua empresa?

Psicologia Positiva e o Coaching

Continue lendo sobre Psicologia Positiva e o Coaching:

Psicologia Comportamental | Psicologia Cognitiva | Psicologia e Motivação | Psicologia Positiva | Psicologia da Motivação | Psicologia da Gestão do Tempo | Psicologia Positiva | Capital Psicológico