coaching esportivo flamengo

O coaching esportivo é um procedimento que vem sendo muito aplicado em todo o Brasil, não apenas no futebol, mas também em outras categorias, como vôlei e basquete

Um dos maiores times de futebol do Brasil decidiu investir no coaching como método para motivar e preparar psicologicamente os jogadores, na busca por melhores resultados no Campeonato Brasileiro. O responsável pela aplicação do processo será Lulinha Tavares, coach muito experiente e respeitado, que já atuou em outros clubes. A contratação foi um pedido do ex-técnico Jorginho, que já conhecia o trabalho de Lulinha e acreditava no potencial do amigo. Os dois já trabalharam juntos no Figueirense em 2011 e o coach chamou atenção da diretoria rubro-negra depois de ajudar o Palmeiras a sair da má fase no Campeonato Paulista.

José Luiz Tavares conhece bem o cenário do futebol nacional. Ele já foi jogador das categorias de base de importantes clubes cariocas: Campo Grande/RJ, Botafogo e do próprio Flamengo. Depois disso, atuou como coach desportivo em diversos times brasileiros como Figueirense/SC, Atlético/GO, Ceará, Fluminense/RJ, Náutico/PE e Americana/SP. O trabalho que Lulinha desenvolve é coletivo, mas também influencia os atletas individualmente. Como coach, ele auxilia os jogadores a se prepararem psicologicamente para grandes desafios. Da mesma maneira que um técnico, ele os treina e os orienta para que possam desenvolver suas competências, sobretudo as habilidades de autoconhecimento, autoestima e autoconfiança.

Natural de Recife, Lulinha é graduado em educação física pela Universidade Castelo Branco e pós-graduado em Psicologia Desportiva, pelo IWL. Aos 42 anos, seu desafio é utilizar bem o período de experiência no Flamengo (dois meses), que encerra no final de junho, para preparar os jogadores e garantir que o time alcance melhores resultados no segundo semestre de 2013.

estratégia coaching esportivo

O método visa ampliar o desempenho dos atletas e complementar o trabalho dos treinadores

 

O coaching esportivo é um procedimento que vem sendo muito aplicado em todo o Brasil, não apenas no futebol, mas também em outras categorias, como vôlei e basquete. O método visa ampliar o desempenho dos atletas e complementar o trabalho dos treinadores, por meio de técnicas cientificamente comprovadas, que trabalham a motivação e o autoconhecimento dos indivíduos. Como o processo ajuda a desenvolver habilidades e gerenciar competências, pode-se afirmar que é uma excelente alternativa de complementação para treinamentos esportivos de alta performance. Nessa área de atuação, o coaching tem como compromisso desenvolver a liderança, preparando cada atleta para ser líder de si mesmo. Por isso, a metodologia trabalha o amadurecimento emocional, a capacidade de tomar decisões e planejar ações e a habilidade de elaborar estratégias eficientes para a superação de dificuldades dentro e fora de campo.

“Quando você consegue treinar sua emoção, tendo uma meta previamente traçada, automaticamente você estará mais próximo do sucesso”. (Lulinha, em entrevista concedida ao site Universidade do Futebol em 2011).

O coaching contribui para o alcance de metas. E fazer um gol é uma meta.