Posted in:

Gestão Empresarial: o que é, como aplicar e benefícios

gestao empresarial o que e como aplicar beneficios

Uma boa gestão empresarial é primordial para que um negócio se mantenha competitivo no mercado.

Afinal, ela é um importante instrumento para a melhoria constante de processos da empresa, para a criação de um ambiente de trabalho saudável e para a conquista de uma performance satisfatória.

Mas a gestão empresarial envolve diversos desafios no cotidiano do gestor.

São muitos problemas à vista e poucas mãos para resolver.

São muitas decisões à frente e poucas certezas no horizonte.

O gestor é exigido em uma série de competências e habilidades que muitas vezes não possui, mas pode desenvolver.

Então, quanto mais ferramentas, técnicas e modelos você conhecer, melhor conseguirá desempenhar seu papel.

Nas próximas linhas, reunimos insights e dicas importantes para a sua jornada.

Você vai saber o que é gestão empresarial, os benefícios dela e como fazer para ser bem-sucedido nos desafios diários em uma empresa.

Se você quer levar o controle da organização para um patamar mais elevado, siga a leitura.

O que é gestão empresarial?

gestao empresarial o que e

Gestão empresarial é um conjunto de estratégias focadas no crescimento do negócio e na conquista de melhores processos e resultados.

Essas estratégias envolvem, principalmente, três grandes recursos da empresa: pessoas, estrutura e finanças.

A gestão empresarial segue a lógica da melhoria constante: é preciso avaliar os índices do negócio para criar estratégias capazes de melhorá-los.

Assim, todas as ações relacionadas à estratégia da empresa entram na gestão, incluindo delegação de tarefas aos funcionários, a estruturação dos processos, o plano de vendas e a satisfação do cliente, por exemplo.

Peter Drucker, conhecido como o pai da administração moderna, afirma:

“O empreendedorismo é arriscado principalmente porque poucos dos chamados empreendedores sabem o que estão fazendo. Eles não têm a metodologia”.

A metodologia, nesse caso, é o tipo de gestão empresarial que você adota na sua empresa.

Conceito de gestão empresarial

O conceito de gestão empresarial é variado, já que a bibliografia da área é extensa.

Por isso, elencamos dois conceitos para você compreender melhor o assunto.

No livro Management (Houghton Mifflin Harcourt, 2009), Robert Kreitner traz esta descrição:

“Gestão é o processo de trabalhar com e através de outros para alcançar os objetivos organizacionais em um ambiente em mudança”.

Na visão de Henry Mintzberg, acadêmico renomado na área, esta seria a melhor definição:

“(Gestão) é uma prática que tem que combinar uma boa parte do artesanato, ou seja, experiência, com uma certa quantidade de arte, como visão e insight, e alguma ciência, especialmente na forma de análise e técnica”.

Qual a importância da gestão empresarial?

Melhorar a gestão empresarial é essencial para manter um negócio ativo e saudável.

O Guia de gestão empresarial do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae) ensina que, para entender a importância da gestão, é preciso pensar na empresa como um ser vivo.

“Da mesma forma que o organismo humano é constituído por sistemas como o circulatório, o respiratório e o digestivo, que precisam funcionar harmonicamente, a empresa também necessita ser compreendida com a visão de que um tecido com problema pode comprometer todo o empreendimento”, aponta o documento.

E isso só é possível por meio da gestão empresarial.

Sem ela, é praticamente impossível sobreviver em um mercado competitivo, pois sua empresa pode ficar para trás perante a concorrência.

Imagine tocar um negócio ignorando mensuração de dados, análise de metas, planejamento de ações e cobrança por resultados.

Ou liderar uma equipe sem a devida definição de cargos e tarefas, sem o registro de atividades, sem reconhecer desempenho, sem oferecer feedback

Na era do capital humano, uma empresa assim não consegue nem reter os melhores profissionais.

Ou seja, a importância da gestão empresarial é total.

Quais os benefícios da gestão empresarial?

gestao empresarial quais beneficios

A gestão empresarial traz benefícios para diferentes aspectos do negócio: processos, equipe, resultados e até mesmo na percepção do cliente.

Um dos principais ganhos é que a gestão permite criar processos bem definidos na empresa a partir de uma rotina produtiva organizada e otimizada.

Quando isso ocorre, a consequência direta é o aumento da produtividade entre a equipe.

Muitas vezes, a fluidez dos processos da empresa, melhorados constantemente por meio de estratégias de gestão, também impactam positivamente no ambiente de trabalho.

Isso permite que os colaboradores tenham a motivação necessária para elevar a performance do negócio.

O empresário americano Paul Hawken traz uma frase inspiradora para pensar no engajamento da equipe:

“Uma boa administração é a arte de tornar os problemas tão interessantes e suas soluções tão construtivas que todos querem trabalhar e lidar com eles”.

Além disso, vale destacar que a gestão, por ter foco no diagnóstico de pontos a serem melhorados na empresa, permite a criação de metas estratégicas.

A gestão empresarial permite lidar com as forças e fraquezas da empresa e com as ameaças e oportunidades do mercado- bem como pressupõe a Matriz SWOT.

O benefício disso é a evolução permanente do negócio e o ganho de competitividade perante os concorrentes.

Por fim, todo esse processo garante melhores entregas ao cliente, seja de um produto, seja de um serviço, aumentando a percepção de valor que ele tem da empresa.

Com tantos benefícios, uma afirmação é certa: a gestão empresarial nunca pode ficar em segundo plano.

Como posso aplicá-la na minha empresa?

gestao empresarial como posso aplica na minha empresa

Confira os quatro passos para aplicar a gestão empresarial no seu negócio:

1. Conheça a realidade da sua empresa

Para uma boa gestão, o primeiro passo é conhecer profundamente a empresa, fazendo um diagnóstico completo de todos os seus processos.

Isso permite encontrar os pontos que precisam de melhorias e que, portanto, devem ser prioridades na gestão.

Para esse mapeamento, a análise SWOT é uma ferramenta eficaz e relativamente simples que você pode aplicar no seu cotidiano de gestor.

2. Mapeie o mercado e mensure os perigos

Se você não está por dentro do que acontece no mercado, como aplicar as práticas mais eficientes e inovadoras na sua empresa?

Ficar de olho nas ferramentas, soluções e estratégias utilizadas pelos concorrentes é essencial para um olhar mais amplo sobre o seu próprio negócio.

Mas fique atento: também é a partir da avaliação do mercado que você irá perceber perigos para o seu negócio.

Isso vai desde o diferencial competitivo de uma empresa concorrente a crises no mercado em que você atua, por exemplo.

Portanto, mensurar esses perigos é uma forma de se manter prevenido contra fatores externos e de criar soluções inteligentes.

3. Mantenha um bom ambiente de trabalho

Um ambiente de trabalho saudável é primordial para que os profissionais se sintam motivados e engajados não só com o trabalho em equipe, mas com os objetivos da empresa.

A gestão empresarial também passa pela gestão de pessoas.

Por isso, o gestor sempre deve pensar em estratégias para facilitar a comunicação entre os colaboradores, resolver conflitos e manter um bom relacionamento no ambiente de trabalho.

4. Divulgue seu produto no mercado e mantenha as informações em dia

Será que você está divulgando o seu produto no mercado e atraindo os clientes para a sua empresa?

Pode ser que você tenha uma boa gestão dentro da empresa, mas se você não divulgá-la no mercado, de nada adianta.

Por isso, a gestão deve incluir uma boa estratégia de divulgação que, atualmente, compreende o marketing digital.

Se você não entende do assunto, sempre é válido contratar um profissional especializado para integrar o time da empresa.

Aliado a isso, você precisa manter as informações do seu negócio em dia, de maneira que tenha dados suficientes para analisar a performance.

Nesse caso, a dica é investir em um sistema de gestão, um ERP, que integra os dados da empresa e os mantém seguros.

Quais são os tipos de gestão empresarial?

gestao empresarial quais sao os tipos

Como existem diferentes tipos de gestão empresarial, listamos abaixo sete exemplos bastante utilizados:

1. Meritocrática

Nesse modelo, o foco é na performance dos colaboradores: aqueles com melhor desempenho e potencial são ainda mais valorizados.

2. Democrática

Em um texto para o site Leaders in Heels, a especialista em liderança Rosalind Cardinal afirma que esse estilo de gestão tem como objetivo construir compromisso e consenso entre os colaboradores.

Na gestão democrática, o gestor permite que os colaboradores auxiliem na tomada de decisão, em diferentes graus de abertura.

3. Autoritária

Nesse estilo de gestão, o foco principal é o gestor, enquanto os colaboradores têm pouco espaço para a tomada de decisão e a estratégia da empresa.

Para Rosalind Cardinal, esse tipo de líder define a visão para a equipe de forma clara e convincente, depois recua e permite que ela trabalhe.

Segundo ela, trata-se de um tipo de gestão ideal para uma equipe de profissionais inexperientes.

4. Cadeira de valor

A cadeia de valor é um modelo de gestão que toma como base todas as etapas do processo produtivo da empresa, de modo a identificar e fortalecer aqueles que agregam mais valor para a entrega do produto ao cliente.

Esse modelo foi criado por Michael Porter, renomado professor da Harvard Business School.

5. Ciclo de inovação

Uma gestão orientada à inovação é aquela que dá espaço para uma rotina criativa, de modo a encontrar maneiras de agilizar os processos da empresa e aumentar seu diferencial competitivo.

6. Foco nos processos

Nesse modelo, a gestão é voltada para os processos, com o objetivo de compreender como eles podem ser otimizados para aumentar os resultados.

7. Foco nos resultados

Nesse caso, o foco são os próprios resultados, deixando os processos em segundo plano.

Basicamente, esse modelo compreende que não importa qual processo seja adotado: se alcançar os resultados esperados, deve ser implementado.

Quais são as técnicas mais eficientes de gestão empresarial?

A seguir, conheça as quatro formas de deixar a gestão da sua empresa mais eficiente:

Gestão à vista

Essa técnica consiste em deixar à vista para todos os colaboradores da empresa informações importantes sobre a empresa, como índices de performance e códigos de conduta, por exemplo.

Isso permite um maior engajamento dos funcionários nos objetivos da empresa, uma vez que eles também adquirem uma visão ampla sobre o reflexo do trabalho nos resultados.

Além de uma equipe motivada, a gestão à vista permite que todos os colaboradores participem ativamente do processo de melhoria da empresa.

Gestão de resultados organizacionais

Esse conceito teve origem na década de 1950 a partir de Peter Drucker, quando o termo Management by Objectives (MBO) foi utilizado em seu livro The Practice of Management.

A gestão de resultados consiste em focar nas metas em vez dos processos, de modo que os funcionários direcionem seus esforços para os resultados esperados.

No próprio livro The Practice of Management (Elsevier, 2007), Drucker resume: “A performance empresarial, portanto, exige que cada trabalho seja direcionado para os objetivos de todo o negócio”.

Gestão de KPIs

KPIs são indicadores-chave de desempenho (do inglês, “Key Performance Indicators”).

Essa técnica de gestão, portanto, consiste em analisar indicadores relevantes do negócio, de modo a mapear quais pontos precisam de melhorias.

Em um artigo para o site The Balance, a profissional de marketing Laura Lake destaca que “Os KPIs ajudam as organizações a entenderem se estão indo na direção certa – e se não, onde precisam desviar sua atenção”.

Gestão de Performance Corporativa (CPM)

A gestão de performance corporativa é um método que analisa indicadores de desempenho, corrige eventuais erros nos processos da empresa e implementa melhorias.

Essa técnica de gestão é útil para uma tomada de decisão mais assertiva e o planejamento estratégico do negócio.

Um CPM (do inglês, “Corporate Performance Management”) é um software de gestão capaz de integrar os indicadores e dados da empresa para facilitar a vida do gestor.

Dicas de sistemas e softwares para melhor gestão empresarial

gestao empresarial dicas sistemas softwares para melhor

Com estas sugestões abaixo, sua gestão empresarial vai ganhar um bom upgrade:

Evernote

O Evernote é um software que permite o gerenciamento de projetos a partir da organização de ideias, listas de tarefas, prazos e compromissos de trabalho.

Entre as funcionalidades, também é possível adicionar notas e anexos no sistema para ter acesso fácil a eles.

DropBox

O DropBox é um sistema de armazenamento e compartilhamento de arquivos de forma centralizada.

Todas os seus documentos importantes ficam armazenados na nuvem e podem ser acessados de qualquer lugar, além de permitir que vários integrantes da equipe tenham acesso a eles.

Google Drive

A plataforma de colaboração e armazenamento de arquivos na nuvem do Google é uma excelente ferramenta para empresas que desejam maior segurança e praticidade ao lidar com documentos de texto, planilhas e fotos.

Com o Google Drive, você pode criar e compartilhar dados de Business Intelligence, por exemplo, ou os principais indicadores de desempenho do mês.

A solução se integra perfeitamente a outras ferramentas do Google, como o Gmail, que permite enviar os anexos diretamente para o Drive.

Trello

O Trello é um dos softwares de gestão de tarefas mais utilizados em todo o mundo.

O sistema permite que você organize pendências, projetos e ideias em um fluxo de trabalho semelhante ao utilizado em equipes de desenvolvimento de software.

Trata-se de uma maneira bastante interessante de começar um novo projeto e de acompanhar seu desenvolvimento.

CamScanner

O CamScanner é um aplicativo mobile que digitaliza, sincroniza e arquiva documentos.

O app também permite o compartilhamento dos arquivos com outras pessoas por meio de redes sociais e e-mail.

Como é o curso de gestão empresarial?

gestao empresarial como e curso

O curso de gestão empresarial é destinado à formação de novos gestores capacitados a lidar com o gerenciamento de uma empresa e seu planejamento financeiro.

Pós-graduação em gestão empresarial

Você já é gestor de uma empresa, mas quer se aprofundar ainda mais na área?

Então, o ideal é recorrer a uma pós-graduação em gestão empresarial ou a um MBA (Master in Business Administration).

O Ministério da Educação (MEC) define MBA como “curso de especialização em nível de pós-graduação na área de administração”.

Independentemente da sua escolha do curso ou instituição na qual irá realizar o curso, o fato é que você irá conhecer profundamente o funcionamento de aspectos importantes para qualquer negócio.

De modo geral, cursos de pós-graduação em gestão empresarial passam por conceitos de administração, ciências contábeis, economia, recursos humanos e marketing.

Qual a grade curricular do curso?

A grade curricular de cursos de gestão empresarial varia conforme o curso e a instituição.

Uma pós-graduação na área é capaz de aprofundar conceitos que já fazem parte do cotidiano do gestor.

De modo geral, a grade curricular inclui disciplinas relacionadas a temáticas como:

  • Análise de investimentos
  • Estratégias empresariais
  • Gestão de projetos
  • Gestão de pessoas
  • Gestão de marketing
  • Economia
  • Contabilidade
  • Administração financeira.

Quanto tempo dura o curso de gestão empresarial?

Um MBA ou pós-graduação em gestão empresarial deve ter, no mínimo, 360 horas de carga horária, conforme os requisitos do MEC.

Geralmente, as aulas são divididas por semestres com uma ou duas aulas por semana.

Portanto, se você pretende investir em um curso, tenha certeza de que poderá se comprometer com a carga horária prevista.

Existem bolsas para o curso de gestão empresarial?

Sim, no Brasil, há programas que oferecem bolsas para cursos de gestão empresarial, tanto no nível da graduação quanto pós-graduação.

Dois exemplos são os programa Quero Bolsa e Educa Mais Brasil.

A dica é mapear os programas de bolsas e conferir quais instituições são conveniadas.

Ou, então, fazer o caminho inverso: verificar quais programas são parceiros da instituição em que você deseja estudar.

Vale conferir se a própria instituição de sua preferência disponibiliza bolsas ou flexibilização no pagamento.

A gestão empresarial e o papel das organizações

gestao empresarial papel das organizacoes

Uma gestão empresarial eficiente não acontece sem que a organização cumpra seu papel na constante busca por melhoria, na abertura a mudanças e no engajamento da equipe.

Afinal, a organização deve conceder o suporte para que o gestor realize seu trabalho, certo?

Então, seu papel é, de modo geral, transmitir apoio à inovação, priorizar a otimização de processos e valorizar o capital humano.

Também é ela que define metas e tarefas para a equipe, além dos valores e missão da empresa.

Em outras palavras, a organização sustenta a estrutura do negócio, atuando como um instrumento relevante para a gestão empresarial.

Assim, se ambas não estiverem alinhadas, fica difícil fazer um bom trabalho de gestão.

Mas se a empresa tiver uma mentalidade que aceita mudanças, já é bom começo.

A gestão empresarial para micro e pequenas empresas

gestao empresarial para micro pequenas empresas

Agora você pode estar se perguntando: mas será que a gestão empresarial em uma micro ou pequena empresa funciona da mesma forma?

O fato é que existem algumas particularidades – que vamos abordar a seguir.

Como funciona a gestão empresarial em pequenas empresas

Em pequenas empresas, a gestão empresarial ocorre de uma forma menos abrangente.

Por exemplo: uma empresa de grande porte geralmente possui acionistas e investidores, que são uma preocupação direta da gestão.

Em uma pequena empresa, isso geralmente não acontece.

Mas isso não quer dizer que a gestão não seja responsável por diferentes aspectos do negócio.

Mesmo em pequenas empresas, a gestão inclui, por exemplo a estruturação da empresa (seus processos, equipe, estrutura organizacional), a gestão financeira, o marketing e a estratégia de crescimento e ganho de autoridade no mercado.

Tudo isso ao mesmo tempo em que o gestor fica responsável por refletir e incorporar estratégias para melhorar os processos da organização e a comunicação entre a equipe.

Conclusão

gestao empresarial conclusao

Com dicas deste artigo, você já está preparado para potencializar a gestão da sua empresa.

Que tal incorporar os métodos, sistemas e orientações deste texto para o seu dia a dia como gestor?

Como vimos, a gestão empresarial é imprescindível para que um negócio sobreviva no mercado competitivo em que vivemos.

Então, nada mais justo do que utilizar todas as estratégias ao seu alcance para garantir sucesso nessa tarefa.

E nessa jornada, vale a pena investir em cursos de pós-graduação na área e em processos de coaching, uma metodologia voltada ao desenvolvimento de competências e habilidades que podem fazer toda a diferença na sua capacidade de gestão e liderança.

Gostou das dicas deste artigo?

Então, compartilhe nas suas redes sociais e não se esqueça de deixar um comentário abaixo.