Posted in:

Planejamento Financeiro: o que é, como elaborar e vantagens

planejamento financeiro o que e como elaborar vantagens

Você precisa elaborar seu planejamento financeiro com urgência, mas não sabe por onde começar?

Que bom que você tomou essa decisão, pois o quanto antes você assumir o controle da sua vida financeira, melhor.

Afinal, a realização dos seus objetivos depende muito da saúde do seu bolso.

Infelizmente, há mais de 63 milhões de brasileiros endividados, de acordo com dados do SPC.

Para fugir dessa estatística, você vai precisar de disciplina, comprometimento e conhecimentos essenciais para lidar com seu dinheiro de forma consciente e rentável.

Tudo isso é muito importante, mas existe algo fundamental para colocar em prática:
Você precisa de ter hábitos certos, que vão te colocar em ação.


Pensando nisso, criamos um material que vai te ajudar a ser mais feliz e realizado através de hábitos de sucesso.

Clique aqui para ter acesso ao material e participar de um encontro online, onde Villela da Matta vai te dar mais conhecimento sobre este tema.

Continuando...

Para facilitar seu aprendizado, selecionamos os conteúdos fundamentais em gestão financeira pessoal:

  • O que é planejamento financeiro e qual sua importância
  • Passo a passo para fazer um planejamento
  • Como o coaching financeiro potencializa resultados
  • Os erros mais frequentes nas finanças pessoais
  • A importância de planejar em família
  • Planejamento financeiro nas empresas
  • Os melhores livros sobre planejamento financeiro
  • Coaching para transformar atitudes.

Quer entender finalmente como organizar suas finanças? Então foque na leitura e mãos à obra.

O que é planejamento financeiro?

Planejamento financeiro é o processo de organização financeira que passa pelo diagnóstico das finanças atuais, definição de objetivos e seleção de estratégias para chegar aonde se pretende.

Segundo a Cartilha de Educação Financeira e Gestão de Finanças Pessoais do Banco Central do Brasil, o propósito do planejamento financeiro é melhorar a qualidade de vida das famílias e indivíduos a partir da saúde financeira.

Com os conhecimentos e atitudes corretas, é possível tomar decisões responsáveis sobre consumo, investimentos e patrimônio.

Qual a importância do planejamento financeiro?

O planejamento financeiro é fundamental para transformar projetos de vida em realidade, pois permite o uso eficiente dos recursos disponíveis.

O mundo financeiro atual é altamente complexo, mas a educação financeira não acompanhou essa evolução e muitas pessoas têm dificuldades em gerir seu orçamento, consumo e uso do crédito.

Além disso, esse planejamento é crucial para medidas de prevenção e proteção em relação à aposentadoria, financiamentos e patrimônio.

Quais são as vantagens de fazer um planejamento financeiro?

planejamento financeiro quais sao vantagens fazer

São inúmeras as vantagens em fazer um planejamento financeiro de acordo com as metas pessoais.

Confira os principais benefícios em adotar essa ferramenta essencial.

Melhores hábitos de consumo e qualidade de vida

Um dos pontos mais importantes no planejamento financeiro é o consumo consciente, que adequa os hábitos da família à renda disponível.

O objetivo, nesse caso, é evitar o consumo compulsivo estimulado pela publicidade e pelas facilidades de crédito.

Evita as dívidas

Com o aumento das ofertas de crédito, é preciso saber se comportar diante das oportunidades de financiamento e jamais confundi-las com sua própria renda.

Assim, evitar as dívidas é o alicerce da saúde financeira, pois ter as contas em dia é o ponto de partida para a realização de seus objetivos.

Mantém suas despesas sob controle

A maioria das pessoas vê o salário desaparecer do extrato bancário sem saber exatamente para onde foi o dinheiro.

Com o controle rigoroso das receitas e despesas, você estará finalmente no comando de sua vida financeira.

Ajuda a cortar os gastos desnecessários    

Sempre há gastos supérfluos que podem ser eliminados em nome de um propósito futuro, que valerá muito mais a pena do que um prazer imediato.

Logo, você deverá começar sua economia pelas despesas desnecessárias, que podem ser cortadas sem esforço.

Mostra como o seu dinheiro foi gasto   

Ao saber como o dinheiro foi gasto, você ganha uma visão mais ampla do orçamento e consegue definir suas prioridades.

Com o planejamento financeiro, é possível adaptar nosso padrão de gastos à fase da vida e realidade atual, além de alinhar o orçamento aos objetivos de longo prazo.

Proteção da família

A vida é repleta de imprevistos, e muitos deles exigem recursos financeiros extras para solucionar a situação.

Para manter sua família protegida, você precisa usar o planejamento financeiro para criar reservas de emergência, contratar seguros ou garantir a aposentadoria.

Como fazer um planejamento financeiro?    

planejamento financeiro como fazer

Se você não sabe por onde começar seu planejamento financeiro, este passo a passo vai resolver suas dúvidas.

Acompanhe o guia básico do planejamento financeiro.

Defina seus objetivos    

O primeiro passo para planejar suas finanças é definir quais são seus objetivos em curto e longo prazo.

Algumas das metas financeiras comuns são comprar um imóvel ou veículo, realizar uma viagem, pagar uma formação ou mesmo multiplicar investimentos.

É importante que esses objetivos sejam atingíveis de acordo com sua realidade financeira, pois quanto mais distante a realização, menos motivação você terá para persegui-la.

Outro ponto essencial é determinar a quantia de dinheiro necessária e o prazo máximo para o atingimento da meta.

Anote suas receitas e despesas   

Nessa etapa, você deverá ter muita disciplina e rigor para anotar absolutamente todas as receitas e despesas.

A forma mais fácil de criar sua planilha de orçamento é utilizar um software ou aplicativo próprio, ou mesmo o bom e velho editor de planilhas.

Na parte de receitas, classifique os ganhos em categorias como salários, décimo terceiro, comissões e ainda investimentos e pensões.

Na hora de registrar as despesas, ordene por alimentação, aluguel, automóvel, contas fixas mensais, bens de consumo e outras despesas domésticas – e não se esqueça dos gastos com lazer e tarifas.

Aprenda a poupar dinheiro    

Aprender a poupar dinheiro é uma lição para a vida toda, que deve começar o mais cedo possível.

Para guardar, não é preciso dispor de uma grande quantidade – basta seguir a regra de ouro de gastar menos do que ganha.

Pesquise sobre investimentos    

planejamento financeiro pesquise sobre investimentos

De nada adianta economizar se você deixa o dinheiro parado na poupança com rendimentos ínfimos.

Para valorizar ao máximo seu esforço de poupar, comece a pesquisar sobre investimentos e descubra como fazer seu dinheiro trabalhar para você.

Felizmente, existem inúmeras opções de títulos, aplicações e fundos de investimento que rendem a curto e longo prazo, de acordo com o seu perfil de risco.

Escolha uma estratégia

Para atingir qualquer objetivo financeiro, você vai precisar de uma estratégia que permita o acúmulo de bens e valores.

Se o objetivo é de curto prazo, como a aquisição de um bem de consumo, você pode escolher entre poupar a quantia necessária ou parcelar no cartão de crédito, por exemplo.

Agora, se estamos falando de objetivos de longo prazo como adquirir um imóvel, você pode adotar estratégias de investimentos, financiamento, consórcio, entre outras opções disponíveis.

Invista para conquistar seus objetivos

As decisões de investimento são as mais importantes para o seu planejamento financeiro, pois determinam o caminho para alcançar seus objetivos.

Entre as opções de renda fixa, estão CDBs, LCIs, LCAs e Tesouro Direto.

Antes de escolher um produto, analise o risco e retorno, equilibrando a segurança com a rentabilidade.

Como as técnicas do Coaching Financeiro podem potencializar seus resultados?

planejamento financeiro como tecnicas coaching podem potencializar seus resultados

O coaching financeiro é uma metodologia de alto nível para o desenvolvimento humano aplicada às finanças, ou seja, o apoio profissional que você precisa para melhorar sua relação com o dinheiro.

O papel do coach financeiro é ajudar você a diagnosticar seu estado atual e definir o estado desejado, traçando o caminho mais eficiente para conquistar seus objetivos.

Diferentemente de uma consultoria financeira, o coaching trabalha suas competências comportamentais, como autoconfiança, resiliência e motivação, de modo a seguir o plano de ação até o fim.

Assim, você se mantém focado(a) nas realizações financeiras e aumenta suas chances de ser bem-sucedido(a).

Dicas de planejamento financeiro para iniciantes

planejamento financeiro dicas para iniciantes

O mundo do planejamento financeiro pode parecer desafiador para iniciantes, mas é a única rota possível para o sucesso.

Para ajudar você a desvendar as finanças, selecionamos algumas dicas fundamentais.

Entender que é preciso mudar    

Antes de tudo, você deve aceitar que precisa mudar atitudes e comportamentos em relação ao dinheiro.

Seguir mantendo o mesmo padrão de consumo é sempre a escolha mais confortável, assim como não pensar muito sobre o assunto e “ver no que dá no final do mês”.

Mas fechar os olhos para a sua gestão financeira pode custar muito caro no presente e futuro, além de inviabilizar seus sonhos e desejos.

Compreender como o dinheiro funciona    

Será que você compreende como o dinheiro funciona ou ainda se pergunta por que os rendimentos não estão cobrindo as despesas?

Nossa educação financeira é, de fato, deficitária.

Por isso, precisamos dedicar algum tempo para entender o básico sobre o sistema financeiro, investimentos e gestão de patrimônio.

Definir objetivos financeiros

Os objetivos financeiros podem ter a forma de bens tangíveis e intangíveis, quantias específicas ou mesmo sonhos.

O importante é que seus objetivos possam ser traduzidos em números, com um prazo preestabelecido para atingir o montante.

Educar-se financeiramente   

Educar-se financeiramente significa buscar conteúdo de qualidade sobre o assunto, colocar em prática o aprendizado e também discutir o tema com amigos e familiares.

Alguns tópicos essenciais do planejamento financeiro são a gestão orçamentária, uso do crédito, consumo consciente, poupança e investimento, planejamento previdenciário, entre outros pontos.

Além disso, há materiais gratuitos online que ajudam você a iniciar a aprendizagem, como a cartilha de controle financeiro pessoal do Sebrae.

Aprender a poupar

planejamento financeiro aprender poupar

Poupar significa reservar uma quantia mensal para aplicar em investimentos ou reservar para uma compra futura.

A poupança não deve ser confundida com a caderneta de poupança, que é uma modalidade de investimento, pois diz respeito apenas ao ato de economizar dinheiro em prol de objetivos específicos.

Para aprender a poupar, você deve encarar essa economia mensal como um compromisso pessoal, que valoriza seus esforços para ganhar cada centavo.

Aprender a investir

Esqueça a ideia de investimentos como operações altamente complexas e obscuras, pois investir é muito mais fácil do que você imagina.

Por exemplo, há fundos que exigem menos de mil reais para começar a investir, e o mínimo para a aplicação no Tesouro Direto é de apenas R$ 30.

É claro que um valor tão baixo pode não parecer compensar o esforço, diante de rendimentos quase nulos.

Mas o segredo está justamente em guardar tanto quanto possível e aplicar tudo que puder mês a mês, para que o poder dos juros compostos atue em prol do seu dinheiro e da sua saúde financeira.

Aprender a enriquecer

O segredo para enriquecer está em algumas atitudes centrais: gastar menos do que ganha, ter disciplina com o orçamento e investir com excelência.

Além disso, proteger seu patrimônio deve ser uma prioridade, ainda que as metas sejam ousadas.

Para ser bem-sucedido nessa jornada, pense sempre no longo prazo e em um planejamento estratégico que não contemple aventuras arriscadas e promessas de dinheiro fácil.

Erros comuns e como evitá-los no planejamento financeiro    

Um dos erros mais comuns no planejamento financeiro é estimar gastos de forma equivocada ou deixar de registrar despesas no orçamento.

No que diz respeito a objetivos, muitas pessoas falham ao traçar metas muito distantes de sua realidade financeira, que tornam o processo desmotivador.

Outro pecado capital é contabilizar o limite do cartão de crédito ou cheque especial na renda familiar.

Há ainda os problemas com as ferramentas de controle, pois é muito fácil se perder com papéis e documentos desorganizados.

Por isso, vale mais a pena utilizar um software ou planilha específica para registrar o fluxo de caixa e fazer os cálculos necessários.

A importância do planejamento financeiro familiar    

planejamento financeiro importancia familiar

O planejamento financeiro familiar pode contribuir com o estreitamento dos vínculos e garantir a qualidade de vida de todos os membros.

Porém, as pessoas têm comportamentos muito diferentes quando se trata de dinheiro, o que pode dificultar o controle do orçamento geral.

Por exemplo, enquanto alguns tendem a poupar com mais facilidade, outros se deixam levar pelo impulso do consumo e podem prejudicar todo o plano.

Envolva a família nos seus projetos    

Para envolver a família no planejamento financeiro, a melhor solução é reunir todos para tomar as decisões sobre o orçamento juntos.

Assim, você pode mostrar os projetos de longo prazo e incentivar o comprometimento dos familiares com os objetivos traçados.

No final, todos ganham com as conquistas em família, graças à gestão financeira eficiente e coletiva.

Planejamento financeiro empresarial    

O planejamento financeiro empresarial segue a mesma lógica das finanças pessoais, estabelecendo metas e estratégias para atingi-las em nome da prosperidade do negócio.

Porém, quando falamos de empresas, os objetivos são mais complexos, e cada decisão pode ter um impacto irreversível na saúde financeira.

Para facilitar o processo, podemos utilizar metodologias como o Ciclo PDCA: Plan (planeje), Do (execute), Check (verifique), Act (aja).

Com essa sequência de passos, você consegue estruturar um planejamento financeiro com mais eficiência, como vamos esmiuçar agora.

Propor objetivos e organizar as ações

Se você quer planejar, precisa começar pela definição dos objetivos e metas, que vão desde o fechamento positivo até redução de custos e aumento de faturamento.

Basicamente, você precisa organizar todas as ações que imagina para o futuro da empresa, garantindo que sejam viáveis.

Colocar sua estratégia em prática

Depois de traçar suas rotas, você precisa executar essas medidas de forma eficiente e eficaz, sempre na mesma direção.

Nas empresas, são inúmeras as variáveis e indicadores que envolvem a gestão financeira, tais como o fluxo de caixa, capital de giro, DRE gerencial, entre outras.

Nessa hora, é preciso contar com bons profissionais de contabilidade, além de uma integração constante entre as áreas de vendas e finanças.

Verificar para qualificar

Após a execução das estratégias, vem a etapa de avaliação de resultados e possíveis correções.

No campo das finanças, como há muitos movimentos imprevisíveis no mercado, é preciso checar constantemente a efetividade das suas ações.

Aplicar as mudanças

Por fim, é preciso aperfeiçoar o planejamento financeiro para reparar falhas e prevenir prejuízos.

E assim o ciclo PDCA se repete sucessivamente, até que o controle financeiro esteja perfeitamente alinhado aos objetivos da empresa e elementos da gestão.

Livros sobre planejamento financeiro pessoal

planejamento financeiro livros sobre pessoal

Se você quer se aprofundar no tema do planejamento financeiro pessoal, há vários livros que oferecem conteúdos completos em linguagem acessível.

Confira algumas obras que não podem faltar na sua estante.    

Gestão financeira familiar: Como as empresas fazem (Jocildo Figueiredo e Érico Veras Marques)    

A obra Gestão financeira familiar: como as empresas fazem (Alta Books, 2016) traz as principais técnicas e conceitos do planejamento financeiro empresarial adaptadas à realidade das famílias.

Os autores partem da premissa de que organizações familiares podem ser gerenciadas como uma empresa, visando a um controle superior e alcance dos objetivos mais ambiciosos.

Como organizar sua vida financeira (Gustavo Cerbasi)

Depois de ler Como organizar sua vida financeira (Sextante, 2015), você não terá mais dúvidas sobre como gerenciar o próprio dinheiro e tomar as melhores decisões.

Escrito pelo renomado consultor Gustavo Cerbasi, o livro é obrigatório para quem deseja alcançar o equilíbrio das finanças e planejar um futuro estável.

Planejamento financeiro pessoal e gestão do patrimônio: fundamentos e práticas (Almir Ferreira de Sousa)

A obra Planejamento financeiro pessoal e gestão do patrimônio: fundamentos e práticas (Atlas Editora, 2018) é um guia completo para mudar seu comportamento em relação ao dinheiro.

Da profissão de planejador financeiro às técnicas de governança corporativa, o livro apresenta as bases do planejamento financeiro e prevê os desafios e oportunidades das finanças no Brasil.

O Coaching como ferramenta de transformação

Para além de um conjunto de estratégias e modelos, você precisa de uma ferramenta de transformação poderosa como o coaching para planejar seu futuro.

Seja na questão financeira, na carreira ou nas relações interpessoais, a verdadeira mudança está nas nossas atitudes, e não nas competências técnicas que podemos adquirir.

É por isso que o coaching é uma metodologia voltada ao desenvolvimento humano integral, passando pelas competências comportamentais como autoestima, resiliência, comprometimento e foco.

Se você está buscando uma revolução na vida e nas finanças, é de um coach que você precisa.

Conclusão   

planejamento financeiro conclusao

Hoje você aprendeu sobre a importância de planejar suas finanças e construir uma relação mais saudável com o dinheiro.

Também viu que a disciplina é um dos pilares básicos da construção do patrimônio e da tranquilidade financeira.

Embora o dinheiro em si não seja sinônimo de felicidade, é o meio pelo qual conquistamos boa parte de nossos objetivos e ambições na vida.

Nesse processo, vale a pena enxergar o capital como meio, e não como fim, para realizar nossos sonhos ao mesmo tempo em que melhoramos nosso bem-estar.

Assim, o planejamento financeiro é um caminho em direção a uma vida mais plena e realizada, com uso inteligente de recursos e garantia de um futuro mais próspero.

Gostou das dicas deste artigo?

Está conseguindo preservar e fortalecer recursos financeiros em prol das suas metas?

Deixe um comentário.

1 Comentário

Deixe um comentário
  1. E de louvar essa ideia de difundir o conhecimento aos outros de graca. Muito obrigada, porque eu sou dos paises em desenvolvimento, portanto, sem esse material disponivel para aprendizagem. Deus lhe de mais sabedoria e conhecimento para continuar a ajudar os que precisam.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *