Posted in:

Como ser um bom líder em qualquer empresa

“A vida está constantemente testando nosso grau de comprometimento. As maiores recompensas são reservadas àqueles que demonstram o inesgotável comprometimento de agir até vencer. Esse grau de determinação pode mover montanhas”. Anthony Robbins

Assim como no xadrez, ser um bom líder envolve estratégia e tática e nunca, o fator sorte.

O enxadrista entrega-se completamente ao jogo fundindo-se ao tabuleiro. Peão, Torre, Cavalo, Bispo, Rainha e Rei. Cada peça possui sua maneira única de se mover.  Cada movimento é cuidadosamente estudado e muitas vezes, uma peça tem a função única de proteção ao Rei evitando o xeque-mate.

Utilizando esta metáfora, podemos dizer que a chave mestra para um bom líder se destacar dentro da organização é saber movimentar as peças certas nos momentos mais críticos da partida.

Infelizmente em muitas organizações, os cargos de liderança são ocupados por pessoas que não foram preparadas para este posto.

bom lider empresa

Nas pequenas e médias empresas esse cenário ainda é mais comum, visto que o critério para a ascensão no organograma é pautado no nível de confiança que o proprietário ou o presidente possui no candidato a líder, ao invés de adotar como critério, o perfil e competências inerentes a este cargo.

Visando diminuir este tipo de falha, as empresas passaram a destinar grande parte dos investimentos do setor de Recursos Humanos no desenvolvimento de novas lideranças visto que, segundo a pesquisa publicada da Bloomberg Businessweek/Hay Group Best Companies for Leadership Survey:

para 95% das 20 organizações que se destacam pela excelência de sua liderança, os esforços para desenvolver novos líderes tornam os executivos mais bem preparados para atingir os resultados organizacionais

É fato que as empresas possuem um papel crucial no desenvolvimento de seus líderes, mas é o alto grau de comprometimento, responsabilidade e ownership, somados ao aprimoramento das competências, que separam os líderes medíocres dos excelentes.

O que é ser um líder?

Imagine mais uma vez o tabuleiro de xadrez.

Antes de iniciar o jogo, as peças são posicionadas, o cronômetro zerado e as primeiras estratégias traçadas.

Conforme os movimentos são realizados, os jogadores estudam as posições, o papel de cada peça naquele minuto da partida; apenas o movimento certo levará à vitória.

É assim também o papel do líder; cabe a ele analisar o capital humano disponível em  sua equipe, conectá-lo ao propósito da empresa e complementar suas forças e talentos através do trabalho do grupo.

E que grande desafio é esse!

Para se jogar xadrez, é necessário conhecer as regras, o movimento das peças, o timing ideal e sempre estar um passo à frente do adversário.

bom lider empresa xadrez

Como citado em dos episódios da série “Lie to me”, “Um bom jogador de xadrez pensa cinco movimentos à frente. Um ótimo jogador pensa um movimento à frente, mas sempre é o movimento certo”. Assim também é no mundo corporativo.

O verdadeiro líder é aquele que conhece as suas forças, os seus valores, as forças e valores de cada membro de sua equipe e as utiliza na potencialidade máxima para movimentar, inspirar, engajar e conduzir sua equipe a vencer os desafios cotidianos e a cumprir as metas em direção à visão da empresa.

As principais características e atitudes de um líder de sucesso

O líder de sucesso é aquele:

  • É empenhado no futuro a ser criado com base na visão da organização;
  • Tem foco maior nos resultados;
  • Analisa o desempenho da equipe e do negócio como um todo;
  • Antecipa problemas e necessidades;
  • Articula estratégias e recursos;
  • É fonte de inspiração, gerando seguidores;
  • Estimula a equipe a pensar em suas próprias soluções;
  • Apoia o desenvolvimento dos membros do seu time;
  • Exerce constantemente o papel de coach.

Além disso, o líder trabalha incansavelmente no desenvolvimento de novas competências e no aprimoramento das já existentes, afinal, a essência do líder é intrínseca, mas os comportamentos podem ser lapidados.

Pesquisas demonstram que os profissionais que alcançam mais rapidamente o sucesso em suas carreiras sabem como:

  • Administrar o tempo com eficácia:

O líder que domina as técnicas e ferramentas necessárias para gerir o tempo com a máxima eficácia tende a organizar suas atividades de modo mais saudável e produtivo, priorizando e alcançando seus objetivos e aumentando exponencialmente a sua produtividade.

Ter domínio sobre seu tempo significa mais do que trabalhar 8, 10, 12 horas por dia; significa utilizar essas horas em seu favor, em favor de sua visão e da visão da empresa.

Lembre-se que seus liderados espelham-se em você: um líder que nunca tem tempo para ouvir, auxiliar e desenvolver é um líder falho na administração deste recurso e criará a cultura do “não tenho tempo”.

bom lider relógio

  • Delegar tarefas:

Delegar eficientemente tarefas garante a fluidez e agilidade nos processos, estimula o aprendizado e a performance de sua equipe e ainda evita que o líder se sobrecarregue.

Muitos líderes possuem algumas crenças que dificultam a delegação. São elas: “é mais rápido fazer do que explicar”, “os funcionários não sabem fazer sozinhos” ou “um bom líder tem que dar conta de tudo”.

Entender que a delegação incentiva o crescimento da equipe como um todo (pois expõe os profissionais a novos desafios de carreira), permite a abertura para o desenvolvimento desta competência.

  • Tomar decisões rápidas e assertivas:

Aprender a ser líder inclui desenvolver a consciência que tomar decisões é o processo de escolher, entre várias opções, a que possui a maior probabilidade de conduzir a um resultado esperado; é trocar o perfeito pelo eficaz, manter a mente aberta, fazer simulações mentais, implementar, e acima de tudo, ser flexível.

  • Resolver problemas independentemente de sua complexidade:

O bom líder é aquele que está preparado para resolver problemas com rapidez, aumentando sua produtividade e diminuindo o seu stress e de sua equipe.

É aquele que possui uma atitude positiva e que encara o problema como o processo de usar habilidades e recursos para reduzir ou eliminar a diferença entre a situação desejada e a situação atual e que sabe priorizar os desafios em função da urgência, gravidade, consequências negativas e benefícios na resolução.

  • Administrar as diferentes etapas do conflito:

Quem nunca se viu no papel de protagonista, coadjuvante ou plateia de um conflito dentro do ambiente corporativo?

Prevenir e administrar conflitos com mais rapidez e eficácia, transformá-los em uma forma criativa a serviço do crescimento, da inovação dos resultados organizacionais passou a ser um dos grandes desafios dos líderes de hoje.

bom lider disputa

  • Produzir resultados através de reuniões eficazes:

Suas reuniões são eficazes? Produzem o resultado esperado? São assertivas, diretas, organizadas e focadas?

Se a resposta foi não, saiba que preparar, conduzir e finalizar reuniões transformando-as em uma ferramenta eficaz para brainstorm, análise de resultados e implementação de melhoria, é uma competência!

Segundo a pesquisa da Meetings in America: A Study os Trends, Costs and Attitudes Toward Business Travel, Teleconferencing and Their Impact on Productivit, detectou os sintomas da “Síndrome das Reuniões Entediantes”:

  • 91% das pessoas que participaram de reuniões admitiram que costumam devanear;
  • 96% disseram que fazem o possível para evitá-las;
  • 34% confessaram que não conseguem evitar o sono.
  •  Comunicar-se:

Liderar é comunicar-se. Um líder está sempre se comunicando com o público interno da empresa para garantir que as coisas sejam feitas, e com o público externo para garantir um bom relacionamento com clientes fornecedores e a sociedade em geral.

Inúmeras pesquisas demonstram que há uma ligação direta entre a performance e comunicação estratégica. Um estudo da Mercer Consulting (What is Working. Communication Practice) revelou que:

  • Em empresas nas quais, segundo os funcionários, a liderança comunica claramente a visão de futuro da organização, apenas 7% dos empregados se sentem insatisfeitos;
  •  Em empresas nas quais a visão e o direcionamento não são comunicados, o nível de insatisfação sobre para 39%.”

Uma comunicação só é eficiente quando o receptor é capaz de entender exatamente aquilo que o emissor desejou comunicar.

Você é um comunicador eficiente? O que é pedido a seus liderados, eles cumprem na integra?

  • Desenvolver o capital humano:

Desenvolver o capital humano é assegurar o aumento da competividade, performance e dos resultados da empresa, incluindo satisfação do consumidor e melhoria do fluxo de trabalho.

Faça uma breve reflexão: De 0 a 10, qual seu nível de influência direta nos níveis de engajamento, comprometimento, motivação e satisfação de seus funcionários?

Se sua resposta ficou abaixo de sete, saiba que é hora de ligar o alerta vermelho e desenhar um plano de desenvolvimento desta habilidade.

  • Dar Feedback e fazer Follow-up de forma eficaz:

Muitos líderes reclamam do desempenho de sua equipe, da falta de proatividade, dos relatórios entregues com atraso e da falta de qualidade na execução das tarefas, entretanto a maioria dos comandados não sabem responder com precisão o que é esperado deles no que tange ao cumprimento de metas e objetivos, ou mesmo, conhecem detalhadamente o escopo de seu cargo.

Em incontáveis vezes um liderado recebe uma tarefa sem um briefing claro do que deve ser feito, ou seja, ele não sabe o que fazer, como, o por quê e quando.

Bons líderes são aqueles que comunicam com clareza e detalhadamente o que deve ser feito, checando o entendimento do que foi determinado, validando os recursos necessários (desde treinamentos até recursos materiais/físicos), gerando comprometimento e o mais importante, determinando o prazo de entrega ou finalização.

Alguns líderes passam pelas etapas do briefing, mas pecam na fase do follow-up e feedback. Não acompanham o status de projetos, execução e entregas de tarefas intermediárias e a qualidade do material que está sendo produzido, ficando sujeitos a desagradáveis surpresas e possíveis atrasos.

E o que falar do feedback? Muitas vezes esta é uma fase inexistente no processo, ou quando existe, tem ênfase apenas no negativo.

Dar feedback construtivo (seja ele positivo ou de melhoria) aumenta a qualidade do trabalho, engaja, direciona e gera a sensação de reconhecimento do trabalho.

bom lider empatia

Você é um líder nota dez?

Para saber a quantas anda seu nível de competências de liderança, faça o seguinte exercício (no coaching chamamos esta ferramenta de Roda de Competências):

Passo 1 – Transcreva para um papel ou uma planilha as competências acima, ou outras mais que achar necessárias acrescentar ao seu perfil de liderança, apenas tendo o cuidado de fazer uma lista de não ultrapasse 8 competências (uma lista muito extensa pode distorcer ou tirar seu foco).

Passo 2 – Responda a seguinte pergunta para cada uma das competências: “De 0 a 10, quanto possuo de habilidade nesta competência?”

Passo 3 – Eleja em qual ordem as competências serão desenvolvidas ou aprimoradas, sempre em função de sua visão de futuro.

Dicas para a utilização da ferramenta:

  • Para avaliar seu grau de habilidade em cada competência, utilize uma pessoa modelo, ou seja, pense e analise um líder que você admira (pode ser uma figura pública ou do seu círculo de relacionamentos) e faça a seguinte pergunta: “Se eu comparar meu nível de habilidade na competência “gestão do tempo” com o nível de habilidade da competência de “Villela da Mata”, de 0 a 10, qual seria minha real nota?
  • Para que a priorização das competências seja mais efetiva, pergunte-se qual das competências trará o maior resultado, em menor tempo e com menor esforço.
  • Se tiver dúvidas quanto a nota que colocou para cada competência ou se elegeu a corretamente a prioridade, valide-as com um par ou com seu líder imediato. Escolha alguém em quem você confie (não necessariamente que seja seu amigo), mas que tenha um olhar crítico.
  • Este exercício pode ser feito periodicamente (com espaçamento médio de 3 meses para cada competência); ele servirá de parâmetro para sua autoavaliação e servirá como uma forma de “renovar” as competências a serem desenvolvidas.

Após identificar quais são seus principais gaps (ou seja, identificar o que deve ser desenvolvido ou aprimorado), é hora de elaborar um plano de ação para trabalhar estas competências:

  • Determine os recursos necessários, seja por meio de cursos, treinamentos, workshops que lhe ensinem ferramentas;
  • Determine o prazo (ou seja, quando serão realizados) e qual a melhor forma de colocar todo esse conhecimento em prática no seu dia-a-dia.
  • Mensure os resultados em períodos pré-determinados; para isso, você pode utilizar uma ferramenta de avaliação, na qual seus subordinados, pares e líderes pontuem as competências escolhidas para o desenvolvimento.

Esteja sempre aberto a feedback; entenda-o como um presente, uma oportunidade para se tornar um líder melhor, mais eficiente e justo.

Dicas de Coachs: Como ser um líder de sucesso em qualquer empresa?

  • Conheça o que motiva sua equipe;
  • Busque significado: conheça os pontos fortes de cada membro de sua equipe, forças de assinatura, características, talentos que proporcionam sinergia com os valores da empresa;
  • Coloque os funcionários para colaborar dentro das características pessoais e profissionais;
  • Crie conexão com sua equipe;
  • Fortaleça a confiança: assuma riscos, busque desafios, controle a ansiedade, mantenha a determinação e a motivação;
  • Adote um ponto de vista positivo: desenvolva um modo mais construtivo de ver o mundo e converta as dificuldades em oportunidades;
  • Faça uso de assessments para conhecer-se e aprimorar-se: o Alpha® ajuda a detectar os valores e o riscos no seu perfil de liderança, transformando o nível de competitividade em orientação a resultados, impaciência em senso de urgência e hostilidade e agressividade em assertividade, e o VIA Character®, para detectar suas forças de assinatura e utilizá-las de forma exponencial;
  • Prepare e desenvolva novas lideranças: líderes excelentes não tem medo da “concorrência”;
  • Peça e aceite feedback;
  • Aprimore-se constantemente;
  • Contrate um coach para auxiliá-lo na elaboração de sua estratégia de desenvolvimento.

bom lider empatia equipe

Liderança é uma força – Exercícios práticos

Quanto mais você se torna um líder internamente, mais eficiente se tornará em todas as suas atividades de liderança externa” – Brian Tracy

A liderança, seja ela interna ou externa, pessoal ou profissional, pode ser exercitada e praticada nos mais diferentes ambientes.

Estes exercícios permitirão que você se torne um líder em qualquer empresa e em qualquer cenário:

  • Lidere uma atividade, tarefa ou um projeto e deixe que seu pessoal se expresse;
  • Considere modelos de condutas importantes – no passado e no presente – em sua vida e reflita: Quais comportamentos foram demonstrados? Quais padrões foram estabelecidos? Quais características de liderança poderiam ser as melhores e ser replicadas?
  • Seja o organizador de eventos e tarefas; procure oportunidades para praticar e assumir um papel de liderança em atividades, grupos e organizações, não importa quão pequena seja a responsabilidade.

Como a formação em coach pode ajudar na formação de um bom líder?

A formação em coach permite que você:

  • Foque no futuro, nas soluções e nas pessoas;
  • Auxilie as pessoas a analisar seu próprio desempenho e utilizar seus próprios recursos;
  • Antecipe problemas e necessidades;
  • Determine objetivos pessoais e profissionais claros;
  • Trace planos de ação bem estruturados.

O líder é que aquele que entende de pessoas, sabe se comunicar com elas, sabe motivar e engajar, para juntos alcançar a visão do time e da empresa; que conhece seus pontos fortes e os pontos de melhoria, e que trabalha para ser melhor a cada dia, comprometendo-se e responsabilizando-se por seu resultado.

Envolva-se com sua equipe, esteja pronto para apoiar e incentive o desenvolvimento de cada um!

Como sempre digo aos meus clientes: “O verdadeiro líder é aquele que inspira e forma líderes melhores que ele mesmo”.

Confira no vídeo abaixo mais dicas de como se tornar um líder com excepcional:

Dicas de livros sobre liderança:

  •  Coach

Ane Araújo

Editora Gente

bom lider engajemento total

  • Engajamento Total

Villela da Mata, Brian Tracy e Flora Victoria

Sociedade Brasileira de Coaching

Fonte de referência:

Villela da Matta e Flora Victoria

Sociedade Brasileira de Coaching

Villela da Matta e Flora Victoria

Sociedade Brasileira de Coaching

Villela da Matta e Flora Victoria

Sociedade Brasileira de Coaching

  • Livro: Coach

Ane Araújo

Editora Gente

Villela da Mata e Flora Victoria

Sociedade Brasileira de Coach

  • Programa Sucesso em Liderança

Brian Tracy

Sociedade Brasileira de Coaching

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *