Posted in:

Gestor: o que é, principais características e desafios

crenca limitante como superar

Você sabe o que é, realmente, ser um gestor?

Ser gestor tem a ver com liderança e responsabilidade. Entende melhor neste artigo.

Tornar-se gestor é a meta de muitos trabalhadores. Já alguns outros, enxergam a posição como desnecessária. Essa concepção, no entanto, não poderia estar mais errada: a gestão é fundamental para garantir o bom funcionamento de qualquer empresa.

Não dedicar a devida atenção à gestão pode ser um erro muito grave, embora muito comum. Em parte, isso se dá ao fato de que nem todos entendem qual é a real função do gestor, e porque esse é um cargo tão importante.

Quer mais dicas sobre a importância da boa liderança no desempenho de equipes e empresas? Leia também esse outro conteúdo que preparamos esclarecendo o assunto!

Se você tem dúvidas sobre o que é ser um gestor e quais são as responsabilidades deste cargo, está no lugar certo! Nesse post, vamos explicar tudo o que você precisa saber sobre ser um gestor. Conheça os principais desafios dessa função, entenda sua importância e saiba como você pode alcançar o objetivo de tornar-se um gestor. Continue lendo e confira:

Tudo isso é muito importante, mas existe algo fundamental para colocar em prática:
Você precisa de ter hábitos certos, que vão te colocar em ação.


Pensando nisso, criamos um material que vai te ajudar a ser mais feliz e realizado através de hábitos de sucesso.

Clique aqui para ter acesso ao material e participar de um encontro online, onde Villela da Matta vai te dar mais conhecimento sobre este tema.

Continuando...

O que é ser gestor?

Gestor é uma palavra utilizada para designar aquele que é responsável por administrar e coordenar as atividades de sua área. Trata-se de um termo comum no mundo corporativo e administrativo.

gestor introducao

Normalmente, os cargos de gestão exigem que o profissional possua um bom conhecimento dos requisitos técnicos de cada processo. Isso porque, além de ser o responsável pela liderança e organização dos processos, é preciso que ele compreenda quais as melhores formas de trabalhar.

O gestor trabalha juntamente com sua equipe para garantir que os objetivos e metas estabelecidos poderão ser cumpridos. Um bom gestor, no entanto, faz muito mais do que otimizar procedimentos. Age como facilitador, coordenando a delegação de tarefas e organização de cronogramas. Além disso, também garante que a comunicação e interação entre a equipe e com outros setores da empresa seja eficiente.

É importante ressaltar que ser gestor não é o mesmo que ser gerente: apesar das semelhanças, esses são dois cargos distintos.

Diferença entre gestor e gerente

É muito comum encontrar confusão entre esses dois termos. Muitas pessoas acham que gestor e gerente são sinônimos, que esses profissionais fazem a mesma coisa. No entanto, existem algumas diferenças.

gestor gerente
Qual é a diferença entre um gestor e um gerente?

Entenda melhor:

O gerente possui um papel mais administrativo, estando focado principalmente no desenvolvimento de estratégias de negócio e no gerenciamento sistêmico de determinados setores do negócio. Já o gestor atua com maior proximidade da equipe, criando um cenário mais favorável para sua equipe.

O trabalho do gestor, portanto, inclui tornar o ambiente, os relacionamentos e as interações entre a equipe e empresa melhores. Contando com relações mais harmoniosas, é possível tornar os processos diários mais eficientes.

Os papéis do gestor e do gerente, portanto, são complementares. O gerente define as metas e realiza o planejamento estratégico de todos os procedimentos. Enquanto isso, o gestor articula essas decisões com a equipe, agindo como facilitador para que as metas possam ser alcançadas.

Quais as principais características de um bom gestor?

Um gestor é, essencialmente, um líder. Por isso, seu papel é extremamente importante na motivação, união e eficiência da equipe. No entanto, como todo cargo de liderança, ser gestor exige um conjunto de habilidades bem específicas.

gestor habilidades
Um bom gestor possui habilidades e características que o destacam.

A boa notícia é que essas habilidades podem ser aprendidas e desenvolvidas. Lembre-se: a autoavaliação e automelhora são passos importantes para continuar avançando na sua carreira.

Confira a seguir as oito habilidades mais importantes em um bom gestor:

1: Automotivação

Como todo líder que trabalha de perto com sua equipe, um gestor deve possuir boas capacidades de motivação, inclusive para si mesmo. É muito fácil para colaboradores identificar gestores desmotivados e que não acreditam no trabalho que estão realizando.

Dessa forma, manter-se motivado e com foco nos objetivos e metas é importantíssimo. Essas sensações são transmitidas para a equipe, que precisa saber que está sendo liderada por alguém que acredita no potencial deles e do trabalho que estão realizando.

2: Proatividade

Um bom líder sempre está procurando maneiras de melhorar os resultados – os seus e os de sua equipe. A proatividade é uma característica importantíssima para gestores de todos os setores.

É claro, os gestores receberão instruções dos gerentes, que são responsáveis pelo planejamento estratégico. No entanto, a capacidade de se adaptar, tomar decisões e elaborar soluções mais eficientes é mais do que essencial, especialmente em setores menos previsíveis.

O bom gestor está sempre identificando problemas e sugerindo novas maneiras de lidar com os processos, em busca de melhorar tanto o produto final quanto o dia a dia da equipe.

gestor proativo
A proatividade é essencial para bons gestores.

3: Liderança

Saber liderar é muito mais do que delegar tarefas. Um bom líder motiva sua equipe, confia no trabalho dos profissionais com quem conta e ainda inspira todos a darem seu melhor.

Aprender sobre liderança é um passo importantíssimo para sua carreira, mesmo que seu objetivo não seja uma posição de gestor. Um bom líder tem inúmeras características positivas que são sempre visadas por recrutadores e , principalmente, em situações de promoções.

Liderar bem incluir motivas, fazer-se disponível e melhorar a comunicação entre os colaboradores. Aprenda mais sobre liderança nesse link!

4: Boa comunicação e Assertividade

Comunicar-se de maneira clara e assertiva é essencial para profissionais de todos os segmentos. Essa habilidade se torna ainda mais importante em posições de liderança, como é o caso do gestor.

O gestor deve ser capaz de delegar tarefas de forma que não sobrem dúvidas sobre os procedimentos a serem realizados. Além disso, deve saber como manter sua posição, ser flexível e negociar com sua equipe e com a gerência.

O gestor é um facilitador. Ou seja, faz a intermediação entre colaboradores e empresa. Por isso, comunicar-se claramente é um dos principais requisitos para essas funções.

5: Gerenciamento de Conflitos

Quem já está inserindo no meio corporativo sabe que os conflitos acabam sendo inevitáveis. Afinal, colaboradores diferentes possuem ideias diferentes, o que é ótimo. Com uma boa comunicação estabelecida, essa troca de pontos de vista é capaz de enriquecer muito a experiência e o trabalho de todos.

No entanto, para que isso aconteça, a troca precisa ser viabilizada por um gestor que possua ótimas capacidades de gerenciar e solucionar conflitos.  

gestor proatividade
Um bom gestor deve saber como manejar relacionamentos e conflitos.

6: Planejamento estratégico

Por mais que o planejamento estratégico dos processos e metas seja uma responsabilidade do gerente, isso não significa que o gestor não precisa possuir essas habilidades. Muitas vezes, decisões precisam ser tomadas de maneira ágil. É importante que o gestor, portanto, consiga avaliar e selecionar os melhores cursos de ação.

Além disso, a tomada de decisões estratégica não está envolvida apenas com os procedimentos e objetivos da empresa. O gestor deve escolher com cuidado quais tarefas delegar, quais são os membros de sua equipe que mais se adequam à execução e, principalmente, como manejar as comunicações para que as metas sejam alcançadas.

7: Sempre se atualizar

Um bom gestor nunca acha que já sabe o suficiente. As práticas de administração estão em frequente evolução. Além disso, o mercado também é extremamente dinâmico, exigindo que os profissionais de todos os setores estejam sempre aprendendo coisas novas.

Um bom gestor está sempre disposto a continuar evoluindo. Seja fazendo cursos de atualização, desenvolvendo novas habilidades através de processos como o Coaching ou aprendendo com os seus liderados, a atualização constante é fundamental.

8: Maturidade profissional

Não dá para fugir desse fato: um gestor precisa conhecer muito bem a área em que trabalha. Primeiramente por questões bastante pragmáticas: ele deverá tomar decisões e definir estratégias importantes para a realização das metas. Isso pode ser feito apenas por um profissional que conhece o mercado onde está inserido.

Mas esse não é o único motivo. A equipe confia muito mais em gestores que entendem bem o que eles fazem e sabem valorizar seu esforço.

gestor maturidade
A maturidade profissional é essencial para se tornar um gestor eficiente.

O que esperar da rotina de um gestor?

Agora que você já conhece as principais características de um bom gestor, é hora de compreender melhor o que esse profissional faz. Entender a rotina que você pode esperar desse cargo, afinal, é uma ótima maneira de definir se esse é um caminho que você deseja trilhar.

Já definimos que um gestor trabalha junto à equipe, os auxiliando e guiando conforme necessário. No entanto, existem algumas áreas diferentes da gestão, e cada uma tem os seus próprios desafios. Confira alguns exemplos:

  • Gestão de projetos;
  • Gestão de planejamento;
  • Gestão de orçamento;
  • Gestão de resultados;
  • Gestão de entregas;
  • Gestão de pessoas;
  • Gestão de equipe;

As atribuições mudam bastante de área para área, mas existe uma coisa em comum entre todas elas: o gestor monitora, auxilia e possibilita que a equipe alcança o seu melhor desempenho possível.

Quais os principais desafios que os gestores enfrentam?

Como toda função de liderança, ser gestor pode apresentar inúmeros desafios para o colaborador que conquista esse cargo. Confira alguns dos desafios mais comuns no dia a dia das empresas:

Colaboradores excessivamente dependentes

É muito comum que responsabilidades que devem ser da equipe sejam repassadas ao gestor. É preciso que o líder saiba definir o que só pode ser resolvido por ele e o que a equipe deve articular entre si.

Idealmente, o gestor interfere o mínimo possível na organização das equipes, seja no método de trabalho quanto na negociação de prazos e outros acordos. No entanto, é comum que os colaboradores estejam acostumados com gestores controladores, que cuidam de todos os detalhes para ele.

Incentivar a independência e proatividade pode ser um enorme desafio, mas que certamente valerá à pena em um cenário de longo prazo.

Dificuldades em delegação

Como citamos no tópico anterior, é muito comum que gestores possuam dificuldades em delegar tarefas e responsabilidades. Esse desafio provavelmente se origina na cultura de uma liderança mais autoritária e controladora, que aos poucos está se dissolvendo.

É importante que o gestor aprenda a delegar responsabilidades e confiar em sua equipe para que elas sejam cumpridas. Um líder que está sempre controlando todos os aspectos do trabalho acaba rapidamente sobrecarregado, além de sufocar e desmotivar a equipe.

Problemas de relacionamento entre colaboradores

Como em todo ambiente social, os relacionamentos nem sempre são perfeitos entre todas as pessoas. Como facilitador, o gestor deve possuir boas habilidades de resolução de conflitos, além de ser capaz de mediar as comunicações.

Os problemas de relacionamento, no entanto, não estão sob controle direto do gestor. Por isso esse é um desafio tão grande – e frequente. Apesar da dificuldade, bons gestores frequentemente são capazes de amenizar e até mesmo solucionar esse tipo de situação.

gestor relacionamento
Um gestor precisa tomar muitas decisões e manejar os relacionamentos na equipe.

Ausência de comunicação eficiente

Uma empresa é normalmente formada de diversos setores, e cada um deles funciona como um organismo único. Quanto maior a empresa, no entanto, maior a probabilidade de que surjam problemas na comunicação entre esses setores. Mesmo em empresas pequenas, existem muitos fatores que podem contribuir para uma comunicação menos eficiente.

A falta de comunicação ou comunicação inadequada entre setores é um desafio constante para gestores. Como precisam articular essas informações entre equipes e gerências, eles precisam que todos os envolvidos forneçam dados precisos.

Muitas vezes, resolver esse tipo de problema pode incluir realizar processos de coaching junto com as equipes. Essa pode ser uma forma muito eficiente de ampliar as habilidades de comunicação e expressão dos colaboradores.

Como identificar se alguém está pronto para ser um gestor?

Entre todas as qualidades de um bom gestor que foram apontadas nesse textos, destaca-se a maturidade profissional. Essa característica é uma das mais importantes ao identificar se um funcionário está ou não pronto para assumir um cargo de gestor.

A maturidade profissional não se trata apenas de conhecimento teórico e prático na área de atuação. Ela engloba o conhecimento do funcionamento do mercado e da empresa, além de outras habilidades que são desenvolvidas com o tempo e experiência.

Isso não significa que apenas pessoas que trabalhem muito tempo em uma área possam ser gestores. A maturidade profissional chega em ritmos diferentes. Também é possível adquirir esse tipo de insight através de conversas com gestores experientes ou até mesmo através do Coaching.

Profissionais responsáveis, proativos e com boas habilidades de motivação e comunicação, em geral, estão prontos para se tornarem gestores. Esse cargo deve ser ocupado por alguém que compreenda as responsabilidades que ele traz e que esteja disposto não apenas a dar o seu melhor, mas a inspirar sua equipe a fazer o mesmo.

colaboradores gestor
Colaboradores proativos, criativos e com boas habilidades sociais podem se tornar ótimos gestores.

Como posso me tornar um gestor?

Tornar-se gestor é o objetivo de muitos colaboradores. Afinal, trata-se de uma posição que oferece maior estabilidade e uma remuneração mais alta. No entanto, é preciso, antes de mais nada, considerar alguns fatores importantes:

  • Você conhece as responsabilidades que estará assumindo?
  • Você está preparando e refinando suas habilidades de comunicação e liderança?
  • Você está apto a manter-se motivado e motivar outros?
  • Você conhece bem o mercado que está inserido?

Com essas perguntas respondidas, você pode conquistar um cargo de gestor de duas maneiras: esperando uma posição na sua empresa atual ou procurando um emprego especificamente na área.

Em ambos os casos, é essencial demonstrar proatividade e interesse. Realizar cursos de especialização voltados para gestores (essas formações existem em praticamente todas as áreas!) pode ser um ótimo começo. Caso você sinta que precisa desenvolver melhor suas capacidades de motivar, liderar e se comunicar, conheça também nossa formação em coaching de liderança.

No mais, esteja sempre de olho nas oportunidades e não hesite! Lembre-se: sair de sua zona de conforto é essencial para crescer. É impossível seguir em frente sem arriscar algumas coisas ou eventualmente cometer alguns erros, por isso, não desista!

seja persistente
Seja persistente e esteja sempre se atualizando para se tornar um gestor.

Conclusão

A posição de gestor é um dos componentes mais importantes no bom funcionamento de uma empresa. Apesar do termo levantar muitas dúvidas, essa é uma função bem definida e que exige competências bastante específicas.

O gestor é responsável pela articulação entre equipes e gerência, trabalhando junto aos colaboradores para garantir que as metas sejam cumpridas e que as necessidades da equipe sejam atendidas. Ele também deve ser capaz de motivar seus liderados, ser uma pessoa proativa e flexível e possuir boas habilidades de comunicação.

Em resumo, um bom gestor precisa ser assertivo, claro e entender bem quando e como delegar responsabilidades. Além disso, precisa confiar na sua equipe – e inspirar ela a confiar nele também. O gestor é um mediador e facilitador, e uma peça essencial para garantir que os melhores resultados possíveis sejam alcançados.

Quer saber mais sobre liderança e motivação? Confira essas dicas que preparamos especialmente para quem, assim como você, quer estar em constante evolução:

Nesse artigo, você aprendeu tudo o que precisa saber para dar mais esse passo em frente e avançar na sua carreira! Se você pretende ser um gestor, não deixe de conferir nossas formações em coaching: certamente elas serão muito úteis nessa jornada.

E então, tirou todas as suas dúvidas? Divida conosco nos comentários suas experiências mais marcantes com a gestão, e não esqueça de perguntar se ainda sente que precisa esclarecer algo!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *