Posted in:

Martin Seligman e a Psicologia Positiva: O Guia Completo

martin seligman psicologia positiva guia completo

Já ouviu falar em Martin Seligman, o pai da psicologia positiva?
Esta é a hora de aprender mais sobre ele.
Esse ramo da psicologia criada pelo psicólogo americano pode ser muito útil na sua jornada de autoconhecimento e desenvolvimento pessoal.
Sabe por quê?
Porque ela se concentra nas forças (cognitivas, emocionais, relacionais e cívicas) e virtudes (coragem, sabedoria, justiça, temperamento, humanidade e transcendência) do indivíduo
Dessa forma, permite que você tenha benefícios práticos no dia a dia.
Combinada com o coaching, essa abordagem de Martin Seligman pode ajudar a atingir seus objetivos e trazer para mais perto o futuro que você almeja.
Parece uma boa ideia?
Então, siga a leitura.

Quem é Martin Seligman?

martin seligman quem e
Martin Seligman é um psicólogo americano, professor da Universidade da Pensilvânia e ex-presidente da Associação Americana de Psicologia.
Ele é conhecido mundialmente como o criador da psicologia positiva, que busca uma nova perspectiva para a psicologia.
Em vez de manter o foco nos problemas do paciente, essa visão leva a atenção para os fatores que contribuem para o seu bem-estar.
Com diversos livros publicados, Seligman é fundador do Centro de Psicologia Positiva da Universidade da Pensilvânia – instituição responsável por desenvolver ferramentas clínicas e por formar as novas gerações de psicólogos positivos.
Além da psicologia positiva, que defende o treinamento da mente para o reforço de forças e virtudes, Seligman também difundiu amplamente as ideias de resiliência.
Em artigo na Harvard Business Review, publicado em 2014, ele explica como é esse comportamento.
Em poucas palavras, pode-se dizer que a resiliência é a capacidade de se adaptar a situações desafiadoras e as enfrentar de maneira positiva.
A ideia do psicólogo é colocada em prática em um programa do exército americano, que tem o objetivo de melhorar a vida de ex-combatentes que sofreram traumas em conflitos bélicos.
“Embora hoje seja chamado de pai da psicologia positiva, cheguei aqui por um caminho longo e tortuoso, com muitos anos de pesquisa sobre o fracasso e a sensação de impotência”, conta o autor no artigo da Harvard Business Review.
Quer entender melhor essa história?
Então acompanhe os próximos tópicos.

O Que é a Psicologia Positiva? E de Onde Vem?

martin seligman o que e psicologia de onde vem
A psicologia positiva surgiu no final da década de 1990, por intermédio justamente de Martin Seligman, que propôs um enfoque totalmente inovador.
O psicólogo passou a enfocar os motivos que faziam a vida de seus pacientes valer a pena.
A partir de então, ele fez da busca pela felicidade o seu principal objeto de estudo e criou diversos métodos de treinar a mente para pensar de forma mais positiva.
Sua ideia principal é que uma pessoa que mantém o foco em pensamentos e situações positivas tem mais chances de tornar-se feliz, mesmo em meio a transtornos mentais e dificuldades naturais do dia a dia.

Martin Seligman e a Psicologia Positiva

martin seligman psicologia positiva
Martin Seligman ressalta em suas obras que a psicologia positiva não é uma metodologia que se opõe aos tratamentos tradicionais.
Na realidade, é um movimento de estudo dentro da área que serve para complementar os métodos já utilizados.
Atualmente, conta com pesquisas científicas em diversos países e centros de estudos, com o intuito de aprimorar cada vez mais sua utilidade.
Seu principal objetivo, como vimos, é comprovar que o ser humano pode ter uma vida mais plena e feliz.
Para transmitir essa ideia, Martin Seligman já lançou diversos livros, como Felicidade autêntica (Editora Objetiva, 2004) e Aprenda a ser otimista (Editora Nova Era, 2005), entre outros best-sellers na sua categoria.
A seguir, você vai descobrir alguns dos caminhos de felicidade traçados nos livros.

3 Pilares Para Construir a Felicidade

martin seligman 3 pilares para construir felicidade
Há muito a ser estudado dentro da psicologia positiva.
No entanto, para quem está começando a explorar o assunto, vale a pena se concentrar, primeiro, em três pilares fundamentais.
Para estudar melhor a felicidade e as emoções positivas, Martin Seligman propõe:

  • Construir uma vida prazerosa
  • Construir uma vida boa
  • Construir uma vida com significado.

Mas o que essas pedras fundamentais da psicologia positiva querem dizer?
E como chegar mais perto de atingir esses objetivos?
Descubra agora:

1.Construa uma vida prazerosa

Trata-se de experimentar emoções positivas como gratidão, alegria, serenidade e esperança, tanto na vida pessoal quanto profissional.
Para isso, não adianta acreditar que esse tipo de sensação vai cair do céu.
Você precisa construir uma realidade diária que permita encontrar prazer de forma mais seguida e duradoura.
Nessa jornada, é importante classificar as emoções positivas em três tipos: passado, presente e futuro.

Encontre o Equilíbrio Entre Passado, Presente e Futuro

A harmonia entre os diferentes tempos de pensamento é essencial.
Sem esse equilíbrio, o passado atrapalha o futuro (e vice-versa), e quem sofre é você, no presente.
Em relação ao passado, a psicologia positiva sustenta que as emoções prazerosas vividas em tempos anteriores trazem a sensação de felicidade.
Essa perspectiva pode se fortalecer, sobretudo quando trabalhados outros aspectos, como o perdão, a gratidão ou mesmo o rompimento com algumas crenças limitantes do ser humano (aqui, a palavra “crenças” não se refere à religiosidade, mas a valores pessoais).
Os prazeres do presente podem estar ligados tanto às emoções positivas quanto às sensações físicas – como comer ou beber.
Esses dois tipos de prazer podem trazer felicidade ao ser humano, mas também têm condições de gerar vícios ou mesmo repulsas.
Essas consequências são possíveis por se tratar de prazeres efêmeros, que duram muito pouco.
Ainda assim, são essenciais para a felicidade do ser humano.
Já as emoções ligadas ao futuro consistem em expectativas sobre acontecimentos que ainda virão.
Nesse caso, a dica de Seligman é afastar expectativas negativas e alimentar pensamentos positivos sobre o que acontecerá, sejam fatos bons ou ruins.
A proposta para esse pilar é, em primeiro lugar, encontrar um equilíbrio entre os três tipos de prazer.
Em segundo lugar, utilizar ferramentas para aproveitá-los da melhor maneira.
Você pode usufruir desses prazeres conseguindo, primeiramente, fazer um intervalo entre eles.
Dessa forma, eles não se tornarão rotineiros.
Também é importante saber apreciá-los.
No caso de uma comida, por exemplo, é interessante saborear o prato com calma, em vez de encerrar a refeição rapidamente.
Assim, é preciso manter o foco naquele prazer quando estiver desfrutando dele.
Essa medida ajuda não apenas a aproveitar mais o momento atual, mas também a afastar a ansiedade do futuro e os tormentos do passado.

2.Construa Uma Vida Boa

martin seligman construa vida boa
Para o pai da psicologia positiva, construir uma vida boa significa viver experiências que envolvam motivação, engajamento e alto desempenho.
Essa é uma perspectiva que deve permear todos os esforços da vida, no dia a dia, e não apenas na busca por um objetivo específico.
Se você conseguir se desafiar diariamente, terá mais chances de se sentir triunfante e bem-sucedido antes de dormir.
E assim, com esforços diários, você vai olhar para trás no futuro e lembrar com orgulho de tudo que conquistou.

Descubra Como Alcançar Seu Potencial Humano Máximo Para Sentir-se Mais Completo

Não é fácil lutar para superar suas limitações.
Conquistar uma vida boa, ou uma vida engajada, implica em utilizar nossas maiores forças e virtudes para manter o foco no comprometimento.
Esse comprometimento se dá em qualquer aspecto da vida (social, afetiva ou profissional).
Mas a psicologia positiva sustenta que esse engajamento também pode estar ligado ao desafio.
Exemplo: aquelas situações que nos despertam tanto interesse, que nos fazem até mesmo perder a noção de tempo.
Dedicar-se a um novo projeto é uma excelente maneira de atingir essa condição.
Em nível profissional, você pode passar por um treinamento de coaching para desenvolver melhor sua capacidade de liderança.
Em esfera pessoal, pode planejar uma viagem com seu(sua) companheiro(a) para aprender um novo idioma.
Para manter esse nível de comprometimento, Seligman sugere identificar forças e virtudes e manter o foco nelas, como forma de encontrar sentimentos positivos para ganhar motivação e prosseguir com seu propósito.

3.Construa Uma Vida Significativa

Uma vida com significado é aquela na qual se olha para trás e se tem orgulho de tudo que se fez.
Muitas vezes, essa construção depende de altruísmo, humildade, fraternidade, filantropia e outras inclinações ligada à psicologia positiva.
Normalmente, as condições para uma vida significativa extrapolam o universo material e se enquadram na sua atuação como ser humano em relação à sua família, aos seus amigos, conhecidos, compatriotas e a todas as pessoas que o rodeiam.

Coloque-se a Serviço Daqueles Que o Rodeiam

A proposta de construir uma vida significativa está muito ligada a sair da esfera individual (família, amigos e trabalho) para dedicar-se a causas maiores.
É o caso de pessoas que passam sua vida buscando a cura para alguma doença.
Mas essa significação não é possível apenas para as mentes brilhantes que estão nas universidades.
Quantas vezes já ouvimos falar de pais de crianças com algum tipo de deficiência ou dificuldade que criaram mecanismos para ajudar seus filhos e outras crianças com os mesmos problemas?
Em tese, construir uma vida com significado é dedicar-se a causas que vão além do seu próprio bem-estar.
É tudo aquilo que causa um sentimento de pertencimento, importância e valor para a sociedade.

Quais os Pontos de Virtudes e Pontos Fortes Pessoais Humanos Descritos por Martin Seligman?

martin seligman quais pontos virtudes pessoais humanos
Em sua pesquisa sobre a psicologia positiva, Martin Seligman criou um guia de classificações das forças e das virtudes.
Trata-se do Valores em Ação – Manual de Classificação de Forças e Virtudes.
Seria correspondente ao Manual of Mental Disorders (DSM), um guia reconhecido mundialmente, no qual há a classificação de todos os transtornos mentais.
Em vez de classificar patologias, o guia criado por Seligman identifica pontos fortes e virtudes do ser humano, com o intuito de facilitar os mecanismos da psicologia positiva – ou seja, ajudar na recuperação do paciente, com foco no que há de melhor.
Para chegar ao resultado, o pesquisador buscou muitas referências, tanto na cultura ocidental quanto oriental.
Para que a psicologia possa orientar-se por forças e virtudes do indivíduo, o material apresenta pilares de inspiração para uma vida mais plena e feliz.
Por conta disso, a psicologia positiva é praticada não apenas na psicoterapia, mas também pelos profissionais de coaching.
Afinal, enfocar os pontos fortes do coachee e incentivá-lo a desenvolvê-los é a base do seu trabalho.
Essa perspectiva, de atuar no que motiva e não no que machuca, é estudada e praticada de diferentes formas no mundo inteiro.
Muitas vezes, esse tipo de abordagem favorece o bem-estar do indivíduo de forma mais rápida.
Em entrevista ao jornal El País, em 2016, o neurologista e neurocientista Facuno Manes defende que essas forças positivas são traços que todas as pessoas possuem, em maior ou menor grau.
“Ser generoso, por exemplo, gera uma sensação de bem-estar que ativa um circuito neuronal relacionado ao prazer e à recompensa, além de ativar diferentes químicos ligados à felicidade, como dopamina e oxitocina”, sustenta Manes.
Para se ter uma ideia desse efeito positivo, as pessoas generosas costumam ter mais amigos, dormir melhor e enfrentar com mais sabedoria os obstáculos que a vida impõe.
Mas a generosidade não é o único ponto de virtude citado por Seligman.

Pontos de Virtude

A pesquisa elencou um total de 24 características, agrupadas em seis diferentes categorias.
O paciente pode identificar que possui determinado ponto de virtude quando percebe que se sente bem praticando-o, consegue aprender rápido sobre o assunto e se depara com ele no dia a dia.

Coragem

Trata-se da coragem de encarar as adversidades da vida com altivez, compostura e resiliência.
Em outras palavras, é ser capaz de aceitar desafios e de tomar determinadas atitudes mesmo conhecendo seus riscos.

Justiça

O senso de justiça que é inerente a muitos, visando sempre ao bem de todos.
Virtude que proporciona uma vida saudável em comunidade.

Amor

martin seligman amor
Nesse caso, trata-se de um amor mais amplo, o amor fraternal.
Por isso, o amor envolve atitudes de generosidade com o próximo.

Transcendência

Projeta a pessoa para uma dimensão maior do que determinada situação que esteja sendo vivenciada.

Sabedoria

Buscar e utilizar conhecimentos em assuntos relacionados ao ser humano.

Moderação ou Temperança

Está relacionada ao autocontrole do indivíduo em prol de um bem maior.

Pontos fortes pessoais

São as capacidades pessoais consideradas positivas.
No entanto, apesar de muito extensa, essa lista não é rígida.
Afinal, o ser humano é bastante complexo, e os pontos fortes podem variar muito de uma pessoa para outra.
Na realidade, os pontos fortes pessoais são subcategorias dos pontos de virtude.
Dentro do ponto de virtude chamado “amor”, pode-se encontrar pontos fortes como generosidade e empatia.
Cada categoria dos pontos de virtude agrupa uma série de pontos fortes.
Conheça alguns deles.

Cidadania

martin seligman cidadania
Trata-se de cidadania no sentido amplo, trabalhando como membro de uma equipe ou grupo e sendo leal a ele.
Está ligada ao ponto de virtude “justiça”.

Gratidão

Envolve a percepção de que o universo pode ser generoso.
Esse ponto forte também gera como consequência o hábito de agradecer (às pessoas e à vida) com frequência.
Está ligada ao ponto de virtude “temperança”, que constitui o bom senso que nos protege dos excessos.

Perseverança

É o ato de concluir tudo o que é iniciado, independentemente dos obstáculos que venham a surgir.
Está ligada ao ponto de virtude “coragem”.

Espiritualidade

Possuir crenças ou pensamentos que estão de acordo com o sentido de sua vida.
Não é necessariamente ligado a uma religião específica.

Criatividade

Esse ponto envolve a busca das melhores soluções para os problemas.
Trata-se de encontrar caminhos que os outros ainda não estão explorando.

Conclusão

martin seligman conclusao
Como vimos ao longo desta leitura, o trabalho de Martin Seligman pode contribuir bastante para o seu desenvolvimento pessoal.
Com a psicologia positiva, você mantém o foco em forças e virtudes para buscar o melhor de si em todos os momentos.
E o resultado dessa abordagem é ainda melhor quando ela é combinada com a metodologia do coaching, que ajuda o indivíduo a encontrar as suas maiores potencialidades e também a utilizá-las nas relações afetivas e sociais e no trabalho.
Portanto, se você gosta da ideia de investir em autoconhecimento e em se tornar uma pessoa melhor e mais efetiva, confira os cursos e treinamentos da SBCoaching ou contrate um coach formado por essa organização.
Referência mundial na área, a SBCoaching já formou mais de 35 mil coaches, atendeu a mais de três mil empresas e, assim, ajudou centenas de milhares de pessoas a conquistarem seus objetivos e se desenvolvem em âmbito pessoal e profissional.
Gostou de saber mais sobre Martin Seligman, psicologia positiva e como o coaching pode complementar esse conhecimento para torná-lo uma pessoa mais realizada?
Então, deixe um comentário e compartilhe este artigo nas redes sociais.