Neste mês separamos dois filmes que contam histórias de sobrevivência, superação, determinação e força de vontade!

Por que o filme “Homens de Honra” tem relação com o coaching?

O filme conta a história de Carl Brashear (Cuba Gooding Jr.), um jovem de humilde família negra que vivia na área rural do estado do Kentucky. Ainda jovem, Brashear alista-se na marinha em busca de um futuro melhor. Lá, descobre que os negros são hostilizados e que seu cargo é apenas de cozinheiro do navio.

Apesar do preconceito e da discriminação ele não desiste do sonho de ser marinheiro, mesmo após sofrer um acidente a bordo do navio que muda totalmente a sua vida.

O coaching contribui para que a força que existe dentro de cada uma das pessoas seja usada para superar os obstáculos da vida.  Nesta bela história, o personagem principal desenvolve suas competências e se mantém motivado para atingir o seu objetivo.

Qual a relação do processo de coaching e  o filme “Um Sonho de Liberdade”?

 

Andy Dufresne é um banqueiro bem sucedido que é condenado a cumprir a pena perpétua por um crime que ele não cometeu: o assassinato de sua esposa e do amante dela. O personagem  vive um verdadeiro pesadelo ao ser enviado para a Penitenciária Estadual de Shawshank, no Maine, considerada uma das piores dos EUA.

Mesmo sofrendo com as dificuldades da árdua vida na prisão, aos poucos Andy conquista a amizade de outros presos, principalmente a de Ellis Redding (Morgan Freeman), a quem confidencia seu desejo de fugir.

A dupla principal mantém um relacionamento que cresce lentamente, mas que em pequenos detalhes muda a vida dos dois.

Você deve estar se perguntando o que esse filme tem a ver com coaching? Não vamos contar o final do filme, mas adiantamos que a perseverança, a determinação e a força de vontade para encontrar meios de realizar seus sonhos, são forças utilizadas no processo de coaching que estão diretamente relacionadas ao filme.

Essa é mais uma dica da Sociedade Brasileira de Coaching sobre filmes inspiradores para você!