O coach tem um papel semelhante ao de um personal trainer. Essa semelhança decorre do seguinte fato: uma pessoa que busca cuidar de sua forma física opta por um profissional que a incentive e a assessore no que se refere a atingir seus objetivos, sempre com foco em resultados concretos. O mesmo conceito pode ser aplicado a quem procura um coach. O coachee (cliente) busca este profissional por vontade própria, visando atingir suas metas.

 

Um dos maiores diferenciais de um coach é a sua atitude positiva, entusiasta e de apoio ao cliente durante o processo. Essas características incentivadoras também são importantes quando o coach atua dentro de uma empresa. É comum um funcionário torcer o nariz para a ideia de que alguém o orientará para melhorar seu rendimento. Quebrar essa barreira é um dos desafios do bom coach, que usará todo seu entusiasmo, honestidade e estratégias diferenciadas para levar este profissional a desenvolver sua carreira, melhorando assim os resultados da corporação.





Um bom coach utiliza metodologia eficaz para conquistar resultados

Desta forma, faz-se necessário que um coach tenha uma formação sólida e a capacidade de equipar o coachee não somente com aspectos de performance comportamental, mas também com estratégias, técnicas, ferramentas e uma metodologia testada e comprovada de atuação. Isso permitirá que haja uma maior interação entre os dois, o que, consequentemente, facilitará a conquista de maiores resultados durante o processo.

Um bom coach dá as ferramentas necessárias para alcançar objetivos

Vale ressaltar também que o coach jamais dirá ao cliente o que fazer. Seu trabalho se diferencia de qualquer outra modalidade na medida em que é capaz de ampliar a percepção do indivíduo é fazer com que o mesmo descubra as melhores estratégias para chegar ao objetivo desejado. O trabalho deste personal trainer da vida é fazer com que seu cliente identifique qual o melhor caminho a ser seguido, dando-lhe as ferramentas necessárias para essa jornada.