Faça as escolhas certas

Faça as escolhas certas

Estar bem consigo mesmo é a maior busca do homem e para atingir essa sensação é preciso, claramente, realizar desejos. No campo profissional, o colaborador que está satisfeito e feliz reconhece que não é apenas um fator que o leva a esse estágio. A satisfação vem de aspectos múltiplos, que podem ser facilmente agrupados e denominados de “valor agregado”.

Quais competências são necessárias para alcançar a harmonia profissional? Elas se englobam no tópico de gestão de carreira, que traz questionamentos sobre a área de atuação e percorre um longo caminho de reflexão até a decisão da permanência na mesma carreira ou não. E, a partir daí, planejar novos passos para conquistar o equilíbrio profissional.


Coaching e gestão de carreira

O processo de coaching oferece recursos, por meio de técnicas e ferramentas, para responder as questões acima e levar os interessados a um novo patamar na carreira. Esse processo fornecerá as soluções para mudar a relação consigo mesmo, ao assumir a responsabilidade pelo próprio sucesso.

O coaching, inicialmente, recorre ao autoconhecimento, pois não há certezas dos caminhos corretos, sem a consciência das próprias vontades e planos. O coachee, indivíduo que recebe o auxílio do coach, precisa analisar a própria vida para definir metas e trazer à luz as barreiras que impedem o seu autodesenvolvimento.

É mais fácil, muitas vezes, deter-se nos sonhos e não dedicar tempo aos meios de atingir os objetivos, por isso o profissional que investe na solução do coaching passará a refletir sobre as ações necessárias para alcançar o sucesso e a satisfação. O ideal, portanto, é definir qual caminho seguir para, rapidamente, ser feliz nos âmbitos que desejar.

 

Siga seus caminhos de acordo com suas escolhas

Siga seus caminhos de acordo com suas escolhas

Dicas para impulsionar a carreira

A insatisfação no trabalho não está restrita a questões financeiras. Reconhecimento, ambiente propício e trabalhar com prazer são indispensáveis para a felicidade do colaborador. Caso não esteja contente com a ocupação atual, pense nos seguintes fatores:

1)    A profissão atual se encaixa às suas habilidades? O sucesso profissional deve estar fundamentado em talento, ou seja: se não se sente confortável para falar em público, por exemplo, Artes Cênicas pode não ser o ideal.

2)    O salário está insatisfatório? Antes de conversar com o seu chefe, analise se está realizando todas as demandas da forma esperada, para que não seja criticado e perca a chance de ter uma promoção.