Posted in:

Relembrar é reviver emoções positivas

Hoje, 26 de dezembro, é o Dia da Lembrança. Que tal aproveitar o clima de fim de ano e recordar os melhores momentos que você viveu?

Se você fechar os olhos agora, quais são as imagens mais alegres da sua vida que vêm à cabeça? Ser feliz significa muitas coisas diferentes. Mas você não tem ideia do quanto essa lista pode ser ainda maior do que é possível imaginar.

Aliás, você sabia que existe, inclusive, um dia especialmente dedicado às lembranças? Pois é. O Dia da Lembrança é comemorado em 26 de dezembro, logo após o Natal.

Apesar de não ser tão conhecida e festejada em nosso calendário, essa data é uma ótima oportunidade para rememorar, por exemplo, as emoções positivas que você viveu no passado – seja ao longo desse ano ou em períodos ainda mais remotos.

Para começar: mas, afinal, o que são emoções positivas?

Força condutora do bem-estar e da satisfação, as emoções positivas ampliam a nossa consciência e estimulam novos caminhos para explorar pensamentos e ações, além de facilitar o desenvolvimento de novos recursos e habilidades.

Segundo Martin Seligman, considerado o pai da Psicologia positiva, “você pode direcionar suas emoções em um sentido positivo ao mudar como você se sente sobre o seu passado, como você se sente sobre o futuro e como você vivencia o presente”.

Já que as emoções positivas tornam a nossa vida mais plena, você precisa aprender a cultivá-las.

A Teoria Broaden-and-build, desenvolvida pela Dra. Barbara Fredrickson, professora de Psicologia da Universidade da Carolina do Norte, diz que as emoções positivas ampliam nossos repertórios de pensamento e ação e constroem nossos recursos pessoais.

Em seus estudos, a pesquisadora identificou as dez emoções positivas mais comumente vivenciadas pelas pessoas: alegria, gratidão, contentamento, interesse, esperança, orgulho, sensação de divertimento, inspiração, enlevo e amor.

As dez emoções-chave

Conheça mais detalhadamente cada uma delas e como surgem em nossa vida:

  1. Alegria: emerge diante de um acontecimento inesperado e positivo. Gera a disposição de participar e se engajar nas interações que estão ocorrendo no momento.
  2. Gratidão: emerge quando você reconhece outra pessoa como a fonte de algo bom que lhe aconteceu. A gratidão estimula a capacidade de ser mais generoso e de expressar bondade.
  3. Contentamento (ou serenidade): emerge quando você percebe seu momento atual como sendo altamente satisfatório, “precioso” ou capaz de lhe proporcionar a sensação de que “tudo está perfeito”.
  4. Interesse: emerge em circunstâncias que consideramos seguras, mas que nos oferecem novidade ou desafio.
  5. Esperança: ao contrário da maioria das emoções positivas, a esperança emerge em situações nas quais tememos que o pior aconteça, mas desejamos intensamente o melhor. Isso nos dá a força necessária para reunirmos toda a nossa capacidade e criatividade para mudar as circunstâncias negativas.
  6. Orgulho: emerge quando recebemos um merecido reconhecimento por um resultado positivo – por exemplo, atingir um objetivo importante. A sensação de orgulho nos leva a sonhar sonhos ainda maiores e a nos sentirmos mais motivados para perseguir objetivos mais desafiadores.
  7. Sensação de divertimento: emerge quando algo engraçado ou divertido acontece ou quando achamos graça em alguma coisa. Essa emoção estimula a jovialidade, a necessidade de compartilhar risadas e a consolidação de laços sociais duráveis.
  8. Inspiração: emerge quando testemunhamos a excelência e nos estimula à superação e a sermos o melhor que podemos ser, aumentando, assim, nossa motivação para investir no autodesenvolvimento.
  9. Enlevo (sentir-se enlevado ou maravilhado): emerge quando nos impressionamos e nos comovemos profundamente diante da beleza, da bondade ou de um poder que parece ser maior que nossa própria existência. Experimentá-la pode nos levar a ampliar ou mudar a maneira como vemos o mundo.
  10. Amor: emerge quando outras emoções positivas são sentidas no contexto de uma relação interpessoal ou de um relacionamento. Estimula, entre outras coisas, as conexões sociais e a autoexpansão.

6 passos para você evocar emoções positivas

1º) Determine a emoção desejada: escolha uma emoção positiva (alegria, interesse, contentamento, amor etc.).
2º) Pense em uma situação: qual foi a última vez em que você ficou muito alegre/interessado/contente? Quando você teve um desejo intenso de brincar/explorar/saborear?
3º) Especifique o momento: lembre-se de um momento específico.
4º) Relate o momento: você pode descrever como foi?
5º) Relate as sensações: você poderia lembrar como se fosse agora? O que você viu, ouviu, sentiu?
6º) Elabore âncoras: se você pudesse, a partir dessa experiência, criar uma âncora dez vezes mais forte, como seria?

Viva todas essas emoções na Expo Felicidade

Quais emoções positivas podem contribuir para que você conquiste suas metas?

Descubra na Expo Felicidade. Realizado entre os dias 27 e 29 de março de 2020, na Amcham Business Center, em São Paulo, ele é um evento totalmente imersivo que une a aquisição de conhecimento científico com exemplos e intervenções na prática.

Com experiências únicas e inesquecíveis, a Expo Felicidade possui um formato inovador na programação. A cada momento você será surpreendido com novas atrações sensoriais para sentir na pele o que é ser feliz de verdade.

Quem estará lá

Flora Victoria, Villela da Matta e outros especialistas nacionais e internacionais estarão contigo nessa jornada para compartilhar conhecimento sobre as mais recentes descobertas da Psicologia positiva e provocar reflexões sobre como a felicidade pode ser presença constante no seu dia a dia.

Você só tem a ganhar

  • Supere o estresse e os pensamentos negativos.
  • Equilibre a vida pessoal e profissional.
  • Aumente sua performance para a auto realização.
  • Gerencie melhor as emoções.
  • Construa relacionamentos mais harmônicos e duradouros.
  • Crie novos propósitos e metas de vida.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *